Esta página é exclusiva para a postagem de dúvidas e comentários sobre o e-book, postada pelos seus leitores.

322 comments

  1. Kent Davidge
    1 ano ago

    Raul, o que vc teria a dizer para um jovem que checou pp, gastando por volta de 21 mil reais, e depois do check nunca mais conseguiu uma oportunidade de voar? – Continue tentando; ou – Sinto muito, mas vc perdeu dinheiro, foi um bobão, poderia ter pensado antes de entrar nessa.

    • Raul Marinho
      1 ano ago

      O que tenho a dizer é que, possivelmente, faltou conhecimento sobre o processo de formação e, principalmente, planejamento. Só com o PP checado, não sei que tipo de “oportunidade” vc estava achando que iria ter…

  2. Elias
    1 ano ago

    estou procurando o melhor cargo de piloto , se você sentir de me ajudar gostaria de umas dicas , estou precisando muito não entendo absolutamente nada . nem comecei ainda . estou apenas terminando o ensino médio . ai para não me arrepender la na frente . gostaria de saber se tem riscos de ficar desempregado . e qual cargo de piloto seria melhor para não correr o risco do desemprego . se for possível me mande um link destes primeiros ensinos de como estudar o que é a aviação , qual cargos tem , e de como funciona . estou procurando na net mais não acho muitas das infirmações que preciso . mais achei você se poder me ajudar irei te agradecer muito . tenha uma boa noite Raul bom sucesso .

    • Raul Marinho
      1 ano ago

      Comece lendo o material do e-book “como tirar brevê”.

  3. Elias
    1 ano ago

    o que preciso para me tornar um piloto Agrícola ? eu ainda estou terminando o colegial . preciso de um instrutor avançado para me instruir , poderia me dar está força por gentileza ?

  4. Elias
    1 ano ago

    olá , boa noite Raul . eu gostaria de saber se para se tornar piloto comercial é uma boa ideia .
    pois estamos com uma crise no pais muito grande , gostaria de te perguntar se vale a pena eu me tornar um piloto comercial . se vale a pena eu começar minha carreira . estou come medo de batalhar até o fim , e la na frente correr o risco do desemprego . empresas como a *TAM* *GOL* corre este risco ? ou sempre vai ter emprego garantido para o piloto comercial ? e outra pergunta tambem . se vc passa muito tempo sem ver sua familia . ?

  5. Leonardo
    2 anos ago

    Obrigado pelo livro e pela planilha. Graças a você pude descobri, antes de começar, que o meu sonho de pilotar não é tão grande assim!!

  6. Igor Martins
    2 anos ago

    Boa Tarde Raul, minhas dúvidas é sobre as aulas de instrução prática de PP-A e PC-A, sou PP-A checado e pretendo voar algumas horas com a CHT de PP-A antes de começar as aulas teóricas de PC.

    Perguntas:

    1- O Piloto e a aeronave na qual estarei voando será de uma taxi aéreo, eu poderei anotar as horas ? Se sim o CMTE precisa ser INVA ou PLA para anotar minhas horas ?

    2- Caso eu consiga acumular ”200 horas” de voo somados com as da instrução de PP-A, quantas horas eu precisarei fazer para checar o PC ?

    3- Para eu começar a voar como PP-A sem estar em uma escola homologada para instrução precisarei fazer alguma hora em duplo comando ?

    • Raul Marinho
      2 anos ago

      1-Não. Para pilotar uma aeronave 135, só sendo contratado – o que significa já ser PC.

      2-Não entendi sua pergunta.

      3-Não. se vc estiver habilitado para a aeronave, sem problemas.

      • igor
        2 anos ago

        2- Tá, um ex: Se daqui um ano eu tiver 200 horas de voo como PP-A antes de fazer horas em aeroclube, precisaria fazer alguma hora em escola homologada pra checar o PC ou poderei solicitar um checador ?

  7. Yan
    2 anos ago

    Buenas Raul, como vai?

    Sou PP checado e atualmente estou cursando o PC e paralelamente curso Engenharia Aeroespacial. Pretendo seguir na carreira de piloto, mas como todos sabem, o mercado brasileiro não nos ajuda. Minha duvida é: Há chances melhores do que aqui no Brasil em mercados mais aquecidos como oriente medio, china, etc?(Até onde vi, o mercado estava bom por la, corrija-me se estiver enganado).

    Não tenho nenhum problema em morar longe de casa, é ate uma vontade minha.

    Obrigado pela atençao!

    • Raul Marinho
      2 anos ago

      Há, sim! O mercado está muito aquecido na maior parte do mundo, especialmente Ásia, Oriente Médio e EUA. Só que há dois problemas: 1)Muitos países restringem a emissão de vistos de trabalho (caso dos EUA, Canadá e Europa); e 2)Onde isso é mais flexibilizado (China, Emirados Árabes, etc.), as oportunidades são, principalmente, para quem já possui experiência em linha aérea. Então, não dá para conseguir um emprego de piloto no exterior direto do aeroclube: é necessário adquirir experiência na aviação geral, qualificar-se para uma vaga na linha, voar pelo menos um ano numa companhia aérea, e só aí estar apto a um emprego numa Shenzen ou Emirates da vida.

  8. Filipe Emanuel
    2 anos ago

    Boa noite Raul Marinho.
    Sobre a formação de técnico em manutenção de aeronaves, qualto precisarei investir pra me formar nessa área da aviação? Vc sabe me informar por favor?

    • Raul Marinho
      2 anos ago

      Não possuo essa informação, Felipe.

  9. Filipe Emanuel
    2 anos ago

    Qual companhia aérea brasileiras contratam mais pilotos jovem no mercado da aviação?

    • Raul Marinho
      2 anos ago

      Tradicionalmente, a Azul. Mas Gol e Avianca também têm histórico positivo neste sentido.
      Na verdade, só a Tam tem uma política complicada para os 35+.

  10. Lucas Bertan
    2 anos ago

    Boa Noite Raul,
    Por Gentileza,
    Sou pc/ifr checado, tenho a cct teorica de PLA, e preciso agora incluir o tipo PA31 (cheyenne) na CHT. Ja tenho a instrução e o check marcado. Porém me paira uma dúvida. Li no rbac que um dos requerimentos teóricos é o seguinte:

    61.213 Concessão de habilitação de tipo
    (a) O candidato a uma habilitação de tipo deve cumprir o seguinte
    (iii) ter sido aprovado, nos 12 (doze) meses anteriores ao exame de proficiência, em exame teórico da ANAC de regulamentos aeronáuticos VFR ou IFR, conforme aplicável à certificação da aeronave.

    Já faz mais de um ano que fiz a banca de PLA, preciso refazer a banca de regulamentos para o check?

    Muitisiimo obrigado. Grande abraço

    • Raul Marinho
      2 anos ago

      Precisa.

