Estadão: “’O avião é a nossa unidade de negócios’, diz comandante”

By: Author Raul MarinhoPosted on
245Views2

O caderno de empregos de O Estado de S.Paulo de ontem trouxe uma matéria interessantíssima sobre a “nova” natureza da profissão de piloto – que não é exatamente nova, mas não é todo mundo que conhece -, muito mais focada na gestão do que na pilotagem em si: “‘O avião é a nossa unidade de negócios’, diz comandante“. Vela muito a pena a leitura!

Depois, agradeçam ao leitor Lucas Alba, que foi quem indicou a reportagem.

2 comments

  1. Aviador Anonimmo
    3 anos ago

    Na minha modesta opinião, o que se pensa sobre Recursos Humanos no atual momento, é uma grande falácea. No mundo hoje, não basta ser totalmente eficiente tecnicamente, e ter a conduta necessária para exercer qualquer função de extrema responsabilidade. Hoje é tbm é necessário ter conhecimentos abstratos, ou seja, o resultado será sempre tendencioso com as características e experiências vividas pelo próprio entrevistador. Se hoje é tão necessários tais conhecimentos, não posso entender como os pilotos na faixa dos 50 anos são aproveitados. E por essa falsa filtragem, muitos bons pilotos estão sendo preteridos por bons atores.

  2. O Comandante Taborda adotou essa mesma abordagem durante o Seminário Contato Radar.

Deixe uma resposta