O vídeo da colisão de um avião com um drone é falso, mas o perigo é real! (Muito embora nosso maior problema sejam as aeronaves mal-tripuladas, não as não-tripuladas…)

By: Author Raul MarinhoPosted on
495Views1

drone2Diversos leitores me enviaram ontem o link para o vídeo de uma suposta colisão entre um drone e a ponta de uma asa de uma aeronave de linha aérea, vide imagem acima. Nem é preciso assisti-lo para concluir que é falso (preciso explicar por quê?), mas o perigo é real, sim – e, mais dia, menos dia, isso deverá acontecer de verdade em algum lugar do mundo. É o que se pode esperar ante um cenário de crescimento exponencial do uso das aeronaves não tripuladas, que são muito difíceis de serem fiscalizadas – e nem vou entrar no mérito do terrorismo, que torna o problema muito mais complexo. Essa é uma questão que teremos que conviver e encontrar maneiras de mitigar o risco. Não vai ser fácil.

Todavia, no Brasil temos problemas muito mais sérios e urgentes para nos preocupar. Eu acho que em nosso país as aeronaves mal-tripuladas representam um risco muito maior do que as não-tripuladas, se é que vocês me entendem… Basta circular pelas REAs de terminais congestionadas, como a de São Paulo, para verificar como é real o risco de uma colisão com aeronaves sem transponder (ou com transponder desligado) comandadas por pilotos que não comunicam sua posição via rádio e que “surgem do nada” quando você menos espera. Então, antes que comece a histeria contra os drones, vamos tentar concentrar nossos esforços para o problema que já existe e que precisa ser urgentemente resolvido, que é a fiscalização efetiva das operações aéreas em nosso país, em especial dos aviões experimentais/ultraleves, que representam a grande maioria desse tráfego errante que encontramos nos céus do Brasil. Ou vamos esperar alguém morrer para reconhecer o problema?

One comment

Deixe uma resposta