O corte no orçamento da SAC-PR deverá superar R$1,5Bi. Ou seja: ‘au revoir, monsieur PDAR’!

By: Author Raul MarinhoPosted on
690Views8

Conforme conjecturado aqui, na semana passada, as chances de que o PDAR-Plano de Desenvolvimento da Aviação Regional vingasse em 2015 seriam muito reduzidas. Até que o jornal Valor Econômico publicasse esta matéria hoje, afirmando que o corte orçamentário a ocorrer na SAC-PR é da ordem de mais de R$1,5Bi – 44,2% do orçamento, ante uma média de 20,3% para todas as pastas -, o que significa que, de fato, não deverá haver recursos para o PDAR neste ano. Adicionalmente, temos que a Aviação Civil figura como alvo preferencial nos cortes, uma vez que a tesoura do Ministério da Fazenda é duas vezes mais eficiente com a SAC-PR do que com a média da Esplanada dos Ministérios. Ou seja: ‘au revoir, monsieur PDAR’!

8 comments

  1. Paulo
    3 anos ago

    O PDAR perdeu força, porém não penso que vai morrer 100%. Acredito que continue em um nível muito abaixo da expectativa mas continue devido pressão das empresas aéreas nacionais. No segundo semestre acaba a reciprocidade de voos nos voos internacionais e duvido que as nacionais levarão vantagem… pelo contrário.
    Vejo que TAM e GOL terão que olhar para o mercado interno de qualquer forma… com subsídio ou sem…
    Gol e Azul contratando… com o tamanho do lobby e conhecimento do governo por parte delas, não vejo que essas contratações seriam apenas devido ao PDAR, embora agora o ritmo das contratações possa cair…

    • Southpilot
      3 anos ago

      Contratações na Gol são somente peças de reposição. Não há crescimento lá, apenas reposição de muita gente que está indo embora para outros países. Se houver contratação na TAM esse ano, será pelo mesmo motivo.

  2. Marcos Véio
    3 anos ago

    Isso não era nenhuma novidade – para mim.

    Fico curioso agora em saber, o que farão as escolas de aviação. Já que era esse, a única “propaganda” para chamar mais aspirantes a pilotos e futuros desempregados. PDAR pena.

  3. Julio Petruchio
    3 anos ago

    Já era previsto.
    Só acreditaram os deslumbrados.
    Quem se informou direito não caiu nessa…
    Alias penso que nem precisava se informar, estava tudo muito evidente…

  4. Hubner
    3 anos ago

    E o PDAR, PDARlou…

  5. Tá, mas a argumentação do Eliseu Padilha é a de que as verbas para atender às necessidades do P.D.A.R. sairão do FNAC – Fundo Nacional de Aviação Civil (oriundo das outorgas dos concessionados etc). Entendo eu que isso não tenha a ver com orçamento da pasta. Ou tem?

    • raulmarinho
      3 anos ago

      Salvo engano, entra tudo no caixa único do Tesouro, Fábio…

Deixe uma resposta