Vem aí um “apagão de pilotos de drone”?

By: Author Raul MarinhoPosted on
540Views1

Quando publiquei este post sobre a nova regulamentação para drones, que entrava em consulta pública naquele momento (hoje prorrogada, por coincidência), escrevi sobre a atividade de piloto de drone que “está-se criando uma nova possibilidade de trabalho para quem já atua na aviação”. Ocorre que a atividade também está chamando a atenção dos pilotos nos EUA, como mostra esta matéria da Flying Magazine: “Flying Unmanned Aircraft: The Next Aviation Boom“. Por isso, acho interessante ficar atento quanto ao assunto, pois cada vez mais ele se mostra uma possibilidade real para atuar profissionalmente na aviação.

One comment

  1. Augusto Fonseca da Costa
    3 anos ago

    Pelo que assisti da reunião do CERCBA, a tendência é que tanto o drone automático (que voa sozinho mas precisa ser programado por alguém) quanto o drone rádio controlado remotamente (que precisa ser pilotado por alguém), ambos exigirem a atuação de no mínimo piloto privado.
    Aconselho todos os pilotos de qualquer categoria acompanhar on line às segundas feiras as reuniões do CERCBA e dirigir perguntas, denúncias etc.. pelo e-cidadania.
    O Castanho (pres. do SNA) é super atuante mas acho que seria bom apoiá-lo mais.
    Augusto

Deixe uma resposta