  11. Pablo
    2 anos ago

    Boa noite..
    No pch voei as horas necessarias numa escola e chequei em outra ..
    Posso fazer isso novamente no invh ,ja voei as 10 horas necessarias posso checkar em outra ?

    • Raul Marinho
      2 anos ago

      Pode, mas é preciso pedir a transferência do seu prontuário de uma escola para a outra. E a escola que te receber possivelmente vai exigir um voo de avaliação, no mínimo.

  12. adao
    2 anos ago

    qual e a regra para se documenta um helicóptero experimental .

    • Raul Marinho
      2 anos ago

      Procure a ABUL.

  13. Leonor Santos
    3 anos ago

    Oi Raul.
    Sobre IS Nº 00-003, é bom divulgar!

    Pré-requisitos para inscrição :
    Para efetuar a inscrição em um exame de conhecimentos teóricos, o candidato deve, no
    momento da inscrição, atender aos seguintes pré-requisitos:

    d) Para o exame de conhecimentos teóricos de piloto de linha aérea, ser titular, no
    mínimo, da licença de piloto privado da categoria pretendida;

    obrigada!

    • raulmarinho
      3 anos ago

      Já foi divulgado.

  14. Leonor Santos
    3 anos ago

    Boa Noite Raul.

    Sobre IS Nº 00-003, tenho algumas dúvidas.

    Pré-requisitos para inscrição :
    Para efetuar a inscrição em um exame de conhecimentos teóricos, o candidato deve, no
    momento da inscrição, atender aos seguintes pré-requisitos:
    e) Para o exame de conhecimentos teóricos de instrutor de voo, ser titular, no mínimo,
    da licença de piloto privado da categoria em que pretende obter a habilitação;

    g) Para os exames de PCA/IFR, PCH, INVA, INVH, IFR, CMS, MCV, MODI,
    MODII, GMP, CEL e AVI, ter concluído o correspondente curso homologado com
    aproveitamento.

    Minha dúvida é a seguinte para o piloto fazer a matrícula na Escola/Aeroclube é necessário que o piloto possua a Licença de Piloto Comercial conforme o Manual do Curso de PC. E agora só com a Licença de PPA o piloto pode fazer o Curso Teórico de Instrutor de Voo de Avião.

    Obrigada!

    • raulmarinho
      3 anos ago

      Siga o Manual.

  15. Rerisson
    3 anos ago

    minha banca de PC-ifr venceu 20/07/2013 e não chequei, gostaria de saber qual é o procedimento para renovar meu teórico.

    • raulmarinho
      3 anos ago

      Nenhum. Na prática, o CCT não vence mais.

  16. Caio Silva
    3 anos ago

    Olá, a poucos dias entrei em bacharelado em ciências Aeronáutica, gostaria de saber para as pessoas que estão fazendo ciências Aeronáutica as empresas de linhas aéreas exigem menos horas de vôo para quem está fazendo por aeroclube.

  17. tati
    3 anos ago

    oi raul aproveitando a pergunta da colega , queria saber quantas horas de voo e preciço para ser copiloto de linha áeria.

    • raulmarinho
      3 anos ago

      Pelo regulamento, o mínimo para checar o PC: 150h. Na prática, porém, as companhias costumam exigir pelo menos 500h de experiência nos seus processos seletivos para contratação de copilotos.

  18. talia
    3 anos ago

    raul onde eu encontro o livro como tira breve. tem em bancas e livrarias

  19. talia
    3 anos ago

    oi raul queria saber como eu faço para ser copilota ,quais cursos, e quanto tempo para se formar. brigada.

  20. Anderson Carlos
    3 anos ago

    Caro Raul, boa noite!
    Estou prestes a inicia o curso de PP – Piloto Privado, queria tirar uma duvida sobre o CMA. Como moro no Ceará, pretendo aquirir na Base Aérea de Fortaleza. A dúvida seria: “Se eu pagar a taxa, Todos os exames são por conta da Força Aérea? ou preciso providenciar algum e levar?
    Agradecido.

    • raulmarinho
      3 anos ago

      Normalmente, alguns exames têm que ser levados pelo candidato, mas isso varia de hospital para hospital. Ligue lá e se informe.

  21. Philip Barboni Ribeiro
    3 anos ago

    Caro Raul, bom dia!

    Peço a gentileza da sua orientação caso seja possível.

    Estou com a minha HABILITAÇÂO MNTE vencida (venceu em Out/14) e estou prestes a iniciar a iniciar as horas IFR do treinamento de PCA.

    Pergunto: SOU OBRIGADO A REVALIDAR/RECHECAR a minha HABILITAÇÃO MNTE para fazer essas horas (IFR) que restam do treinamento?

    Desde já, OBRIGADO e PARABÉNS PELO TRABALHO QUE TEM FEITO POR TODA A COMUNIDADE AERONÁUTICA!

    Um abraço!

  22. Carlos
    3 anos ago

    Ola Raul boa noite, gostaria de saber em relação as escolas de aviação, qnto tempo elas terão para se adequarem para o novo RBAC ou melhor par terem intruçao IFR, e se as mesmas nao o fizerem perderão homologação para o PCH?

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Na verdade, a ANAC não deu nenhum prazo para as escolas se adequarem… E ninguém sabe como vai ficar, pois se as escolas que oferecem PCH forem ‘desomologadas’ pq não tem como oferecer a instrução IFRH, não sobra nennhuma no Brasil.

    • Flavio Jr.
      3 anos ago

      Carlos bom dia, tente entrar em contato com a EDRA, eles tem curso de IFR e veja se esta adequado ao que precisa.

  23. Leonardo Ruffeil
    3 anos ago

    Raul, bom dia. Um PPA que quer tirar habilitação IFRA (mas continuar como PPA) terá que fazer a banca somente de Navegação e Regulamentos? E poderá lançar hora de ‘Piloto em Instrução’, antes de ter a banca online, voando com um Inva em aeronave particular (plano IFR, no código do Inva)?

  24. Mauran Machado
    3 anos ago

    Boa Noite,
    Você pode me informar se o PLA ainda pode dar instrução de voo.
    Eu realizei algumas de instrução de MLTE/IFR nos meses de Agosto e Setembro com um PLA.
    Agora algumas escola aonde fui checar minha habiltação informou que essas horas não são validas, porque a ANAC não permite esse tipo de instrução.
    Gostaria de saber se tem procedencia essas informações.

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Para IFR, a necessidade de um INVA é bem clara: tem que ser um “instrutor de voo devidamente habilitado e qualificado”, de acordo com o RBAC-61. Já para o MLTE, isso não é tão claro assim, mas na prática a ANAC requer, mesmo, que seja INVA. O PLA (ou mesmo o PC) agora só podem dar instrução de TIPO quando não houver CTAC e eles forem habilitados ao respectivo TIPO.

