2014: Que ano, hein!?

By: Author Raul MarinhoPosted on
365Views0

Quando menos se esperava, eis que 2014 termina! Que ano, hein!? Se há um defeito que 2014 não teve, foi monotonia! O primeiro post do ano foi “2014 – Agora vai!“, em que eu disse o seguinte:

(…) Então, pessoal, vamos que vamos, que 2014 promete! Esse ano é de Copa no Brasil; de eleições para presidente, governador, senadores e deputados (vamos ver se a gente, finalmente, começa a votar certo, né!?); e de profundas mudanças na regulamentação aeronáutica, em especial a relacionada à formação de pilotos, com a ansiosamente aguardada revisão do RBAC-61, e a publicação dos RBACs 140 e 141, que regulamentam os aeroclubes e as escolas de aviação – dentre outras. Também esperamos que este seja o último ano da crise do setor aéreo, e que a aviação volte a contratar tripulantes em quantidade razoável. Enfim: contamos com um 2014 melhor que 2013, mas pior que 2015!

Pois é, né? Perdemos a Copa em casa, com um vexatório 7 X 1, e as eleições… Bem, deixa prá lá. Mas a regulamentação aeronáutica realmente mudou muito em 2014: apesar dos RBACs 140 e 141 terem ficado para 2015, houve 4 emendas ao RBAC-61, fora as IS’s, decisões, portarias, listas, e “post it’s“! Quanto à empregabilidade, é verdade que 2014 não foi exatamente uma maravilha, mas convenhamos: pelo menos na asa fixa (e especialmente para a linha aérea), foi bem menos pior que 2012/2013. Então vejamos, por meio dos posts mais importantes de 2014, como foi o ano que passou:

Deixe uma resposta