A nota da ABRAPHE sobre a véspera do caos na asa rotativa

By: Author Raul MarinhoPosted on
519Views2

Reproduzo a seguir a nota que me foi enviada hoje pela assessoria de imprensa da ABRAPHE:

ABRAPHE ALERTA PARA CRISE  COM LICENÇA DOS PILOTOS DE HELICÓPTERO

 

Mais de 300 pilotos de helicóptero poderão perder o direito de operar regularmente por não contar com suporte da ANAC para a revalidação de suas licenças

 

A ABRAPHE – Associação Brasileira de Pilotos de Helicóptero, entidade representativa de mais da metade dos pilotos de helicóptero em operação no País, chama a atenção da sociedade e das autoridades aeronáuticas para o problema na falta de estrutura para a revalidação das licenças dos pilotos de helicóptero no Brasil.

 

Estima-se que mais de 300 pilotos de helicóptero percam o direito de operar regularmente nos próximos meses, sendo cerca de 100 deles já a partir do próximo sábado (28/02), devido a falta de profissionais capacitados para a execução do cheque de revalidação. Cheque é o procedimento prático de avaliação do piloto, que tem seus conhecimentos no comando da aeronave analisados em operação aérea na companhia de um agente credenciado pela ANAC – Agência Nacional da Aviação Civil, chamado de checador.

 

Todo piloto de helicóptero passa anualmente pelo procedimento de revalidação da licença, o que inclui exame médico e prova prática (cheque). Atualmente, o tempo de espera para a realização do cheque é de até seis (06) meses.

 

Desde outubro de 2014, a ABRAPHE vem alertando a Superintendência da ANAC para o problema, considerando o acúmulo de processos abertos e as reclamações de seus associados. Duas prorrogações foram acatadas pela ANAC desde então, mas o que a ABRAPHE sugere é que haja uma ação paralela às prorrogações, um mutirão de cheques em todo País para suprir a demanda represada. O último ofício enviado neste sentido à Superintendência de Padrões Operacionais da ANAC foi na terça-feira (24/02).

 

“Apenas a prorrogação do prazo não resolve o problema, ao contrário, aumenta a demanda represada. É necessário desafogar o número de processos já abertos. Sem agenda e o oficial que faça nossa avaliação (cheque) isso se torna impossível. Nós pilotos queremos operar regulares. Muitos podem perder o emprego sem a revalidação”, explica o presidente da entidade cmte Jorge Faria.

 

Outra alternativa apresentada pela ABRAPHE para contribuir na solução do problema foi a liberação dos cheques por checadores autônomos autorizados pela Agência, mas segundo a ANAC, esta ação ainda corre em análise devendo contar com um parecer só no segundo semestre deste ano. O presidente da ABRAPHE ressalta que em todos os ofícios encaminhados, a ABRAPHE se colocou à disposição para receber e apoiar outra alternativa que viesse ser apresentada pela Agência para contribuir na solução do problema, mas a ANAC se mostrou intransigente.

 

Dados do Setor:

Pilotos de Helicóptero em operação = +3000

Frota Nacional = 2.131 helicópteros (734 só no Estado de São Paulo)* (Fonte ANAC – até junho 2014).

Frota na cidade de São Paulo = 411 aeronaves registradas e em torno de 2000 pousos e decolagens/dia. Maior frota de helicópteros do mundo

 

Segurança de Voo

Último levantamento divulgado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – CENIPA aponta queda no número de acidentes com helicóptero no país nos últimos três anos. O estudo completo está disponível em

http://www.cenipa.aer.mil.br/cenipa/index.php/component/content/article/1-%20comunicacao-social/931-numero-de-acidentes-aeronauticos-reduz-no-brasil

Até 2016, a meta do IHST (International Helicopter Safety Team), entidade internacional voltada a segurança de voo por helicóptero, é reduzir em 80% o número de acidentes com helicópteros no País.

 

2 comments

Deixe uma resposta