  25. Flavio Jr.
    3 anos ago

    Bom dia,

    Estou em fase de conclusão do curso de PCH e acredito que muitos assim como eu estão mais uma vez revoltados com a ANAC, apos fazer um investimento de mais de 80 mil reais receber a noticia de que não posso concluir o meu curso devido a emenda 004 que inclui no curso para formação de PCH 10 horas de introdução a IFR, curso esse totalmente desnecessário na minha opinião. Uma vez que conversando com CMTE’s. que já tem mais de 20 anos e acima de 10 mil horas de voo nenhum deles conhece sequer um aluno recém checado PCH que voe IFR, e isso não é tudo, ate aonde pesquisei simplesmente não existem escolas homologadas pela própria ANAC para ministrar o curso. Raul como pode ver estamos sem NORTE algum, poderia nos dar uma orientação ou opinião do que deve acontecer com essa emenda, e como posso concluir o meu curso de imediato. Pois se formos esperar que a ANAC comece a homologar escolas pelo Brasil no ritmo em que ela costuma fazer com os processos…rs.

    Muito obrigado pela atenção.
    (falo aqui em meu nome e em nome dos meus colegas alunos de PCH que se encontram na mesma situação)

  26. Victor Costa
    3 anos ago

    Olá Raul!! Gostaria de uma opinião sua como aviador e administrador de empresas. Sou zootecnista com doutorado em produção animal, mas a aviação sempre foi a minha paixão, então resolvi mudar de área alguns anos atrás. Vou resumir a minha situação!! Atualmente estou empregado e pelas minhas contas até o final de 2015 terei o dinheiro da formação completa (PC/Multi/IFR). Porém, ano que vem minha esposa irá morar nos EUA, e eu tenho a oportunidade de ir junto. Agora a minha dúvida cruel…largar tudo aqui e fazer a formação completa nos EUA e voltar em 2016 faltando apenas fazer as convalidações, ou continuar no Brasil com o meu emprego e fazer a formação aqui mesmo? Meu receio é voltar PC checado pela FAA, mas sem emprego como zootecnista até me arranjar na aviação. Qual seria a sua opinião, should I stay or should I go? kkk
    Grande abraço!!!

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Olha, Victor… A opinião que vc me pede transcende as questões técnicas de formação aeronáutica, e por isso eu gostaria de – para o seu próprio bem – me abster. Só vc pode resolver essa sua dúvida, amigo, pois ela tem a ver com sua vida pessoal, seu casamento, etc. Agora, se vc quiser sentir a temperatura da pilotosfera, dê uma olhada nos comentários deste post e tire suas próprias conclusões: http://paraserpiloto.com/2014/10/13/aos-apavorados-com-a-atual-situacao-da-aviacao-do-brasil/

      • Victor Costa
        3 anos ago

        Obrigado Raul!! Difícil decisão mesmo!! Eu é que sei o que estou passando!! kkk
        Abraço!!

        • raquel
          3 anos ago

          raul que nivel de icao e necesario para pilotos e copilotos de linha aeria.

          • raulmarinho
            3 anos ago

            4 ou +

  27. Wendell Lima
    3 anos ago

    Olá pessoal, tenho intenções de morar na Australia e possuo as carteiras de instrutor de avião e helicóptero.
    Alguem saberia informar como eu poderia covalidar minhas licenças na Australia?
    Grato a todos!

  28. Matheus Biondo
    3 anos ago

    Bom dia Raul, estou começando a voar as primeiras horas de PCA e estou cursando Física(Integral) na UNESP – Rio Claro e tenho uma pesquisa na área de Meteorologia com CBs, mas devido a minha situação financeira não posso fazer um curso integral e voar as horas de PC juntos. Porém tenho a opção de transferir para a Geografia – Noturno, manter minha pesquisa e ainda posso trabalhar de dia. Minha dúvida, o que é mais interessante para a aviação? Física ou geografia? Entendo que o mais sensato seria transferir para Geografia, mas preciso de uma visão mais ampla. Abraço!

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Bem, Matheus, se for “para a aviação” no sentido de empregabilidade, tanto faz: as cias aéreas que dão preferência a quem tem curso superior não fazem distinção entre os cursos – a não ser a Azul, que prefere os que fazem Ciências Aeronáuticas (e se for na PUC-RS, tanto melhor). Agora, em termos de aviação num aspecto mais amplo, eu acho que o curso de Física pode ser muito interessante para vc entender melhor as questões de Teoria de Voo/Aerodinâmica, Meteorologia e mesmo Conhecimentos Técnicos/Termodinâmica; enquanto que Geografia só te ajudaria em Navegação. Portanto, eu prefiro Física mesmo – que, além de tudo, reforçaria suas habilidades em Matemática.

      • Matheus Biondo
        3 anos ago

        Raul, muito obrigado pela ajuda.

  29. leoleo12345
    3 anos ago

     

    Primeiramente desculpa por importuna-lo só estou escrevendo, pois tenho uma urgência, chequei o INVA foi enviado o processo e a FAP, mas não foi disponibilizada minha carteira provisória no sistema, na quinta tenho uma entrevista de emprego, e preciso apresentar a carteira para conseguir a vaga e devido a isso gostaria de saber se podem dar uma ajuda do que fazer grato
     

     

  30. Carlos
    3 anos ago

    Ola Raul blz, minhas 2 duvidas são o seguinte, tenho PPH checaco na qual utilizei as 5 hs de simulador, gostaria de saber se para o PCH posso fazer mais as 10 que eram previstas e mais 5 de ifr q são obrigatorias, ou agora só o simulador ifr é valido? segunda temos q lançar no PP horas em comando apartir da 21º aula, e a primeira aula noturna coloca-se piloto em intrução ou em comando caso ja se tenha as 20 hs de piloto em instrução? muito obrigado

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Olha, Carlos, essas dúvidas muito específicas de instrução em asa rotativa não são minha especialidade, e por isso tenho receio de te orientar errado. Então, faça o seguinte: entre em contato com a EFAI (tem um anúncio no blog), e solicite orientação a eles. Tenho certeza de que eles irão te ajudar da melhor maneira, mesmo que vc não faca instrução lá.

  31. Zabini
    3 anos ago

    Raul Boa noite,

    Gostaria de Saber se uma empresa de propaganda Aérea pega pilotos privados para rebocar faixa na praia?

    Grato.

  32. Daniel Gonçalves
    3 anos ago

    Boa noite Raul!
    Estou querendo muito iniciar curso de piloto privado, para depois fazer o de piloto comercial e fazer disto minha profissão, tenho pouco entendimento sobre o assunto, gostaria de saber como se torna comandante , quanto tempo durará os cursos e quais são os procedimentos e requisitos para entrar nas aviações tal como Tam, gol, azul e etc .

