Exames médicos para CMA em hospitais da FAB: a confusão persiste, mas ainda será possível realizar exames nas unidades militares nesta fase de transição

Exames médicos para CMA em hospitais da FAB: a confusão persiste, mas ainda será possível realizar exames nas unidades militares nesta fase de transição

By: Author Raul MarinhoPosted on
183Views11

Ontem, tanto a ANAC quanto o ComAer publicaram notas em seus respectivos portais informando aos tripulantes civis sobre a descontinuidade do atendimento para os  exames médicos para CMA. Apesar disso, ainda há muita confusão e desinformação na ponta das unidades militares.

O Portal do CEMAL traz um lacônico “Informamos que a Junta Mista que funcionava neste CEMAL foi desativada. Para maiores esclarecimentos, por gentileza, os interessados deverão reportar-se à Agência Reguladora” – e isto é tudo o que há sobre o assunto. Entrei em contato com a Ouvidoria da unidade, que me respondeu que “este Centro Pericial realizará inspeções de saúde para civis, somente para aqueles  agendados até o dia 25 de julho de 2017, não efetuando mais agendamento para tal fim” – informação que também deveria estar no site.

Já no site de agendamento do HASP não há nenhuma menção à interrupção das atividades para tripulantes civis, vide imagem abaixo (print de 07/06 às 9:20):
nota HASP

A mesma coisa está acontecendo no site do HACO, que também mantém o sistema de agendamentos inalterado.

E então? O que fazer?

A ANAC retirou o sistema de emissão de GRUs para exames médicos de seu portal, o que evitaria a marcação de novos exames nas unidades militares, que sempre requerem pagamento prévio das taxas. Porém, nos portais de algumas unidades (caso do HACO), há mecanismos para emissão de GRU fora do sistema da ANAC (por meio do SIAFI). Utilizando a orientação do próprio HACO, consegui emitir uma GRU para exame inicial hoje sem dificuldades, e leitores também têm relatado que o hospital continua agendando exames normalmente, procedimento que não estaria de acordo com as notas emitidas pela ANAC e pelo ComAer. Isto estaria acontecendo porque algumas unidades militares ainda não foram informadas sobre os novos procedimentos, e haveria um prazo de transição de 60 dias para tal, de acordo com a Assessoria de Comunicação da ANAC. A Agência também orientou este blog a a informar seus leitores que, neste período de transição, quem pagar a GRU e agendar o exame na unidade militar será atendido normalmente.

 – x –

Abaixo assinado “Retorno IMEDIATO da realização dos exames de saúde (CMA) aos aeronavegantes, realizados nos Hospitais da FAB

Está circulando na internet o abaixo-assinado do link acima, pedindo a manutenção dos exames médicos para obtenção/revalidação de CMA nas unidades militares. Eu, pessoalmente, acho que é um pleito difícil de se obter pelos motivos expostos aqui, ou seja: o ComAer não tomou essa decisão porque quer, mas porque precisa. De qualquer maneira, quem se sente prejudicado pela medida e quer lutar por isto tem pleno direito de fazê-lo.

11 comments

  1. Angelo Carvalho
    2 meses ago

    Comprovando a informação acima renovei meu CMA 1ª Classe no HFASP (antigo HASP), no dia 13/06/17, sem nenhum problema, inclusive fica aqui um elogio ao serviço prestado por aquele hospital. Atendimento rápido e eficiente, início do atendimento às 06:00 e término às 11:30 (todos os exames realizados e lançamento no site da ANAC em até dois dias). Todos os procedimentos executados de maneira profissional, rápida, educada e eficiente por parte dos integrantes do HFASP.

  2. Diego
    2 meses ago

    Raul boa noite, eu agendei o meu exame no Haco antes de sair a nota da ANAC , porem ainda nao paguei a GRu… vou pagar soh dia 20… porem ja ta agendada pro dia 29… !! se pagar posso fazer normalmente no HaCo

  3. Alex W. B.
    2 meses ago

    Boa tarde! Paguei ontem, 06/06/2017, a GRU para realizar a inspeção na HACO. Na parte da noite fiquei sabendo da notícia no site da ANAC da suspensão do serviço por parte da FAB. Hoje liguei para ANAC e HACO e houve divergências nas informações prestadas. A HACO informou por telefone que se tratada de uma informação falsa da ANAC, já a ANAC me orientou a solicitar a restituição do valor da GRU, caso eu não tenha agendado ainda a inspeção. Que confusão ein! Por fim, vou solicitar a restituição do valor da GRU, pois agora, tanto no site da ANAC e da FAB consta a informação da suspensão dos serviços de Inspeção de Saúde.

    • Raul Marinho
      2 meses ago

      De acordo com informações prestadas pela própria ANAC, vc pode agendar seu exame no HACO, sim, sem problemas.

      Agora… O HACO dizer que é informação falsa da ANAC é o fim, né?

  4. Anderson
    2 meses ago

    Boa a ideia o abaixo assinado! não podemos aceitar calados. A questão não é só custos e etc. A questão é a qualidade, a pericia e a confiança! As clinicas são facilmente corrompidas! Existem médicos que adoram um tapinha nas costas. Uma amizade colorida e seu triglicerídeo alto está liberado! não isso não! Chega!
    Quem vai fiscalizar essas clinicas? A ANAC? Por favor, a ANAC não consegue largar um resultado ICAO em alguns dias! Quem dirá uma pericia em uma clinica! Enquanto quem é fiscalizado andar de Hilux e quem é fiscal andar de Uno Mille esse país não muda!!

  5. Lucas Kieski
    2 meses ago

    Olá boa tarde, gostaria de saber se essa forma de se conseguir a GRU serviria para todas as unidades. Por exemplo, emitir uma GRU dessa maneira explicada e marcar no CINDACTA II no Bacacheri.

    • Raul Marinho
      2 meses ago

      Sim, dá para usar o SIAFI para emitir GRU para qualquer fim. Porém, acho recomendável ligar para o CINDACTA II e confirmar se eles estão agendando exames ainda.

      • Lucas Kieski
        2 meses ago

        Obrigado pela resposta. Liguei para me informar e disseram​ que GRUs pagas iriam ser marcados os exames. Estou pensando em realizar o pagamento amanhã e ligar novamente para marcar.

      • Acabei de pagar a minha GRU, segue o link do Cindacta II, pois mudou. Lá tem as instruções direitinho:
        http://www2.fab.mil.br/cindacta2/index.php/junta-de-saude#revalidacao

        • Lucas Kieski
          2 meses ago

          Olá Cidnei, poderia me dizer se na hora de gerar a GRU, você colocou algo em “número de referência”?

  6. Adriano Augusto Torres
    2 meses ago

    É isso ao Raul Marinho!Continue com esse seu alto nível de informação e competência de boa vontade, não p/carregar muitos no colo mas pegá-las pela mão e mostrá-las uma luz no fim do túnel.

Deixe uma resposta