Sobre a obrigatoriedade de avaliação psicológica de pilotos anualmente

By: Author Raul MarinhoPosted on
1903Views13

O texto deste artigo encontra-se publicado em https://paraserpiloto.org/blog/2018/03/27/recordar-e-viver-o-caso-germanwings-e-a-depressao-em-pilotos/

13 comments

  1. Gutembergue
    2 anos ago

    E isso aí pessoal, um doente mental e assassino que já havia passado por teste psicológico na companhia em que voava na Europa, enfia um Air Bus nos Alpes franceses por pura depressão e problemas pessoais, e agora sobra para todo mundo que é normal, tem família para sustentar e nunca foi reprovado em nada no CCF . Vai entender esse bando de mercenarios e loucos que só complicam as coisas para os pilotos !

  2. Eduardo Cavichini
    3 anos ago

    Galera, este laudo pode ser feito em qualquer psicologo? Existe algum modelo de laudo?

    • Chrysaliis Psicologia
      2 anos ago

      Para a aviação civil, sim. Existe um modelo de atestado, sendo de responsabilidade do profissional adequar-se.

  3. Gecimar Menezes
    3 anos ago

    O CEMAL irá cobrar este “laudo Psicológico”, para revalidação, após 05/10/2015. Atenção àqueles que forem após esta data, para não perderem viagem!

  4. fatima
    3 anos ago

    Gostei da sinceridade, enquanto as empresas de aviação faltam com respeito ao lado humano dos pilotos, exigem que este apresente condições psicologicas que, muitas vezes esta presente na personalidade, mas que devido ao estress do trabalho, pode desencadear um aspecto de risco a qualquer momento, como todo ser humano sujeito a alto nivel de stress.

  5. Jáber Lima
    3 anos ago

    Boa noite pessoal.
    Estou em Brasília para renovar meu CMA e fui informado hoje que aqui a revalidação também terá como item obrigatório o exame psicotécnico.
    Amanhã iniciarei os exames e se houver qualquer novidade postarei para que todos possam tirar as dúvidas sobre a revalidação do CMA no HFAB em Brasília.
    Fato acontecido: liguei com antecedência, agendei a data para vir fazer a revalidação do CMA (o que não é obrigatório) e ao chegar aqui fui recebido com a notícia de que o HFAB não abriria hoje por conta de um troca de comando. Ora, se já estava definida a troca de comando há vários dias, porque o sargento que me atendeu por telefone não me disse que essa data não daria? Ao contrário disso, confirmou minha revalidação para hoje (11/05/2015) e me fez comprar passagem de ida e volta…
    Resultado: Mais uma diária de hotel, mais despesa com alimentação e transporte e o pior, comprar uma passagem de volta em cima da data, o que ficou um absurdo de caro!!!
    Fiquei decepcionado com o HFAB.

    • Jáber Lima
      3 anos ago

      Bom dia pessoal.
      Realizei a renovação do meu CMA no HFAB em Brasilia no ultimo dua 12/05/2015. Por enquanto não estão refazendo o psicotécnico por lá.
      Segundo o Sgto Maia, não tem nem previsão de ter psicotécnico para a revalidação do CMA de primeira classe.
      Abraço à todos…

  6. Sempre foi só nos iniciais e após suspensão do CCF (CMA) por conta de acidente. Nos exames FAA e JAR-EASA ídem. Inclusive no FAA, que é o que eu faço mais periodicamente (i.e. a cada 6 meses), um médico credenciado uma vez me confidenciou que “um dos cuidados que o FAA tem é não suscitar falsos positivos”, razão pela qual muitos dos exames hoje exigidos pela autoridade brasileira seriam – no entender do FAA – desnecessários, quando não inoportunos. Tanto é que o exame médico do FAA e/ou JAR-EASA raramente duram mais do que uma hora. E como você diz, Raul: se eles exigissem toda essa presepada que é exigida hoje pelo CEMAL e o HASP, essa “condição de desequilíbrio” teria sido diagnosticada? Duvido muito…

  7. Marcos Véio
    3 anos ago

    Sempre achei que já fosse obrigatório. Fiz em todas revalidações.

    Existe um site sobre aviação (não vou falar qual) que tem um fórum. E lá neste fórum, tem um tópico que um sujeito ou mais, postou todos os teste psicológicos previstos nestas checagens para obter ou revalidar o CMA.

    Brasil, um país de tolos!

  8. Leitor
    3 anos ago

    Prezados
    Cada vez fica mais claro: essa corja que “administra” a aviação civil brasileira, chamada anac( minúsculo mesmo) tem um objetivo, que é acabar com toda a aviação. É óbvio. E qual o motivo?? Simples….qual outra maneira que esses imbecis tem para ficar recebendo salários, protegidos pela estabilidade, sem fazer p…. nenhuma? Não tem aviação, não tem trabalho….só salário…. Simples, não?

  9. alexcosta31
    3 anos ago

    Na verdade Raul, o valor já foi para R$350,00 reais a partir do dia 13/04/2015 através da PORTARIA COMGEP Nº422/DOR, DE 31 DE MARÇO DE 2015.

    Atualiza valores das inspeções de saúde realizadas pela Junta Especial de Saúde para avaliação Psicofísica em Aeronavegantes Civis.

    O COMANDANTE-GERAL DO PESSOAL, usando da atribuição que lhe confere o artigo 9º, inciso VII, do Regulamento do Comando-Geral do Pessoal, aprovado pela Portaria nº36/GC3, de 10 de janeiro de 2013, em conformidade com o art. 2º da Portaria nº2.264/GC3, de 30 de dezembro de 2013, resolve:

    Art. 1º Atualizar os valores das tarifas de realização de Inspeções de Saúde de Comando da Aeronáutica, com vistas à avaliação Psicofísica de Aeronavegantes Civis:

    a) Inspeção Inicial: R$ 590,00 (quinhentos e noventa reais); e

    b) Inspeção Revalidação: R$ 350,00 (trezentos e cinquenta reais).

    Art. 2º Esta Portaria entra em vigor no dia 13 de abril de 2015

    Com isso agora já não se faz em um só dia levando de dois a três dias dependendo do hospital. Cada dia vai só dificultando as coisas para o tripulante… vamos ver aonde vai parar esta anac…

    • Marcius
      3 anos ago

      Sabe quando isso vai parar?
      Quando todos os aviões estiverem acorrentados nos hangares, todos pilotos estiverem exercendo outras atividades fora da aviação e os aeroportos virarem loteamentos residenciais.
      Acabando com tudo, a ANAC sossega. Pode crer.

  10. A junta de saúde do CINDACTA II já está exigindo laudo psicológico para revalidação, confirmei hoje por telefone:

    http://www.cindacta2.gov.br/revalidacao
    – Exame com parecer psicológico – Anexo 2;

Deixe uma resposta