  33. Rodrigo
    3 anos ago

    Boa noite Raul!
    Se puder me ajudar a esclarecer uma dúvida, vou ficar muito agradecido… é o seguinte… estava fazendo meu curso de pc mono IFR normalmente, mas no final das horas IFR acabei tendo problemas financeiros e parei com as minhas aulas, isso foi em dezembro 2013… o que eu precisaria fazer para voltar a voar e completar minhas horas para o cheque?
    Agradeço se puder ajudar Raul.
    Um abraço

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Depende. Se suas habilitações estiverem válidas, é só readquirir experiência recente (um voo DC com 3DEP+3ARR). Se não, tem que revalidar a habilitação que estiver vencida (possivelmente, a MNTE). Aí, se vc tiver um mínimo de 20h de voo no período, é só revalidar por horas; se não, rechecar no avião.

  34. Ramon Del Arco Muniz
    3 anos ago

    Bom dia Raul!
    A minha dúvida é a seguinte: eu chequei meu PP em abril de 2012 e de lá pra cá não voei mais. Eu quero saber o que eu preciso para rechecar meu PP? Quantas horas são necessárias?
    Grato.

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Sua licença de PP está válida, amigo – mesmo porque ela não vence. O que deve estar vencida desde abril deste ano é a sua habilitação de CLASSE MNTE e, para renová-la, vc vai precisar ir a uma escola de aviação ou aeroclube e efetuar uma requalificação.

      • Ramon Del Arco Muniz
        3 anos ago

        Muito obrigado Raul, mas essa requalificação seria fazer alguns vôos? Refazer o teórico de PP há necessidade?
        Grato.

        • Raul Marinho
          3 anos ago

          O programa deverá ter, no mínimo, 1h de ground e 1h de voo, mas tudo vai depender da sua condição atual. E vc terá que fazer uma prova de REG (não se trata de “refazer o teórico”) e um cheque prático. Além, é claro, de revalidar seu CMA.

          • Ramon Del Arco Muniz
            3 anos ago

            Muito Obrigado Raul.
            Grato.

  35. Marcos
    3 anos ago

    Olá Raul tudo bom?
    Consegui checar o PC/MLTE/IFR, gostaria de saber se teria como pegar hora de co piloto em um Seneca III, o comandante não é INVA e nem PLA, mas só voa IFR, me disseram que todos os voos IFR precisam de co piloto, me esclareça essa duvida, e se eu passar um plano de voo ZULU, decolando visual e alterando instrumento, posso contar o total do voo como horas voadas como co piloto.
    Agradeço,
    Abraço,
    Marcos.

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Para vc poder lançar horas de copila num Seneca (ou qualquer outra aeronave single pilot), a única possibilidade seria se essa aeronave estivesse matriculada como TPX, sob o RBAC-135/Taxi Aéreo. Aí, sim, com ela voando IFR, o copila – que tem que ser registrado em carteira na empresa como tal – seria requerido. Qualquer coisa diferente disso não é viável.

  36. Aurélio Dubaj
    3 anos ago

    Bom dia Raul. E para as empresas nacionais, qual o mínimo de horas de vôo? E para onde deve ser enviado o currículo?

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Depende. Na Azul, 150h. Para as demais – TAM, Gol, Avianca, Passaredo -, geralmente 500h. O CV é cadastrado no site da empresa (seç. “trabalhe conosco”).

  37. Aurelio Dubaj
    3 anos ago

    Boa Tarde Raul. Gostaria de saber qual a experiência minima que as Empresas exigem para trabalhar no exterior?

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Para a maior parte dos bons empregos, 2.500h totais, sendo 500h, no mínimo, como PIC em grandes jatos de linha aérea – E190/A320/B737 pra cima.

  38. Willian Rodrigues
    3 anos ago

    Boa noite Raul, bom minha dúvida é pertinente, bom esse ano me matei de estudar, pois pretendia passar na AFA, porém acabei perdendo a prova, desanimei e tudo mais ainda mais pq já cheguei na idade limite 21, meu sonhos dês de pivete ser piloto, etc… Bom antes as condições eram bem extremas na questão financeira da minha família, coisa q hoje melhorou D+ e segundos posts e uma pesquisa superficial verifiquei que minha carta sairia por 60 mil… Coisa q consigo pagar em uns 2 anos… Até então tudo bem, agora minha dúvida eh. Faço ou não ciências aeronáuticas, nós posts que vi só consegui ficar com mais duvida ainda!!! Bom estudei em um nível bem alto ( AFA ) e acredito que consigo bolsa integral na Anhembi, mais faço ou não a faculdade, ou faço outra, sei lá engenharia da vida, aí pensei em trabalhar de dia, fazer anhembi de noite, e tirar PP, PC aos poucos aos fins de semana… Faço cursinho no aeroclube, provinha da ANAC, e vou tirado meio q tudo ao mesmo tempo, mais fazer ou não ciências aeronáuticas! Mt gente diz faz! Outros dizem não faz! Não quero saber pelo dinheiro ( pois consigo bolsa integral ) quero saber pelo retorno em relação a dps me ajudar na carreira. Qual sua opinião a respeio ??
    Bom dês de já agradeço, vlws :D

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Minha opinião é a de que a sua prioridade deve ser sempre a obtenção das carteiras de piloto. Se, além disso, vc tiver fôlego financeiro para também obter um diploma de C.A., ótimo! Vá para a PUC-RS e saia de lá com o seu PC-IFR/MLTE, ICAO-5, INVA, Jet, PLA teórico e diploma de bacharel em C.A., que vc estará na elite dos pilotos recém-formados do país. O problema é que isso vai te custar uns R$250mil, contando os custos de moradia em Porto Alegre… Pouquíssimos têm essa condição. Então, sendo realista: com os R$60mil que vc diz que pode dispor, o melhor seria vc tirar as suas carteiras no aeroclube mesmo e, se possivel, fazer uma faculdade (pública, de preferência) ao mesmo tempo, mesmo que não relacionada à aviação. E, depois de formado e com as carteiras de piloto, vc pode fazer um curso de C.A. na modalidade EAD ou então uma pós em segurança de voo no ITA, por exemplo.

    • Anderson
      3 anos ago

      Boa noite Raul
      Atualmente estou no segundo ano de Ciências Aeronáuticas e sou PC/IFR, MULT e INVA
      pretendo tirar meu jet após dezembro,mas e a agora, o que eu devo estudar para fazer bonito em uma seleção de companhia aérea ?

      • Raul Marinho
        3 anos ago

        Se for para a seleção da Azul, estude as provas de ATPL da EASA.

  39. Jefferson
    3 anos ago

    Boa tarde Raul, minha duvida é seguinte, estive pesquisando sobre obtenção da licença de PC em aeronave particular, mas não achei nada muito ‘certo’ e esclarecedor, afinal eu posso obter a licença de PC em aeronave particular sem que o proprietário seja INVA ?

  40. Victor Costa
    3 anos ago

    Boa noite Raul!!

    Conforme o que você está acompanhando, você acha que vai prorrogar de novo a obrigatoriedade do curso teórico de PP depois do dia 22 de setembro? Grande abraço!!

    • Victor Costa
      3 anos ago

      Desculpe… quis dizer “a não obrigatoriedade”!!

