Feedback sobre os entendimentos mantidos com a Ouvidoria da ANAC

By: Author Raul MarinhoPosted on
618Views0

Neste post publicado em dez/2014, eu disse o seguinte sobre a questão da má qualidade de serviços prestados pela ANAC para os pilotos:

(..) O fato é que o Sr. Ferreira [ouvidor da ANAC] se mostrou interessado em atuar na melhoria efetiva da qualidade dos serviços que a ANAC nos proporciona (ou não proporciona…), e para isso combinamos um novo encontra no início de janeiro. Até lá, preciso reunir o maior número possível de exemplos de situações que evidenciem a má qualidade dos serviços da ANAC, que gostaria que vocês descrevessem nos comentários deste post. Se você estivesse frente a frente com o ouvidor da ANAC, o que você gostaria de lhe dizer sobre a qualidade do atendimento que a agência lhe proporciona? (Por favor, sem ofensas ou xingamentos, que isso não levará a nada… Peço a gentileza de citar exemplos concretos de má qualidade dos serviços).

Ocorre que o citado encontro do “início de janeiro” se deu ontem – que não foi exatamente no início do mês, mas aconteceu, realmente, e isso é o que importa. Então, dando satisfação aos leitores deste blog, em especial aos que comentaram no post acima citado, contribuindo com exemplos concretos dos problemas de atendimento da ANAC, segue um rápido feedback do que aconteceu e do que está por vir sobre este assunto:

TODOS os exemplos citados pelos leitores foram debatidos e, um a um, foram feitas propostas de solução. Em alguns casos, já há projetos em andamento que terão impacto sobre a qualidade dos serviços – por exemplo: nas reclamações de que o nome do aluno aprovado nos cursos teóricos (para PC e INVA, que são obrigatórios) demora meses até aparecer no sistema da ANAC, liberando o nome para efetuar a respectiva banca, a ANAC está implantando uma modificação, que é a possibilidade de que o próprio aeroclube/escola insira o nome do aluno no sistema, o que fará com que a liberação seja instantânea. Mas há diversos casos em que a solução requer a interação de outras áreas da ANAC, especialmente a SPO/GCEP, para que se possa fazer algum progresso. Por isso, o Sr. Ferreira levou uma pauta de sugestões para discutir com a superintendência e a gerência respectivas, de modo a chegar a uma proposta de resolução dos problemas.

Não vou entrar em detalhes das propostas discutidas neste momento para não prejudicar o entendimento da Ouvidoria com as áreas operacionais da ANAC, mas eu posso assegurar que há uma enorme possibilidade de que progressos significativos sejam anunciados no curto prazo, em relação a novos procedimentos relacionados aos processos de concessão e revalidação de licenças e habilitações. Há uma nítida boa vontade, tanto do ouvidor quanto do superintendente e gerente da SPO e da GCEP, e o SNA, institucionalmente, também irá colaborar ativamente na gestão de uma nova alternativa de resolução de pendências mais eficiente nestes processos. Em breve anunciarei as novidades aqui.

Agradeço aos leitores que contribuíram com suas sugestões no post acima citado.

Deixe uma resposta