Teremos mais um Rubens Vieira na diretoria da ANAC?

By: Author Raul MarinhoPosted on
1228Views3

Rubens Vieira é o nome de um ex-diretor da ANAC, nomeado por influência da Sra. (Srta.?) Rosemay Noronha – a tal da Rose, “amiga íntima” do ex-presidente Lula. Nesta matéria da Veja há mais detalhes sórdidos sobre a passagem deste senhor pela Agência, inclusive o fato de seu nome ter sido aprovado no Senado em uma comissão presidida pelo Senador Fernando Collor, de ele ter nomeado como assessora a própria filha da Sra./Srta. Rose, e a manobra feita pela diretoria para neutralizar seu poder na ANAC (curiosidade: vem daí a regra que estipula que as principais decisões da Agência necessitam da aprovação de pelo menos três diretores em colegiado). Quando o escândalo da “amiga” de Lula veio à tona, em fins de 2012, Vieira foi afastado de suas funções e acabou exonerado no apagar das luzes de 2013 – vide esta outra reportagem da Veja. A partir daí, os diretores que deixaram a Agência (todos eles por vencimento de mandato) não foram repostos, até que chegamos à atual situação, em que a ANAC só tem dois diretores – e, portanto, não pode tomar nenhuma decisão em colegiado.

A passagem do Sr. Vieira pela ANAC foi a demonstração cabal do perigo que representa a nomeação por critérios tortos de um dirigente de uma entidade estritamente técnica como é a Agência Nacional de Aviação Civil. É impossível que uma pessoa sem intimidade com a aviação tenha êxito como diretor da ANAC – e acho que nem é necessário me estender na explicação do porquê disto.

Agora vejam a nota que saiu publicada ontem na coluna do Lauro Jardim na Veja On-line:

Genro na Anac

Eunício: parceria com o governo traz dividendos

Eunício Oliveira conseguiu emplacar o genro na diretoria da Anac.

Será o segundo que Eunício emprega nas agências reguladoras. Na Anvisa, está Ranato Porto, amigo da família Oliveira desde a adolescência.

Não sei que é este cidadão, genro do Senador Eunício, que estaria prestes a ser sabatinado pelo Senado para assumir uma cadeira na diretoria da ANAC. Mas mesmo que ele tenha PhD em aviação civil pela NASA, parece-me evidente que sua nomeação estaria ocorrendo exclusivamente pelo parentesco que possui com o citado Senador. E isso, como nos mostrou o caso Rubens Vieira, não acaba bem.

A APPA publicou em seu portal uma dura nota sobre o assunto, com a qual concordo inteiramente. Ocorre que esta nomeação é o que se poderia esperar de um governo fraco e sem ética, que usa os cargos como moeda para pagar pelo apoio parlamentar. Na verdade, não há a menor preocupação com quem seja o indicado, se é um sujeito honesto, se conhece do assunto, se tem propostas para o setor, etc.; a única coisa que interessa é o quanto esta indicação pode render nas votações no Congresso Nacional. É assim que funciona, infelizmente.

Há cerca de um mês, a coluna do Ancelmo Góes n’O Globo noticiou a indicação do Sr. Juliano Noman, para a diretoria da ANAC. Veja aqui o mini-currículo desse cidadão: “É economista, formado pela Universidade de Brasília. Servidor público de carreira da ANAC, foi Gerente de Acompanhamento de Mercado, Superintendente de Regulação Econômica dessa Autarquia, Secretário de Aeroportos da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República – SAC/PR. Atual Secretário de Navegação Aérea Civil da Presidência da República, assessora o Ministro de Estado”. Não é o candidato que eu consideraria ideal (é claro que eu preferiria que fosse um aeronauta), mas é inegável que é alguém do ramo. Porém, até agora nada aconteceu, e provavelmente nada irá acontecer. Quem é o pai desse tal de Juliano? Ele se casou com quem? É amigo de infância de algum Senador? Prestou concurso para trabalhar na ANAC!!!??? Xiiii… Quem tem padrinho político não presta concurso, é nomeado!

3 comments

  1. Marcos Véio
    4 anos ago

    Eu tento ficar esperançoso. Mas está difícil. Ainda bem que não dependo da aviação para viver.

  2. Rodrigo Edson
    4 anos ago

    lamentável. Temos ótimos servidores na ANAC que poderiam assumir esse cargo, mas infelizmente eles não são do pt ou de partidos aliados

  3. Dyego
    4 anos ago

    Vergonha…

Deixe uma resposta