Métricas para avaliação da “cultura de segurança”

By: Author Raul MarinhoPosted on
304Views0

Aqui no blog, já tratamos diversas vezes do problema da falta de uma “cultura de segurança” sólida na aviação do Brasil – ou, em alguns casos, algo ainda pior: uma efetiva “cultura de INsegurança“, especialmente em alguns aeroclubes. O problema é que isso fica sempre no blá-blá-blá do “eu acho que”, “porque o jeitinho brasileiro”, etc. E, no fim das contas, não se progride efetivamente no combate ao problema porque falta quantificação, e não se sabendo a sua dimensão atual, fica impossível estabelecer metas objetivas para mitigá-lo. Daí entender que o enfoque dado à questão neste artigo da Flight Safety Foundation – “Refreshing Metrics – Research constructs aim for better ways of measuring safety culture in business aviation” – ser tão importante, pois propõe uma metodologia para quantificar o nível de cultura de segurança de uma determinada amostra. Com isso, seria possível avaliar comparativamente a “cultura de segurança” de diferentes amostras e estabelecer metas de desempenho atrelados a planos de ação.

O problema é que isso requer um trabalho sistemático de longo prazo, que custará caro e não trará resultados imediatos. Mas, em minha opinião, seria muito importante que alguém abraçasse essa causa. Alguém se habilita?

 

 

Deixe uma resposta