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Não, eu acho que vai cair mesmo na EMD004. Pelo menos, é o prometido pela GPEL…

  41. otavio Neto
    3 anos ago

    Boa tarde amigo Raul Marinho, primeiramente meus parebens pelo excelente blog.

    Minha duvida eh a seguinte, estou fazendo a parte pratica do PCA, ja voei todas as horas visuais totalizando 110 hrs ate o momento. Surgiu a oportunidade de voar um bi-motor com um amigo, que por sinal eh INVA, para mim concluir meu PCA.
    A questao eh, quando eu voar as 200 horas para checar meu PC, vou conseguir checar MLTE IFR? Ou para ser checado MLTE IFR so eh possivel em escola homologada?

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Não, pode checar o PC-IFR/MLTE fora de curso homologado, sem problemas! Mas o ideal no seu caso seria que, assim que vc atingir as marcas para o chk de MLTE (12h), cheque o multimotor mesmo sendo PP. Assim, vc poderá lançar horas em comando no bimotor do seu amigo daí em diante.

  42. Lucas Barreto
    3 anos ago

    Raul Boa tarde , tenho um duvida ,seguinte minha carteira de PPA vence em 12/14 , vou fazer a prova de Pc em setembro mês q vem , ja tenho praticamento todas hrs visuais , caso eu passar na prova em setembro e logo em seguida ja dar inicio as hrs de voo noturna , simulador e hrs Ifr e já pedir o cheque de Pc Ifr , nao seria nem necessário eu dar entrada no processo de revalidaçao do pp né? vc me indicaria fazer isso, ou vc acha muito corrido melhor eu revalidar o pp e dps mexer com pc ?

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      1a coisa: sua licença de PP nunca vencerá. O que vence são suas habilitações, e eu imagino que vc esteja se referindo à habilitação de CLASSE MNTE. Esta vence, tanto para um PP quanto para um PC ou PLA… Logo, vc terá que renová-la de qualquer jeito, com ou sem PC.

  43. Lucas Barreto
    3 anos ago

    Raul Boa tarde gostaria de tirar um duvida , vou revalidar minha carteira de PPA , tenho que fazer a prova de regulamentos ou o CCT congela mesmo depois de checado ? , outra duvida, abri uma solicitação de serviço no SACI no caso o serviço para revalidar o PPA e la nas relações de documentos a ser digitalizado esta assim : Resultado do exame Regulamentos , no caso se o CCT congela como estão dizendo é so ignorar este item ?

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Raul Boa tarde gostaria de tirar um duvida , vou revalidar minha carteira de PPA , tenho que fazer a prova de regulamentos ou o CCT congela mesmo depois de checado ?
      R: Quando vc renovar a sua habilitação de MNTE (não a carteira de PP), vc pode fazê-la por horas (tem um post sobre isso), sem provas, e sem cheque.

      outra duvida, abri uma solicitação de serviço no SACI no caso o serviço para revalidar o PPA e la nas relações de documentos a ser digitalizado esta assim : Resultado do exame Regulamentos , no caso se o CCT congela como estão dizendo é so ignorar este item ?
      R: Revalidar o PPA? Como assim? Tem isso no SACI? Bem… De qquer maneira, veja o post sobre revalidação por horas.

      • Lucas Barreto
        3 anos ago

        Sim no Saci vc pode abrir uma solicitação de processo que la, vc envia os documentos digitalizados, como o requerimento padrão , o comprovante de taxa paga etc , ai dps que digitalizar tudo vc conclui o processo e envia.

        E no caso de renovar a Habilitação sem prova e sem cheque seria por experiencia recente né , eu dei uma olhada no Rbha 61, da ultima vez que renovei fiz assim e deu certo , … mas é que as vezes fica difícil conseguir uma informação, Rbha sempre mudando , e ai agente liga na Anac e eles só falam besteira , mas enfim , muito obrigado pela atenção Raul.

  44. Ricardo
    3 anos ago

    Muito obrigado pela resposta Raul. Sempre rápido e eficaz, parabéns!!
    Ultima dúvida. O regulamento diz que até 21/9/2014 não será exigido curso homologado para PLA. Como talvez não de tempo de checar o PC, poderia fazer a banca mesmo assim? O intuito é evitar tanto a obrigatoriedade do curso como aproveitar a questão vitalícia do teórico.
    Forte abraço.

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Vc pode fazer a banca de PLA assim que aprovado na banca de PC, não precisa esperar checar o PC. Mas isso não te garante nada, pode ser que a ANAC mude tudo e imponha uma validade específica para o CCT de PLA (a ideia é que seja de 3 anos). Mas acho que vale a pena fazer essa prova o quanto antes, de qquer maneira, mesmo porque os conhecimentos requeridos são quase os mesmos da banca de PC, só muda P&B e Performance, que não é difícil.

  45. messias
    3 anos ago

    Ter mais um idioma além do inglês (icao, claro), é bem vindo no currículo? Tenho inglês e alemão fluente. Abs

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Para a aviação comercial, Messias, o que importa mesmo é vc ter o ICAO-4+, e ponto final. Mas para a aviação executiva, dominar outras línguas, além de falar BEM o inglês e ter ICAO-5+, podem fazer diferença, sim. Aí vai depender de cada caso: para pilotar para uma empresa alemã, por exemplo (VW, Mercedes, BASF, etc.), é claro que falar alemão será um baita diferencial. Mas, regra geral, o espanhol é a língua que mais tende a ajudar depois do inglês, já que há grandes chances de que um piloto brasileiro opere na Am.Latina.

  46. Aurélio Dubaj
    3 anos ago

    Boa noite Raul. Sabes dizer como está o programa de expansão da Azul, se haverá processo seletivo no segundo semestre?

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Sim! Isso foi extensamente explicado no II Seminário Contato Radar, com duas apresentações sobre o tema, uma do Cmte Ferreira Pinto, que é o responsável pelo recrutamento de copilotos na empresa; e outra do Cmte. Bogosian, diretor de operações. Pena que vc não foi… Se fosse, teria, inclusive, tido a oportunidade de trocar cartões com os dois, que se dispuseram a ajudar quem precisasse de uma indicação.

  47. Robson Navarro
    3 anos ago

    Prezado Raul, este site/blog é excelente, parabéns. Estou fazendo algumas pesquisas e confesso ter encontrado boa parte das respostas. Mas gostaria que você e os demais leitores me ajudassem na seguinte questão:
    Estou com 40 anos de idade e pretendo iniciar meu curso PP(primeiramente por realização pessoal mas também pensando como profissional), embora haja várias colocações sobre a idade versus carreira (mais opiniões contras do que prós, óbvio) eu mesmo tenho consciência que entrar nesse mercado já “passou” em se tratando de linha aérea, restando algumas possibilidades para taxi aéreo. Mas aí vem a dúvida, se eu optar por Helicóptero, levando em consideração a situação acima descrita, haveria maior chance no aspecto profissional?

