TAM anuncia cortes

By: Author Raul MarinhoPosted on
987Views12

Acabou de sair publicado no G1 a informação de que a “TAM fará redução de até 10% de operações no mercado doméstico“, mas que “os cortes de funcionários não atingirão a tripulação”. Tomara que não mesmo, mas convenhamos: se a empresa não demitir tripulantes, ela diminuirá sua eficiência operacional e, por conseguinte, sua margem. Então, das duas uma: ou a TAM tem um plano de, deliberadamente, sacrificar o lucro; ou essa história não é bem assim. De qualquer maneira, mesmo que ela realmente não demita tripulantes, tampouco deverá contratá-los, que é o que o mercado precisa.

12 comments

  1. Marcos Véio
    3 anos ago

    Gol não anunciou cortes mas anunciou redução. Então…

  2. Southpilot
    3 anos ago

    Sem dúvidas uma péssima notícia para o mercado, já tão sacrificado por tantos reveses esse ano. Acredito que neste primeiro momento não haverá demissões já que, segundo pessoal que voa por lá, os tripulantes estão no “osso” (Principalmente pilotos) voando o máximo que a regulamentação permite, então uma redução na malha traria um “refresco” mas sem dúvidas esqueçam seleção por um certo tempo por lá! Havia AFA de seleção interna no segundo semestre e talvez uma externa.
    O que preocupa é que, segundo os economistas, não sabemos ainda qual tamanho a crise econômica tomará e quanto tempo levará para começarmos a nos recuperar. Então, pode ser que 10% de corte não seja o suficiente e aí pode ser que…
    Além disso, esses movimentos, costumam ser seguidos por todos, se hoje foi a TAM a anunciar (Pelo que me consta é a cia brasileira com maior receita em dólar e portanto a talvez melhor protegida), muito provavelmente em breve as demais seguirão este caminho também.
    Acredito que os colegas, empregados nas companhias brasileiras, e que são mais novos de casa (fim da fila) deveriam começar a considerar seriamente o mercado lá fora (Os que ainda não consideraram).

  3. Marcos Véio
    3 anos ago

    Gol vai pelo mesmo caminho. Azul já começou a reduzir. Avianca desconheço. É a TAM está mentindo quando afirma que não haverá corte de tripulantes. A revista IstoÉ que é uma b@$7a de revista, fez uma matéria bonitinha para melhorar relacionamento com o departamento comercial da editora.

    • vieira
      3 anos ago

      Concordo com VC! Pra quem vai fazer simulador se preparem! A ordem eh reduzir!!!

    • André Dias
      3 anos ago

      No caso da Azul, ela não chegou de fato a reduzir, na prática ela tirou frequencias de algumas rotas menos lucrativas, para concentrar mais frequencias nas rotas que estão mais lucrativas… A lógica é: “Tirar esse avião que ta voando vazio entre TFF e SJL, e colocar ele pra voar entre CGH e CNF”

      Por outro lado, da pra dizer até que esta expandindo de maneira cautelosa, ao anunciar novos trechos como Confins – Orlando, Campinas – Punta del Leste… e etc. Além dos aviões novos que continuam chegando.

  4. carlos
    3 anos ago

    Acho que li no forum contatoradar que vários comandantes e copilotos da TAM estavam indo para empresas do oriente médio. Não sei se é verdade, mas em sendo, isso justifica a não demissão de tripulantes.

  5. Drausio
    3 anos ago

    Não, não, não!
    Segundo a revista Isto é – Dinheiro, as empresas aéreas devem aproveitar “a maré baixa da economia brasileira para aumentar suas frotas”.
    Você entendeu? Eu também, não. Mas é o que está escrito lá.
    Leiam e, por favor, me ajudem a entender isso: http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/negocios/20150717/voo-bilionario-das-aereas/281169.shtml

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Eu cheguei a escrever sobre esta matéria da IstoÉ em discussão neste post, mas ela está tão nonsense que achei melhor nem tocar no assunto.
      Ou então eu sou burro demais para entender essa lógica de “aproveitar a maré baixa para investir”…

      • Humberto Rodrigues
        3 anos ago

        Vocês não entenderam o “chiste” (Didi Mocó Mode Off):
        É crescer a frota igual rabo de cavalo: Para baixo!

      • Pacelli Francesco
        3 anos ago

        Os aviões novos são comprados cotados a Dollar que está em alta certo? E os de outras companhias menores que por ventura estiverem em crise, são vendidos com valor menor? Como desconheço esse assunto deixo para vocês que são da área, mas não acredito que o preço deles vão baixar por causa da crise.

        • Raul Marinho
          3 anos ago

          Eu cheguei a escrever sobre esta matéria da IstoÉ em discussão neste post, mas ela está tão nonsense que achei melhor nem tocar no assunto.
          Ou então eu sou burro demais para entender essa lógica de “aproveitar a maré baixa para investir”…

Deixe uma resposta