Acabaram os exames médicos para obtenção ou revalidação de CMA em hospitais da FAB

Acabaram os exames médicos para obtenção ou revalidação de CMA em hospitais da FAB

By: Author Raul MarinhoPosted on
589Views36

A ANAC confirmou que os hospitais da FAB não irão mais realizar os exames para obtenção ou revalidação do CMA-Certificado Médico Aeronáutico de todas as classes – vide nota publicada no Portal do SNA. Agora, somente os médicos e as clínicas credenciadas realizarão tais exames.

36 comments

  1. Fábio Campos
    4 meses ago

    Mais uma barreira para os pilotos! Nas clínicas particulares os valores chegam a ser 300% mais caro que nos hospitais da força aérea. Quem vai fiscalizar sobre estes altos valores ???

  2. Raul Marinho
    4 meses ago

    Pessoal, acabei de receber um e-mail da Ouvidoria do CEMAL confirmando as informações deste post.

  3. Quando acabarão com a ANAC?

    Volta DAC!

  4. Leandro
    4 meses ago

    Olha, eu acho é OTIMO!
    A pior qualidade de servicos sempre foi nos hospitais de base, e seu conhecido terrorismo com problemas simples. Faço em clinicas nos ultimos anos, e pelo menos na clinica que EU FAÇO o pessoal é serio. Tenho 30 anos de aviação e não suportava mais fazer nos hospitais de base. Pessoal logo vai notar que é sempre melhor fazer em clinicas.

    • Luiz Fidélis
      4 meses ago

      NÓS, TODOS OS PILOTOS E QUEM NECESSITA DE CMA NA AVIAÇÃO, esperamos que o SERVIÇO e o VALOR do CMA melhorem! Já adianto que o valor não vai melhorar! Nos hospitais da FAB o valor é de R$ 350,00 e já temos clínicas cobrando R$ 1.500,00. E temos um problema muito maior, não temos clinicas em todas as capitais do país e quem está iniciando na aviação terá um obstáculo a mais a ser ultrapassado! Voo em Aeroclube (RN) e vejo o sacrifício que nossos jovens fazem para transformar um sonho em realidade!
      Sinceramente, não entendi o porquê de atacar, sem necessidade, quem por muito tempo trabalhou pela/para Aviação Civil Brasileira! Falar que os médicos da FAB não são “SÉRIOS” não é JUSTO! Olhar a mudança sob o prisma individual, CARACTERÍSTICA DE NOSSO POVO, é ser muito EGOÍSTA! COM CERTEZA, TEREMOS MAIS GENTE PREJUDICADA DO QUE BENEFICIADA! Esperamos que o tempo consiga trazer melhores serviços e preços mais justos! Que DEUS abençoe a NOSSA PÁTRIA BRASIL!

  5. Jorge Vieira
    4 meses ago

    Só mais uma maneira de repassar dinheiro estatal para a iniciativa privada. (A principal meta desse “governo”).

  6. Rogério Messias
    4 meses ago

    Acredito que o intuito seria melhorar, haja visto que tenho ouvido rumores que os hospitais militares não estão dando conta da demanda, sempre fiz minhas inspeções em hospitais da FAB e tenho observado uma demanda bem grande haja visto que eles também atendem o publico militar e tenho observado tbm que a qualidade do serviço vem caindo gradativamente, onde o tempo de espera é grande e a burocracia maior ainda haja visto que no caso militar aguardei quase 20 dias pra atualizarem no sistema, conheço pessoas que ficaram ate 40 dias e ligava la e ninguém sabia informar o que havia ocorrido, enfim…. Agora com a privatização espero que melhore essa burocracia mais existe o lado financeiro, acho muito caro essas renovações em clinicas e acredito que agora vai ficar mais caro ainda, não sei da realidade de outros estados, mais em goiás é bem dispendioso. Esperamos que haja um meio termo ai.

    • Nilton Cícero Alves
      4 meses ago

      Rogério,
      O meio termo é o que havia…. Exames em hospitais da FAB e em clínicas, com o aeronauta livre para escolher onde iria fazer o seu.
      Quanto a demora, creio que os casos citados sejam de exames que apresentaram problemas. Fiz o meu no HASP (agora HFASP) e no dia seguinte os dados no portal da ANAC já estava atualizado. O prazo que eles dão (CEMAL e HASP) é de 48 horas.