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      O problema da asa rotativa é que, independente da idade, a única alternativa para “fazer hora” é a instrução, devido ao problema das restrições das seguradoras para os cmtes. que têm menos de 500h, e com isso há uma fila gigantesca de INVHs aguardando a vez. Que, para a maioria, nunca chega… Na asa fixa, o recém-formado pode ser copila, puxar faixa na praia, rebocar planador, ou mesmo voar com os amigos, além da instrução (sem contar os que entram direto na linha). Por isso, em termos de empregabilidade inicial, o avião tem larga vantagem frente ao helicóptero, mesmo que os 40+ possam sofrer discriminação em determinadas situações, como na linha aérea.

    • Ricardo
      3 anos ago

      Bom dia Raul,
      Ao ser aprovado na banca de PC, quanto tempo tenho para checar até que expire a validade da prova? E para o caso de PLA?
      Obrigado
      Ricardo

      • Raul Marinho
        3 anos ago

        Ao ser aprovado na banca de PC, quanto tempo tenho para checar até que expire a validade da prova?
        R: 2 anos, prorrogáveis por mais 2 com uma prova de Reg.

        E para o caso de PLA?
        R: Essa banca tem, hoje, validade indeterminada. Ou seja: a validade é “eterna” (pelo menos, até que o regulamento seja mudado).

  48. bones354
    3 anos ago

    Olá , gostaria de saber quanto tempo e quantas horas de voo leva em média para ir de co piloto a piloto?

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Como assim? Copiloto não é piloto?

      • bones354
        3 anos ago

        Sim é

        • Raul Marinho
          3 anos ago

          Então, vamos elaborar essa questão direito, meu jovem? Vc deve estar querendo saber qto tempo leva para um copiloto/1o. oficial ser promovido a comandante em um companhia aérea, certo? E não há uma resposta exata, depende de vários fatores.
          O primeiro é: qto tempo leva para o copiloto ter as marcas para checar o PLA. E aí vc vai encontrar desde copila que já é contratado com a licença de PLA até o cara contratado com 150h que vai levar um tempão na direita até poder obter sua carteira que permite ser comandante…
          Depois, há a necessidade da empresa de novos comandantes em cada equipamento, e em cada base, que também varia enormemente. E, finalmente, há a fila de senioridade dos copilas e onde vc está nessa fila… Se a companhia está crescendo, a fila anda rápido, e se está estagnada ou encolhendo, a fila simplesmente para.
          Entendeu o drama?

          • bones354
            3 anos ago

            Ok era exatamente isso que eu gostaria de saber , muito obrigado.

      • bones354
        3 anos ago

        Digo comandante e voos internacionais

  49. Matheus
    3 anos ago

    Boa tarde Raul!

    Primeiramente queria parabenizar pelo Seminário, tenho certeza que ele foi extremamente instrutivo para todos os participantes, independente da etapa da carreira que ele se encontra. Me sinto lisonjeado por ter recebido a atenção de pessoas com um altíssima experiencia e uma agenda tão lotada, foi de um altruísmo ímpar. Agora ou a minha dúvida!

    Chequei minha licença de PC MLTE IFR em dezembro passado e logo em seguida me dediquei ao inglês, consegui ICAO 4 em uma escola particular recentemente, mas por conta disso acabei ficando sem condições financeiras, e inclusive tempo, para manter as licenças válidas. Pelo que entendo do RBAC 61.21, após 90 dias parado preciso fazer um vôo de instrução revisória em aeronave de mesma categoria, classe e modelo ou tipo com instrutor, sem isso não posso somar horas em comando nem de co-piloto. Minha dúvida é se para ficar com tudo nos conformes, um vôo noturno IFR de Seneca seguindo os critérios dados pelo RBAC seria suficiente. Faço 3 pousos e decolagens por instrumento com duraçao de 1h de voo, mais a instrução em solo e só. Já basta para manter o VFR, IFR, noturno, MNTE e MLTE em dia? Desculpa se ficou confuso, mas são muitas informações e ainda mais regras, que muitas vezes podem ser interpretadas erroneamente.

  50. Nelson Skulblaka
    3 anos ago

    – Olá Queria Saber se compensa investir no Curso de Despachante Operacional de Voo, se é facil de arrumar Vagas na área , Sobre Salários ?

  51. Djorgenes Tiburcio
    3 anos ago

    Olá Raul! Me esclareça duas questões por favor: eu tenho 27 anos e quero fazer o curso tecnológico de “Pilotagem de Aeronaves” em Curitiba, com duração de 3 anos. Neste curso já está inclusa a “realização de todas as aulas práticas de voos em simuladores e aeronaves motorizadas, necessárias para a obtenção da CHT de Piloto Comercial – VFR”.

    Pra mim, que estou começando do zero, considerando a idade que tenho e que quero me tornar um piloto comercial, este curso é uma boa opção?

    Segunda dúvida: eu sou portador de escoliose (desvio lateral da coluna). Isto me impede de seguir esta carreira??

    Abraços!!

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Se é uma boa opção? Bem… O que eu posso te dizer é que não é um curso obrigatório, não é barato, e também não é o melhor da área. Se for para fazer faculdade, eu consideraria uma faculdade pública, mesmo que fora da área da aviação, ou um curso de Ciências Aeronáuticas com mais tradição, como o da PUC-RS. Quanto ao seu problema de escoliose, vai depender da gravidade. A única maneira de saber com 100% de certeza se vc pode ou não ser aprovado é submetendo-se à avaliação para obter o CMA. É o que eu faria em primeiro lugar.

  52. Nelson Skulblaka
    3 anos ago

    – Olá queria saber se investir, no curso de DOV, é uma otima escolha , esta em alta, hoje ? se é concorrida ? Se o salario é bom ?

  53. Leonardo Borsana
    3 anos ago

    Olá queria saber se no Rio ou em SP, tem algum lugar que seja financiado pelo FIES, o curso 100% financiado… sê existir por favor me mandem o link ou o telefone da empresa… Obrigado

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      O financiamento do FIES é sempre concedido para instituições de nível superior, e o que alguns cursos de Ciências Aeronáuticas fazem é embutir o custo das horas de voo na mensalidade, financiando todo o pacote. Eu, particularmente, não concordo com essa prática, e não a considero regular. Mas sei que muitas fazem, e no eixo Rio-SP, há a ITE de Bauru que, ao que parece, é uma delas. Entre em contato com eles e confirme isso: http://www.ite.edu.br/frente_aeronautica.htm

  54. Bruno Novak
    3 anos ago

    Ola Raul, primeiramente parabéns pelo blog. Há 3 anos atrás fui aprovado na banca da ANAC, e comecei a fazer as horas de voo, mas com o alto custo das horas acabei deixando “de lado” para poder juntar dinheiro. Após quase 4 anos com 80% do capital que economizei resolvi retomar as atividades… Blá blá blá e vamos ao que interessa, Hoje na minha cidade (Curitiba) não tem mais o curso de Ciências Aeronauticas, somente o de Pilotagem Profissional de Aeronaves (2 anos). Gostaria de saber se vale a pena fazer esse “tecnologo” e se ele teria o mesmo “peso” que uma faculdade.
    Será que vale mais a pena tirar somente as carteiras já que não posso fazer Ciências Aeronauticas?
    Obrigado pela atenção
    Bruno Novak.

