O ILS “coloca a aviação civil do nosso país no século 21”??? Como assim, sr. ministro?

By: Author Raul MarinhoPosted on
319Views13

A SAC-PR está comemorando a instalação de novos ILSs no Brasil – a.k.a. “sistema anti-neblina”, de acordo com a imprensa local, ou “sistema de pouso por aparelho”, de acordo com a nota do link acima -, que estariam presentes em 32 aeroportos de acordo com a Secretaria de Aviação Civil (a conferir). Uau! Tudo bem que, nos EUA, há quase 2.000 ILSs instalados, mas vá lá, dou de barato que “em relação a este sistema de pouso por aparelhos (sic), o Brasil é referência na América do Sul”. O que está difícil de engolir é essa peroração do digníssimo ministro da SAC-PR dizendo que “essa modernização [a instalação de ILS] coloca a aviação civil do nosso país no século 21”. Vejam a seguir a história do ILS, de acordo com o Wikipedia:

Tests of the ILS system began in 1929 in the United States. The Civil Aeronautics Administration (CAA) authorized installation of the system in 1941 at six locations. The first landing of a scheduled U.S. passenger airliner using ILS was on January 26, 1938, when a Pennsylvania Central Airlines Boeing 247-D flew from Washington, D.C., to Pittsburgh, Pennsylvania, and landed in a snowstorm using only the Instrument Landing System. The first fully automatic landing using ILS occurred in March 1964 at Bedford Airport in UK.

Se a SAC-PR quisesse mesmo “colocar a aviação civil do nosso país no século 21”, ela deveria estar falando na implantação no Brasil do WAAS-Wide Area Augmentation System, mas… Será que alguém na SAC já ouviu falar disso? (A pergunta é meramente retórica, é claro).

13 comments

  1. Jefferson
    3 anos ago

    Isso é uma piada… kkkk melhor uma aberração da parte do ministro em se gabar por uma instalação de um ils onde o Brasil já precisa com urgência desde o século passado.! Pior que ele passa por palhaço por engana muitos por aí… menos nós da aviação! enganando as pessoas… saibam que é obrigação do governo instalar esse é muitos outros e o mais importante antes de tudo é construir aeródromos com boas pistas de pouso e decolagem para desenvolver a aviação regional pra ontem… agora ficar publicando na imprensa essas paradas como fosse um mega projeto que vai destravar a aviação no Brasil?! Faça me um favor ne.. Deus nos acuda!

    • Hubner
      3 anos ago

      Recentemente li uma análise, indicando que dos 714 aeródromos públicos do país, cerca de 100 apenas tem pistas com 2000 metros e apenas 64 tem condições de operação IFR.

      Esse ministro é, de fato, uma piada.
      Basta analisar o histórico pregresso dele. Antes de entrar na SAC ele tava fazendo trambique na Mega-Sena como VP de Loterias da Caixa Econômica Federal.

  2. Beto Arcaro
    3 anos ago

    Acho que o que o Raul quis mostrar, é a total falta de “conhecimento de causa” desse ministro.
    Se ele foi assessorado para dizer essa “Pérola”, é por que seus assessores são bem piores do que ele.
    Opiniões demagógicas para a imprensa mal informada, que aceita isso de bom grado.
    E quem dá a cara pra bater, todos os dias, quem vive a aviação, se envergonha, se revolta.
    Eu acho podre!

  3. Fantástico. Ele só se enganou de século, agora eles puseram o Brasil no início do Séc. XX. Os EUA arrancaram uns 130 e poucos ILS’s no território todo, nos últimos tempos. Afora isso, “pouso por aparelho” foi hilário demais. Até meu pastor alemão deu risada, aqui do lado.

  4. Juliano Rangel
    3 anos ago

    Boa tarde Raul, eu gosto de ver pelo lado bom da coisa… não podemos comparar Brasil com Estados Unidos e sabemos que a aviação no Brasil carece e muito de investimentos, no entanto também não resolveremos grandes coisas nos lamentando aqui. Eu não votei e nem voto no PT devido a questões de ideologia partidária porém acho que já que não vencemos essa eleição acredito que poderemos trabalhar junto (não confunda com aliar-se) com esse governo que temos para que possamos conquistar algo de melhor. Eu vejo esse ILS como um investimento, ainda que pequeno, mas é louvável pois aqui no meu Estado (Mato Grosso) tem apenas um Aeródramo que opera ILS, VOR e dá pra contar nos dedos de uma mão os que opera visual noturno e ainda sobra dedos, porém acredito que é o momento de nos unirmos para que consigamos gerar forças e cobrar mais investimentos no nosso setor, buscar mais investimentos e estímulo para o setor, pois se alguém poderá fazer algo por nós, esse alguém somos nos mesmos e se tivermos uma ajudinha se quer desse governo, a nossa luta ficará mais fácil… grande abraço a todos e bons voos e que “Deus me Ajude a Entrar no mercado quando concluir meu curso”

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Tudo bem, até respeito a sua opinião. Mas o que eu estou querendo mostrar no meu post é a cara-de-pau do ministro ao jactar-se de estar implantando uma “tecnologia do século XXI” criada em… 1929!

      • Vinicius
        3 anos ago

        Já eu, penso principalmente no uso disso como propaganda. Para o completamente leigo, lê e pensa “Tá vendo?! Por isso que agora pobre pode viajar de avião! Por que o governo está investindo muito!”
        E a realidade é outra…

        • Beto Arcaro
          3 anos ago

          Demagogia fácil, para uma imprensa ignorante e para uma audiência que notoriamente, não conhece a Aviação.

  5. Rodrigo
    3 anos ago

    kkkkkkkkkkk, tem que rir muito, porque chorar não dá mais…
    Pior de tudo que isso vai ficar por isso mesmo, todo mundo pensando ser uma ‘inovação tecnológica’ sendo implementada.
    Se ao menos soubessem como as coisas andam lá fora…

  6. Enderson Rafael
    3 anos ago

    LPV app mandou um abraço pra ele.

  7. Hubner
    3 anos ago

    Só pode ser piada.

    • David Banner
      3 anos ago

      Não. É o Brasil com o PT no governo…

Deixe uma resposta