  7. carla moreira
    4 meses ago

    essa noticia É FALSA!! IRRESPONSABILIDADE DE QUE DIVULGA ESSE TIPO DE NOTICIA

  8. Sander Ruscigno
    4 meses ago

    É uma pena, eu gostava de ir renovar meu exame na base aérea, sentia-me mais piloto fazendo isso, era um ambiente legal aonde tudo lá girava em volta da aviação.

    Mas veja, se fosse o contrário também teria reclamações: “ahhh, agora vou ter que sair da minha cidade, gastar não sei quando de passagem pra fazer um exame que antes eu fazia do outro lado da rua”.

    Enfim, não tem como agradar a todos. Sendo um preço justo, tudo certo. Mas se eu tivesse as duas opções, com certeza iria até à base, mesmo gastando mais. Sabe como é, não gostamos de mudanças…

  9. Renato
    4 meses ago

    Poxa… eu adorava Renovar o meu no Cindacta II…. Pessoal muito atencioso e coerente… pena!!!

  10. Anderson
    4 meses ago

    Bah! Além do preço ser um absurdo a qualidade vai cair e a criminalidade vai aumentar! O famoso só pagar que passa!! Parabéns aos envolvidos! Tem a mão de gente da grana nisso só pode! tá difícil viver tranquilo e bem! Sempre tem um FDP mexendo em alguma coisa!

  11. Enderson Rafael
    4 meses ago

    A ideia é ótima! As clínicas tem um serviço muito mais coerente que o dos hospitais da FAB. Eu mesmo já não faço neles há alguns anos. Mas realmente, o próximo passo, é trazer o CMA para um preço mais razoável, embora não seja exatamente barato em lugar nenhum do mundo.

  12. Bruno Guimarães da Fonseca
    4 meses ago

    Parabéns ANAC quando a gente acha que está ruim vocês um jeito de piorar . . .

  13. Diego Sousa
    4 meses ago

    Raul, estou com a GRU paga para o HFAB de Brasília mas não realizei o agendamento. Sabe se consigo reembolso?

    • Raul Marinho
      4 meses ago

      Consegue. Vc pode e usar o aplicativo também, só mude o campo que fala do motivo para o pedido de reembolso.

      • Nilton Cícero Alves
        4 meses ago

        Raul,
        Permita-me uma observação. O Diego pode até conseguir o reembolso, mas o caminho não será esse que vc indicou. Note que esse caminho é para reembolso de GRU referente a TFAC, que não é o caso do CMA. Parece estranho, mas o pagamento não está relacionado a nenhuma taxa da ANAC, tanto que quando o exame é feito numa clínica credenciada, o pagamento é feito diretamente para a clínica. O reembolso, então, deverá ser solicitado ao HFAB que dirá quais os procedimentos para isso.
        Entretanto, não creio que seja necessário. Estive no HFASP (novo nome do HASP) hoje e o que me disseram lá foi que ainda não receberam nenhuma informação a respeito dessa suspensão e que continuam realizando os exames normalmente. Se amanhã ou depois surgir algo, quem já estiver com a GRU paga, fará o exame. Assim, por analogia, creio que o Diego ainda possa fazer o exame no HFAB.

        Complementando esse meu comentário, tudo isso está muito estranho.
        Nos últimos dias começou a circular essa informação nos Zaps da vida e até a página do SNA já noticiou isso.
        Fui pesquisar e encontrei um aviso na página do HFASP (pra quem quiser ver na internet, a url continua como hasp – http://www2.fab.mil.br/hasp/index.php/inspecao-saude-1). Acontece que este aviso, de março de 2017, se refere à Junta Mista Especial de Saúde – JMES que não tem nenhuma relação com o CMA, feito pela Junta Especial de Saúde – JES.

        Segue a definição de cada uma delas dada pelo RBAC 67 Emenda 00 (na emenda 01 essas definições foram retiradas):
        67.11 – Conceitos, definições e siglas
        (u) Juntas Especiais de Saúde (JES): são Juntas Médicas constituídas por oficiais médicos da Aeronáutica, com Curso de Medicina Aeroespacial, destinadas a julgar aeronavegantes civis, em função do convênio estabelecido entre a ANAC e o COMAER.