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      É o que sempre falo aqui no blog: fazer uma faculdade de aviação (qualquer que seja) só tem alguma chance de valer a pena se o restante da sua formação – a obtenção das carteiras de PP, PC, etc. – já está assegurada. E Não me parece que é este o seu caso, então foque nisso.

  55. rafa545
    3 anos ago

    Oi raul, eu tenho uma dúvida a cerca da aviação agrícola, é verdade que para o tirar o cavag são necessárias 370 horas de vôo, porém me falaram que 170 horas poderiam ser feitas em planador, isto realmente é verdade ? E também eu gostaria de saber se contam todas as horas de planador ou somete as horas de vôo solo ? E onde eu acho no site da ANAC esta questão de aproveitar horas de planador na aviação agrícola, pois eu não consegui encontrar nos regulamentos do site da ANAC .

    Muito obrigado pela atenção.

  56. Augusto1
    3 anos ago

    Raul e amigos, eu tenho uma dúvida a cerca da aviação agrícola, é que eu ouvi falar que para tirar o cavag seriam necessárias 370 horas de vôo, porém 170 poderiam ser feitas em planador, está informação é verdadeira ? E onde eu acho escrito isto nos regulamentos da anac, pois eu procurei e não consegui encontrar.

    Raul e amigos, muito obrigado pelo serviço prestado

  57. Adriano Vargas
    3 anos ago

    Bom dia a todos que se interassam por aviaçao, e estao se preparando para o mercado do trabalho,
    so quero expor aqui a GIGANTESCA dificuldade que todoas as escolas, aeroclubes do brasil, estão enfrentado para homologar, revalidar, cursos, examinadores e etc. So pra terem ideia na escola que sou coordenador, estamos em contato com o SETOR DE ESCOLAS da ANAC desde o dia 07/01/2014, para revalidar a credencial de nosso examinador, a ainda não esta concluido o precesso simples de revalidação. e tenho contato com vairias escolas que estão com problemas semelhantes.
    Simplismente queria compartinhar com voçes que o sistema que hoje esta gerenciando e ditando as regras a da aviação brasileira, NAO FUNCIONA, a falta de pesoal e falta de vontade de alguns servidores e absurda,
    È claro que tem algus casos que funcionam, mas ai ja entra os famossos despachantes é $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$.

  58. Wagner
    3 anos ago

    Boa noite, meu nome e Wagner e estou com uma duvida que esta me triando o sono a tempos, gostaria de saber se alguém poderia me sanar esta duvida por favor? É o seguinte como estas novas medidas do no RBAC-61 entrarão em vigor, gostaria de saber se alguém conhece alguma escola de aviação civil ou aeroclube que possua curso teórico de piloto privado de planador, pois como sou leitor deste blog a pouco tempo e tenho acompanhado esta novela deste novo regulamento que entrara em vigor em setembro, pelo que vi a ANAC quer mesmo colocar curso teórico obrigatório para piloto privado de planador mas não tenho a minima ideia em qual escola ou aeroclube que possua curso teórico de piloto privado de planador, se alguém souber por favor me digam por favor?

    Aguardo contato.

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Na verdade, não há este curso e nem deverá haver. Os pilotos de planador sempre puderam e deverão continuar podendo prestar a banca sem a necessidade de curso teórico.

      • Wagner
        3 anos ago

        Bom dia, Raul Marinho obrigado pela resposta a minha duvida acima, esta sua resposta é oficial mesmo da ANAC ? então após setembro nenhum candidato a Piloto de Privado de Planador ira precisar fazer curso teórico obrigatório para fazer a banca online de PPL? Pois estou iniciando na aviação agora e optei por iniciar pelo planador primeiro, e pelo pouco que sei até hoje são poucos os aeroclubes e escolas de aviação civil que possuem o Voo a Vela , se não me engano acho que são apenas 4 estados no Brasil que possuem a cultura do Voo a Vela, na minha opinião exigir que candidato a piloto de planador faça curso teórico obrigatório é mesmo que enterrar a cultura que ainda resta do Voo a Vela no Pais, pelo que percebi até agora, a maioria dos alunos e pilotos de planador que praticam esta modalidade, mais com uma atividade de recreação de final de semana como por exemplo como o pessoal que gosta de fazer trila de moto nos finais de semana. E há aqueles que tem para si o Voo a Vela como esporte de competição nacional e internacional ! e a grande minoria que busca o planador como a base para o inicio da carreira de piloto. Raul na minha opinião eu não vejo logica e nenhuma necessidade de exigir do candidato a uma licença de Piloto de Planador, que ele faça curso teórico obrigatório para poder fazer a banca online de Planador ! na sua opinião vc acha que seria de alguma forma bom para os futuros Pilotos de Planador fazer curso teórico obrigatório para fazer a banca de PPL ou isso que a ANAC quer é igual a aquela historia do executivo que lê aqui no seu blog ?

        Aguardo contato.

        • Raul Marinho
          3 anos ago

          Oficial mesmo é o que está no RBAC-61 EMD003: o curso teórico de PPL não será requerido até 21/09.
          Oficioso é o que o pessoal da GCEP disse: que eles querem extinguir, em definitivo, tal exigência do regulamento.
          E tem o fato de que, na prática, nenhuma escola oferece tal curso…

          • Wagner
            3 anos ago

            Boa noite Raul , peço desculpa pela minha falta de conhecimento, mas quem é este pessoal do GCEP são da ANAC ?

            • Raul Marinho
              3 anos ago

              GCEP-Gerência de Certificação de Pessoal é a antiga GPEL, ou seja: são os “donos” do RBAC-61, os responsáveis pela emissão de licenças e habilitações para pilotos no Brasil.

              • Wagner
                3 anos ago

                Raul nesta passagem que vc me respondeu:

                Oficioso é o que o pessoal da GCEP disse: que eles querem extinguir, em definitivo, tal exigência do regulamento.

                Vc se refere sobre a exigência do curso teórico obrigatório para a banca de PPL. ?
                Ou de que os candidatos a Piloto Privado de Planador não precisaram mais fazer banca online de PPL ? Fiquei um pouco confuso agora ! até peço desculpa pelo meu mau entendimento.

                Aguardo contato.

                • Raul Marinho
                  3 anos ago

                  Eu me refiro à exigência do curso teórico obrigatório para a banca de PPL.

