Como é pousar um B737 com HUD

By: Author Raul MarinhoPosted on
1365Views3

Do Boldmethod.com:

3 comments

  1. Enderson Rafael
    5 anos ago

    Top demais! Como o Fabio disse: por enquanto me parece antinatural, mas depois que acostuma…

  2. Raul, eu ministrei umas 2000 e muitas horas de instrução/cheque em simuladores CAE / Level D, equipados com esse mesmo HGS / HUD. O pessoal que vinha da Aviação de Caça (Força Aérea ou Marinha da Coréia) se sentia “que nem pinto no lixo”, obviamente. Os civis – no início – viam aquilo como uma coisa desconfortável, mas – depois que se acostumavam – não queriam outra vida. Inclusive em aproximações ILS CAT II e IIIa (onde o “Auto-Landing” é o padrão) ele ajuda muito, já que no B737NG / BBJ o piloto automático precisa ser desconectado assim que a roda de nariz toca o solo, pelo fato de não existir “Rollout Mode” como parte da automação (i.e. ela não controla o avião na “centerline”, durante o “landing roll”, pois o A/P do B737 só trabalha a rolagem e a arfagem). Nesse pouso da filmagem estava um VFR noturno bonito, mas pensa uma aproximação ILS em condições CAT IIIa, com neve caindo e a pista contaminada com gêlo, “slush” etc…

Deixe uma resposta