Pilotos vandalizando aviões!? Aí já é demais, não?

By: Author Raul MarinhoPosted on
2166Views21

A Folha de São Paulo de hoje traz uma matéria que, confesso, me chocou – e olha que eu não sou um sujeito que se impressiona à toa! Tudo bem que a “concorrência” é acirrada – e o noticiário da corrupção na política brasileira ou sobre os métodos de execução do Estado Islâmico são só alguns exemplos -, mas não imaginava ler o que li em “Pilotos usam manches de aviões para ofender colegas“. A manchete é meio dúbia (propositalmente, imagino), então esclareço antecipadamente do que se trata: pilotos da Azul estão pichando na capa do manche de aeronaves da companhia frases como “Azul empresa de merda”, “Fulano [nome do profissional], comi sua mulher”, ou palavras como “corno” e “vendido”. Igual às portas dos piores banheiros das mais malcuidadas rodoviárias do país. É ou não é chocante?

Lamento muitíssimo pelo ocorrido, e espero que tal atitude seja somente de alguns poucos tripulantes imaturos e anti-profissionais da empresa. Por mais que haja motivos para protestar contra a Azul ou contra colegas e chefes, é claro que esta forma não só é errada, como também é contraproducente: quem vandaliza perde toda a razão que poderia eventualmente ter. Faço votos de que a companhia e os pilotos de bom senso da empresa consigam acabar com esse vandalismo nas aeronaves da Azul, que não ajudam nem a um, nem aos outros.

 

21 comments

  1. Marcato
    5 anos ago

    Muita gente despreparada e infantil, no perfil solicitado não o básico esta sendo esquecido, caráter e maturidade.

  2. fernando
    5 anos ago

    Isso acontece desde sempre…Lembro de terem
    tomado providencias quando fizeram
    bullying com um certo cmte…

    Eu costumava deixar recados em papel e algum chocolate que sobrava da refeição para tentar sensibilizar os pichadores, em vão…

  3. Marco Véio
    5 anos ago

    É… É!
    Não tenho muito o que divagar sobre.
    Como a chefa do putero falou ontem: “é algo que a humanidade desenvolveu, quando se tornou humana”

  4. Leonardo Aldana
    5 anos ago

    É, são muitos garotos criados a leite com pera, voando na Azul!.. Isso serve para mostrar os tipos de “profissionais” que a empresa tem!!

  5. Yuri
    5 anos ago

    É realmente deplorável esse tipo de ato. Que se procure os locais adequados para resolver os problemas. Mas ao mesmo tempo, acho completamente injusto colocar em cheque o caráter profissional da esmagadora maioria dos profissionais que trabalham duro na empresa. E saibam que isso não é exceção na Azul.

  6. Anonimo
    5 anos ago

    Todos temos conhecidos em outras profissões: advogados, médicos, engenheiros. Eu nunca ouvi um amigo meu médico questionar a prática médica de outro colega no whatsapp. Eu nunca vi um juiz criticar a sentença proferido por outro juiz no facebook.

    Entretanto, na aviação (e, em especial, no Brasil), sempre que algum piloto comete um equívoco profissional, as fotos, vídeos, áudios correm pelo whatsapp. Vejam o exemplo do Gol que saiu da pista no Santos Dumont. Saiu até o nome completo do comandante em mensagem de whatsapp. Outro dia recebi em um grupo de pilotos o vídeo de um Tailstrike de um ATR filmado pela administradora aeroportuária. Isso só no mes de outubro. Ao invés de coibir a divulgação desse tipo de coisa e preservar a imagem da categoria, neguinho fica é feliz em ver o outro se dar mal.

    O que eu quero dizer com isso: esse lance dos pilotos da Azul usarem o manche para fazerem as críticas é retrato da imaturidade e canalhismo que tomou conta dos pilotos brasileiros. “Contanto que o outro (da concorrência ou mesmo um colega) se F0d@, eu me divirto” – essas são as atitudes, ainda que ninguém tenha a hombridade de se assumir um babaca. Em épocas que precedem a negociação do dissídio, esse tipo de atitude (facebook do manche, divulgar erros de bons profissionais que cometeram equívocos) mostra a desunião da classe e que NÓS pilotos fazemos por merecer a degradação das condições de trabalho e das relações trabalhistas. Pilotos são os primeiros a apontar o dedo para o erro de um colega. Não vejo esse tipo de atitude em outras profissões.

    RAUL, você como um cara inteligente (que é) e influente na opinião pública da aviação brasileira (como está se tornando) me permite uma sugestão? Já que está próximo ao SNA, por que você não sugere ao sindicato a criação de uma campanha de proteção da imagem dos pilotos? Algo do tipo:

    “se você é aviador de verdade, não seja um babaca: não divulgue eventos de segurança operacional em redes sociais. Não banalize a imagem de sua empresa ou da empresa de seus amigos. Não detone a imagem dos pilotos divulgando eventos que só acontece com quem voa”. A melhoria das nossas condições de trabalho, a preservação de empregos em momentos de crise e o surgimento de oportunidades depende também de atitudes que partam da categoria.

