Exame.com: “Os salários das 10 profissões mais arriscadas dos EUA” – Adivinhem qual é a profissão mais arriscada de todas?

By: Author Raul MarinhoPosted on
396Views4

O portal Exame.com está exibindo uma reportagem sobre “os salários das 10 profissões mais arriscadas dos EUA“, baseado num estudo de um site chamado FindTheBest, que teria feito sua pesquisa com dados do Bureau Labor of Statistics, vinculado Ministério do Trabalho dos Estados Unidos. E de acordo com a revista, a profissão mais arriscada de todas seria… Adivinhem? Piloto de avião, com uma taxa de mortalidade de 53,4 para cada 100 mil trabalhadores.

Problemas com essa reportagem:

  1. No estudo original da FindTheBest, há duas profissões à frente da de piloto de avião: os lenhadores (127,8 mortes para cada 100 mil trabalhadores), e os pescadores (117 mortes para cada 100 mil trabalhadores). Não sei porque a Exame desconsiderou estas profissões. E
  2. A revista diz que o salário médio de um piloto de avião está em US$129.600/ano. Se fosse só para linha aérea nacional/internacional, até que tudo bem, mas considerando linhas regionais, instrutores, pilotos da aviação geral, etc., eu acho que esse valor está superestimado. A revista não diz qual é a fonte que utilizou para os salários, que não são citados no estudo daFindTheBest.

Bem, mas de qualquer maneira, o fato é que a taxa de mortalidade dos pilotos vem caindo nos últimos anos. Observando os gráficos mostrados nesta página, vemos que a taxa de 2012 (ano-base do estudo) é o mais baixo da série histórica. Menos mau, né?

4 comments

  1. Bernardo
    3 anos ago

    Boa noite a todos,

    A Exame ordenou pelo valor do salário médio e não pela taxa de mortalidade.

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      E de onde ela tirou esses salários? Qual a fonte?

      • Bernardo
        3 anos ago

        Não sei. Também achei os valores completamente fora da realidade.

  2. Enderson Rafael
    3 anos ago

    Se erraram tanto a mortalidade quanto erraram a média salarial estamos bem ;-)

Deixe uma resposta