Rádio CBN/Max Gehringer: “Contratar parentes não é necessariamente injusto”

By: Author Raul MarinhoPosted on
298Views0

Contratações por QI (indicação) são frequentemente qualificadas como injustas. “O cara só conseguiu o emprego porque era parente do diretor; enquanto que eu, que não sou parente de ninguém, não fui contratado: que injustiça!”. Mas você já tentou observar o fato pelo outro lado? E se você fosse o beneficiado, será que ainda consideraria a indicação injusta? Será que você recusaria um cargo porque o processo seletivo não foi justo? É disso que a coluna de hoje do Max Gehringer na Rádio CBN trata, e recomendo que vocês a ouçam: “Contratar parentes não é necessariamente injusto“. A abordagem do Max é muito interessante.

 

Deixe uma resposta