  7. Ainda me custa crer que uma pessoa pague pela cara formação PP + PC + MLTE + IFR + Jet Training, sem contar todas as horas de esforço para isso, para ao final chegar a um cockpit e agir como um moleque de quinta série. “Moleque”, mesmo, porque alunos de boa índole tinham mais o que estudar, e não tinham tempo pra ficar pichando porta de banheiro. Tomara que a Azul tome providências urgentes, afinal, gente de boa fé querendo uma oportunidade de assumir esses comandos é o que não falta.

  8. Mario
    5 anos ago

    Lembrem-se: vc não foi selecionado porque vc não tinha o perfil da empresa. Aos poucos nos vemos que ter o perfil é ser o cara q vai fantasiado de copila com o uniforme oficial da empresa nas baladas. É ser o moleque que acha que só pq é copila vai comer todas as cms da empresa ou o retardado que rabisca o manche…se vc não faz parte dessa galera, parabéns!

  9. Voante
    5 anos ago

    Como em todas as profissões, na aviação também existe o profissional medíocre.
    Prefiro acreditar que a maioria dos tripulantes são profissionais extremamente qualificados e educados, fazendo jus ao posto que ocupam.
    Os imbecis são as exceções, com certeza.

  10. Rafael
    5 anos ago

    Pois é, parece que a Azul está começando a pagar o preço do seu “preconceito” contra pilotos mais velhos e a contratação em rodo de recém formados. O RH da Azul deve explicações…

    • Ricardo
      5 anos ago

      Isso e’ o que da’ quando se contrata crianca de faculdade quem nao tem a minima experiencia de vida para ser copiloto. A azul, infelizmente, deixa a desejar nas suas contratacoes. Digo mais, pilotos sem experiencia em aviacao geral sao extremamente perigosos, se algum dia der merda e o que precisarem nao estiver no checklist (que eles nem entendem), ai’ o bicho vai pegar.

  11. Incrível como a advogada (com doutorado) que comenta a matéria aponte que as ofensas entre colegas de trabalho, ou assédio moral horizonta, podem resultar em responsabilidade “da empresa”. Na retrógada justiça trabalhista brasileira, a empresa parece uma mamãe que é culpada pela má criação que um irmãozinho fez contra o outro. Não é ridículo?

    • Julio Soares
      5 anos ago

      Não, não é ridículo. Mesmo que o assédio seja horizontal, a empresa tem o dever inibir qualquer conduta desse tipo, seja do jeito que for, e se não o faz, deve responder pela omissão. Entretanto, na vida real, não funciona de forma tão simples, existem n variáveis que são analisadas num processo, e não necessariamente a empresa vai responder por pirraça entre funcionários. A questão seria a omissão frente à uma conduta de assédio, não necessariamente é o caso, visto a própria nota da empresa no jornal.

      Mas imagine que você trabalha numa empresa e sofre assédio diariamente, a “empresa” tem conhecimento, tanto da situação, como de que o faz, e simplesmente ignora. Imagine como seria sua rotina de trabalho sofrendo humilhações frequentes, sem poder fazer nada pois precisa do emprego. Viu como não é tão ridículo assim?

  12. Pedro
    5 anos ago

    Já fui copiloto dessa companhia, já ví coisa pior, como grupo no whatsapp com fotos comissárias de quem já pegou quem e como comeu… até foto de piloto pelado no espelho

  13. Cmte Brasil
    5 anos ago

    A aviação não é mais a mesma…
    …e os tripulantes, também não!

    • Carlos Eduardo
      5 anos ago

      Concordo ! … o nível está muito baixo ! isso se acentuou quando o tal fantástico da rede globo disse que ser piloto seria a melhor coisa do mundo … salários excelentes , vida de passeios e hotéis 5 estrelas ! a juventude sem rumo se empolgou ! agora, caíram na realidade ! … e …as empresas que só visam o lucro, se aproveitam também ! Uma pena ! Lá se foram os tempos bons da aviação !

  14. Thiago Thomaz de Souza
    5 anos ago

    Enquanto isso, um bom punhado de excelentes profissionais desempregados, sonhando com uma oportunidade qualquer.

  15. Hubner
    5 anos ago

    Quem estiver infeliz que peça as contas.

  16. Thays
    5 anos ago

    Tomara que esses vândalos sejam punidos

  17. Azul boy
    5 anos ago

    Crias do RH, que reprovou muitos bons pilotos porque não tinha o famoso “perfil” de azulboy

    • Mari
      4 anos ago

      O que seria esse perfil de azul boy?

Deixe uma resposta