Alguns esclarecimentos sobre o evento “SNA em debate – RBAC em foco”

By: Author Raul MarinhoPosted on
341Views1

Amigas e amigos que acompanham o blog: acho que não é novidade para vocês o quanto estou empenhado na promoção do evento que ocorrerá na próxima 2a. feira, 10/11, “SNA em debate – RBAC em foco”. Quanto a ele, gostaria de esclarecer alguns pontos:

1) Inscrições

Lógico que quem aparecer no dia do evento sem estar inscrito não vai ser barrado na porta, e quem se inscreveu e não comparecer não vai ser penalizado. Mas, pessoal, vocês não tem ideia como é difícil planejar um evento em que não se sabe previamente quantas pessoas irão aparecer… Por isso, peço encarecidamente que, quem quiser ir, inscreva-se o quanto antes; e quem estiver inscrito e não puder comparecer, por obséquio, ligue para o SNA e cancele a inscrição. Muito obrigado!

2) Coordenação com outras associações

Este evento é uma realização do SNA, mas todas as entidades associativas da aviação interessadas no que lá se vai tratar foram convidadas e confirmaram presença – por ordem alfabética: ABAG, ABRAPAC, ABRAPHE, ABTAer, APPA, Comissão de Direito Aeronáutico da OAB-SP e UNAPAC. Não se trata, portanto, de um evento contrário aos interesses dessas entidades, na verdade é o oposto disso: um de nossos objetivos é justamente atender aos anseios de todas elas (e de todos nós)!

3) “Sou INVA/H, posso ir?”, “estou desempregado, posso ir?”, “não sou piloto, posso ir?”

O evento é aberto a TODOS os interessados nos temas a serem tratados, especialmente os pilotos – “não importa se da asa fixa ou da rotativa, comandante ou copiloto, se atua na aviação executiva, como instrutor, em táxi aéreo, ou mesmo que você esteja desempregado no momento” (já disse isso aqui). Mas gostaria de fazer um especial convite aos instrutores e aos pilotos desempregados: acredito que este evento interessa especialmente a vocês, pois se está difícil se manter como um piloto de aeronave TIPO hoje em dia, INGRESSAR neste mercado está praticamente impossível! Então, este evento será fundamental para quem pretende se tornar um profissional que necessite de uma habilitação de TIPO.

Um grande abraço,

Raul Marinho

One comment

  1. M. Andreis
    3 anos ago

    Não menos importante é a questão das hrs ifr para PCH, até aonde sei desde a Emd 04 não tem ninguém checando

Deixe uma resposta