        (w) Junta Mista Especial de Saúde (JMES): é a Junta Médica composta por 02 (dois) médicos, com curso de medicina aeroespacial, e um médico perito da Previdência Social, com a finalidade de avaliar as condições psicofísicas dos aeronautas para efeito de percepção de benefício auxílio-doença ou auxílio-acidente do trabalho. A competência para aposentadoria por invalidez é da Previdência Social.

        Por fim, na mesma página citada acima, aparece um outro aviso informando que a partir de ontem (01/06/2017) não serão mais aceitos exames psicológicos externos para a revalidação do CMA. Ou seja, as revalidações prosseguem sendo feitas.

        Posso estar enganado, mas ainda acho que tudo isso não passa de um grande mal-entendido por conta da suspensão das JMES, ou de uma decisão unilateral da ANAC que ainda não formalizou essa decisão junto ao COMAER.
        Cabe observar que no portal da ANAC já não constam os hospitais da FAB que faziam os exames. Vamos ver onde vai parar…

        • Raul Marinho
          4 meses ago

          Vc tem razão, Cícero: confundi os procedimentos. GRU de CMA realmente não tem nada a ver com GRU de TFAC.
          Qto à questão dos hospitais, está havendo muita confusão mesmo. Espero ainda hoje esclarecer isso.
          Muito obrigado e abraços,
          Raul

  14. Lencir jose
    4 meses ago

    Inacreditável!!!!
    Quem tomou esta medida não deve viver a realidade da aviação!!!!
    Temos que nos reunir e nos manifestar ou daqui a pouco vão acabar com o pouco que temos!!!

  15. Beto Arcaro
    4 meses ago

    Vão abrir mais clínicas, com certeza!
    Já existem clínicas abrindo franquias em várias cidades.
    A concorrência vai melhorar os preços e os serviços!
    HASP, CEMAL e outros Hospitais militares?
    Eles não dão mais conta!
    A grana que você paga pro HASP, ou CEMAL, não fica no HASP, ou no CEMAL.
    Vai pra “União”!
    A grana que você paga para uma Clínica Particular, fica na Clínica, que só pode ser administrada como uma empresa.
    Só vejo melhorias!

  16. Rangel
    4 meses ago

    Essas clínicas particulares vao aprovar ate pilotos sem condições …tudo por dinheiro… pode ter certeza …alguem esta levando dinheiro nisso… Parabéns Anac… isto é Brasil oooohhh.

  17. Hahaas
    4 meses ago

    Parabéns àqueles que colocaram a “anarc” e como orgao regulador com o pretexto de q e militar é repressor.
    Estao achando ruím? Rsrsrsrd

  18. Luiz
    4 meses ago

    ANAC + CLINICAS = $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ (para elas, é claro)!

  19. Paulo
    4 meses ago

    Quer dizer que não vou mais ver aquela Tenente maravilhosa lá no HASP???
    Absurdo!!!
    ANAC – Agência Nada Amiga do Comandante

  20. Rangel
    4 meses ago

    Que merda! Agora particular em clinicas significa mais gastos! Pura buxa, no hasp gastava 350 na revalidação e agora com essa vai ficar mais de 1500 nas clinicas

  21. Anonimo
    4 meses ago

    Anac é um passo pra frente e cinco pra trás.

  22. André gustavo
    4 meses ago

    Que merda em, tá ficando cada vez pior.

  23. Weyne
    4 meses ago

    Anac ,só existe para dificultar a vida do aviador!
    Deveriam ter nos informado com antecedência’

  24. Fabio Elsas
    4 meses ago

    Pode esperar a disparada dos preços, rsrsrs

  25. André
    4 meses ago

    Só pode ser brincadeira! Há anos renovo meu CMA na Base Aérea de Natal (RN).
    Agora, vamos ver a lista das clínicas credenciadas no RN.
    Resultados encontrados: zero.
    Parabéns por essa iniciativa incrível, ANAC!
    Agora vou precisar sair do meu estado para conseguir renovar meu certificado médico.
    Estou aplaudindo de pé.

  26. gustavocarolino
    4 meses ago

    Grande perda! Era um serviço público federal que funcionava bem.

  27. Jao
    4 meses ago

    Tá cada vez pior

  28. Mardey Couto
    4 meses ago

    Que maravilha! Parabéns, ANAC! Só que não…!!!

Deixe uma resposta