Cursos técnicos de aviação no Ensino Médio – uma opção pouco explorada no Brasil

By: Author Raul MarinhoPosted on
890Views0

A Flying Magazine publicou recentemente um artigo sobre o ensino aeronáutico nas ‘High School’ americanas, equivalentes às nossas escolas profissionalizantes de Ensino Médio – Aviation High Schools Prep the Next Generation. A escola especificamente citada na matéria é a Aviation Career & Technical Education High School, que é pública municipal (mantida pela prefeitura de N.York), e autorizada pela FAA para formar técnicos em manutenção de aeronaves, além de ter no currículo disciplinas como aerodinâmica e regulamentação, que servirão para quem pretende ir para uma faculdade de Ciências Aeronáuticas na universidade – lembrando que não há vestibular nos EUA, e um diploma desses conta pontos na análise de currículo para admissão e/ou obtenção de bolsas de estudos nas universidades (a propósito, falando em bolsas de estudos, 2/3 dos estudantes de aviação desfrutam de algum programa de subsídio ou financiamento público).

E no Brasil? Bem, aqui o problema começa já na obtenção das informações sobre disponibilidade de cursos: não há uma entidade no Brasil como a UAA-University Aviation Association, que facilita o acesso ao conhecimento sobre disponibilidade de cursos e entidades de formação aeronáutica em nível médio e superior nos EUA. Mas, para quem se dispõe a se embrenhar no Google, é possível encontrar cursos como o de Manutenção de Aeronaves oferecido em S.Paulo (Araraquara e Guarujá) pelas ETECs/Centro Paula Souza. Somando-se a oportunidade de ensino especializado à reputação de bom ensino “comum” que as ETECs possuem, esta pode ser uma boa porta de entrada para quem quer ingressar na aviação. #ficaadica.

 

Deixe uma resposta