Manual do Operador Aeroagrícola

By: Author Raul MarinhoPosted on
607Views3

Num surpreendente surto de sensatez e comprometimento com a aviação, a ANAC anunciou ontem a publicação de seu Manual do Operador Aeroagrícola, muitíssimo bem escrito, prático e útil, que recomendo a leitura. Faço votos de que esta atitude passe a ser a regra na publicação de novos textos pela Agência, e aproveito para parabenizar os servidores da SAR-Superintendência de Aeronavegabilidade que atuaram na confecção do documento. Não é todo dia que temos a oportunidade de elogiar a ANAC, então é preciso aproveitar bem!

3 comments

  1. Eduardo Araujo
    3 anos ago

    Não se trata em meu entender de um “surto de sensatez”. A flexibilização de algumas regras, contida neste valioso documento é fruto de anos de intenso trabalho de interação entre o SINDAG — Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola – e a ANAC (e mesmo antes, com o DAC). Felizmente a ANAC, aberta a sugestões e tomando conhecimento da realidade da atividade aeroagrícola foi sensível, o que resultou na edição do manual. Um bom exemplo de que o diálogo entre o setor privado e o setor público pode render bons resultados. Méritos pois à ANAC e ao SINDAG.

  2. Léo Jordão
    3 anos ago

    Estagiei nessa divisão aqui na ANAC BSB. De longe um das melhores experiências e aprendizado que tive na minha carreira na aviação!

Deixe uma resposta