Minuta do novo manual de curso IFR da ANAC

By: Author Raul MarinhoPosted on
961Views7

Conforme informado aqui, a ANAC está construindo um novo “Programa de Treinamento Prático de Voo por Instrumentos (IFR)”, que substituirá o antigo manual do curso IFR (em vigor desde 1991) por meio de uma IS. Haverá um ciclo de palestras no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Porto Alegre para debater a minuta do link abaixo e, de acordo com a nota que anunciou a iniciativa, “a proposta é definir no normativo as orientações para que cada escola ou aeroclube desenvolva o seu próprio programa de treinamento prático, o que possibilitará que o programa esteja adequado à realidade de cada entidade, considerando o contexto operativo, a infraestrutura aeroportuária e os recursos instrucionais disponíveis”.

Por isso, recomendo aos interessados em colaborar neste processo que conheçam a Minuta da IS para treinamento IFR e, se for o caso, enviem sugestões (via comentários no post ou pelo e-mail raulmarinho@yahoo.com). Já que a nota da ANAC diz que, “durante o evento, servidores da ANAC receberão sugestões dos participantes e estarão à disposição para tirar dúvidas sobre o tema”, posso repassar sua sugestão, uma vez que vou participar da etapa pauilsta do ciclo de palestras.

7 comments

  1. Beto Arcaro
    3 anos ago

    A ANAC, mais uma vez, tirando da reta e já deixando brechas:

    Definições:

    Plano de Curso Especial – manual de curso elaborado por aeroclube ou escola de
    aviação civil no caso de curso para o qual não exista manual específico elaborado pela
    ANAC.

    O que é um “Curso Especial”?
    IFR é IFR não?
    Me lembrou a história dos “Parafusos”….

    Aí ela continua:

    Os aeroclubes e escolas de aviação civil devem elaborar os seus próprios programas
    de instrução da parte prática do curso de voo por instrumentos, respeitando a carga
    horária mínima constante na seção 61.223(a)(6)(ii), do RBAC 61 e o conteúdo
    programático mínimo constante no Apêndice C.

    O tal apêndice C só decreve a parte burocrática.
    Em termos “técnicos” não regula nada.
    De “papel”, a ANAC é ótima !
    Imaginem a padronização técnica entre as escolas?
    E a gente vai acabar entrando naquela mesma história do “Quando possível”….

  2. Batistaca
    3 anos ago

    Raul gostaria muito da sua opinião,até um tempo atrás não tinha curso de IFRH muito menos de programa novo de IFR no modo geral, Pois bem fiz meu curso de PCH e assim que acabei eu partir pro curso de IFRH, porém eu estou vindo de asa fixa, até o mes de maio eu fiz 15 hrs de voo IFRH em um R22 homologado e 10 horas de navegação, lembrando 15 hrs de voo IFRH pois eu ja sou PCA/IFR, com isso o especialista da Anac disse que eu teria AS MARCAS pra checar IFRH em simulador ou BIturbina, com essas mudanças Raul voce acha que eu terei que fazer o curso de IFRH TODO mesmo eu ja tendo IFRA checado???

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Eu acredito que haverá regras de transição para casos como o seu. Vamos ver qdo a IS for publicada.

      • Batistaca
        3 anos ago

        espero que não precise fazer banca e nem mais nenhuma hora de voo, pq até o momento o que a anac me pediu foi 15hrs de IFRH e 10 horas de navegação em comando para ficar com os minimos pra checar IFRH em biturbina e assim foi feito com as ultimas reservas que eu tinha se não for mais isso eu piro.

        • Nico
          3 anos ago

          Os seguintes requisitos são necessários p vc obter o IFRH:

          15 (quinze) horas de instrução de voo em duplo comando em aeronave da categoria para qual é requerida a habilitação de voo por instrumento.

          Essas horas devem ser realizadas na categoria helicóptero.

          Experiência: ter, pelo menos, o seguinte tempo de voo como piloto:

          50 (cinquenta) horas de voo como piloto em comando em voo de navegação, das quais, no mínimo, 10 (dez) horas tenham sido realizadas em aeronaves da categoria para a qual é requerida a habilitação de voo por instrumentos;

          Se vc possuir hora de navegação em avião pode abater 40 horas e completar com 10 horas de navegação de helicóptero, lembrando que todas essas horas são em comando.

          40 (quarenta) horas de voo por instrumentos, das quais um máximo de 20 (vinte) horas podem ser realizadas em dispositivo de treinamento para simulação de voo qualificado e aprovado pela ANAC e sob a supervisão de um instrutor de voo devidamente qualificado e habilitado;

          Essas horas podem ser todas de avião caso vc possua, e aí pode ser IFR capota ou real. Caso vc não possua, lembro que vc já realizou as 15 horas de IFR na categoria (helicóptero), que vc vai abater das 40 horas e realizar as horas q faltam. Lembrando que faltarão 5 horas de prática e 20 de FSTD.
          Agora se vc tiver alguma hora de IFRA pode abater também, o importante é o somatório final ser de 40 horas IFR.

          Tendo cumprido esses requisitos, vc deve procurar uma escola que já possua um curso prático homologado nos moldes da IS 61-002.

          Provavelmente, a escola vai pedir q vc faça um voo no AATD (01:00h) e um voo num R44 (01:00h) para avaliação e liberação para o check.
          Sendo liberado vc fará o check com um INSPAC em duas etapas, um voo de check no AATD de 01:00h e em seguida um voo de check no R44 também de 01:00h.

          Já existe escola no Rio de Janeiro realizando esse procedimento, inclusive similar ao que eu descrevi acima, e com processo de obtenção de habilitação avaliado e concluído pela a ANAC.

          E finalmente, se vc já possui o IFRA, não precisa fazer outra banca.

          Espero ter ajudado.

          • Batistaca
            3 anos ago

            Nico, MUITO OBRIGADO PELA SUA ATENÇÃO AMIGO, me ajudou muito inclusive o que voce descreveu foi exatamente o que o especialista da anac me disse, no meu caso so precisei fazer 15 horas de IFRH em um R22 homologado e 10 horas de navegação, simulador ele disse q eu nao precisaria e não precisaria de banca tbm. Dai veio esse curso da anac especifico de IFRH, que me disseram que eu nao poderia checar IFRH se eu nao fizesse o curso exatamente como esta descrito no novo molde da anac,( ESSE É MEU MEDO). mandei essa duvida pro especialista e o mesmo me informou que independente desse curso novo da Anac de IFRH, eu nao precisaria fazer igual esta descrito, uma vez que eu tenho o minimo pra checar IFRH em helicoptero biturbina eu teria o minimos TAMBEM pra checar em R22( se existisse pra cheque) ou R44 independete de eu ter seguido ou nao o curso novo deles de IFRH, pois eu venho de asa fixa.

            • nico
              3 anos ago

              Exatamente! Se vc já possui os requisitos basta vc ir a uma Escola com o curso IFRH homologado nos moldes da IS 61-002C (pois só essas escolas podem checar no Helicóptero capota) e fazer como descrevi acima. Inclusive o caso foi de um piloto de asa fixa que também possui uma LPCH. Bom check

Deixe uma resposta