                  • Wagner
                    3 anos ago

                    Bom dia Raul, quero lhe agradecer por ter sanado minhas duvidas, muito obrigado mesmo, pois como disse anteriormente, estas duvidas estavam me tirando o sono, agora vou continuar estudando para a minha banca de PPL e também queria lhe agradecer por ter criado este blog para disponibilizar informação e tirar duvidas de pessoas como eu que estão iniciando na aviação, pois pelo que pesquisei são muito poucos os blogs destinados a aviação civil.

        • Eduardo Passa
          3 anos ago

          Olá Wagner, tudo bem? Seguinte cara. o curso de PPL é digamos “integrado” ao PPA, ao mesmo tempo que voce está estudando para PPA, vc estuda para PPL, claro, que na banca de PPL não cai motores, sistema elétrico e tal, pode cair alguma coisa que não há nos livros. Na minha Banca pediu quantas rodas compõem o trem principal do planador.. nao tinha no meu livro, mas certamente é 1 né hehe

  59. Jorge Wohlgemuth
    4 anos ago

    Olá pessoal, estou querendo checar o PLA a meses que a meses também acompanho esse Blog e vejo o empenho de todos para tentar achar uma resposta para esse assunto, enfim…o que eu entendi é que mesmo mudando no diário oficial os mínimos eles não tao dando essa carteira para o pessoal, então temos que esperar essa revisão do RBAC 61…
    Alguém sabe qual dia esta para sair essa tal revisão, vi em algum lugar no Blog que é dia 22 agora de Junho…

    Desde já agradeço a ajuda!

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Se vc acompanha mesmo o blog, deve ter lido que a perspectiva é de que a EMD003 seja publicada até 21/06.

  60. Cristina
    4 anos ago

    Raul, eu tenho a habilitação de INVA, e está valida. Isso conta? Obrigada.

  61. Cristina
    4 anos ago

    Obrigado pela resposta. Mais só para esclarecer um pouco. Eu terei que fazer um instrução revisoria com um INVA apenas por não voar noturno há 90 dias? Grata!!

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Não precisa de instrução revisória. Se vc estiver com suas habilitações em dia, basta readquirir sua experiência recente, por meio de um voo noturno com 3DEP+3ARR com um INVA.

  62. Cristina
    4 anos ago

    Boa noite, sou Piloto Comercial checada, e trabalho voando um Seneca. Estava lendo o RBAC 61 e me veio uma duvida.
    Segue:
    (a) Não obstante os prazos estabelecidos na seção 61.19 deste Regulamento, nenhum piloto pode
    atuar como piloto em comando ou segundo em comando de uma aeronave, a menos que dentro dos
    90 (noventa) dias precedentes tenha realizado:
    (1) para operações em voo diurno: no mínimo, 3 (três) decolagens e 3 (três) aterrissagens em
    condições visuais de voo, durante as quais tenha efetivamente operado os comandos da aeronave da
    mesma categoria, classe e modelo ou tipo, conforme requerido; e
    (2) para operações em voo noturno: exceto como estabelecido no parágrafo (b) desta seção, no
    mínimo, 3 (três) decolagens e 3 (três) aterrissagens no período compreendido entre 1 (uma) hora
    após o pôr do sol e 1 (uma) hora antes do nascer do sol, durante as quais tenha efetivamente
    operado os comandos de aeronave da mesma categoria, classe e modelo ou tipo, conforme
    requerido.
    (b) Nenhum piloto pode atuar como piloto em comando ou segundo em comando em voos por
    instrumentos ou em condições meteorológicas abaixo dos mínimos estabelecidos para voo visual, a
    menos que:
    (1) tenha realizado, nos últimos 6 (seis) meses, no mínimo, 6 (seis) horas de voo sob
    condições de voo por instrumentos reais ou simuladas, das quais 3 (três) horas, incluindo 6 (seis)
    aproximações por instrumentos, tenham sido realizadas na categoria da aeronave correspondente à
    habilitação; ou
    (2) tenha sido aprovado em exame de proficiência na categoria da aeronave em que esteja
    habilitado. A ANAC poderá autorizar a realização de parte ou todo o exame de proficiência em um
    FSTD.

    Faço voos regulares, porém não fazemos voos noturno e intrumento, só voamos VISUAL DIURNO. Então eu com todas as minhas habilitações em dia, eu não poderia HOJE fazer um voo de Seneca noturno como comandante pois não faço um voo noturno há 90 dias? Agradeço desde já.

  63. Matheus
    4 anos ago

    Boa Tarde Raul,

    Estou com prova de PP marcada para dia 206, porem não vou dar conta do conteúdo até lá, logo, esta nova emenda era tudo que eu precisava.

    Preciso remarcar minha prova, mas sem a divulgação final é impossível pois estudo sozinho (sem curso). O reagendamento deve ser feito 5 dias antes, o que me obriga a implorar para a ANAC divulgar o resultado antes de 156.

    Porem, me veio uma “ideia”. Posso desmarcar minha prova e aguardar para reagenda-la? Assim deixaria em stand-by até sair o resultado da emenda e salvaria valiosos R$ 250,00 nesta tão custosa carreira de piloto.

    Agradeço desde já, fico no aguardo.

    Att Matheus

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Não sei se vào deixar vc desmarcar e ficar em stand by, mas se der, é uma ótima alternativa.

  64. Cassiano Almeida
    4 anos ago

    Raul Marinho, muito bom dia !
    Tenho uma dúvida e espero que você ou talvez alguém possa dizer o que está acontecendo . Referente à prova ICAO, muito escutei falar que ninguém mais tiraria nota 6. Bom, eu acredito que realmente isso é verdade, mas quero escutar de outros o que acham e se caso aconteceu o mesmo que aconteceu comigo. No último dia 14 realizei minha prova ICAO e depois de somente 2 semanas recebi o resultado, Nota 5. Até ai tudo bem, 3 dias depois recebi um email da ANAC que vou postar parte dele aqui.
    “Prezado (Meu Nome),
    Informamos abaixo os níveis obtidos no Santos Dumont English Assessment, realizado em 14/05/2014:
    Critério Nivel
    Pronuncia 5
    Estrutura 5
    Vocabulário 5
    Fluência 5
    Compreensão 5
    Interações 5
    Nível final 5
    Avançado

    Como o Sr. demonstrou um desempenho acima daquele mensurado pelos descritores do nível 5 em todos os seis critérios avaliados, recebeu dos avaliadores uma recomendação para realizar exame específico para o nível 6. Enquanto este formato ainda estiver sendo elaborado, a averbação que constará em sua licença será Nível 5, com validade de 6 anos.
    Atenciosamente,
    Grupo de Proficiência linguística – SPO – ANAC”

    Quer dizer que ……. realmente não existe mais ninguém tirando nota 6, e que caso seja avaliado que vc tem inglês nível 6, vc irá receber nota 5 e esperar um dia a finalização dessa “próxima” avaliação que até hoje nunca tinha escutando que estaria sendo elaborada e que para tirar nota 6 você teria que passar por mais uma prova.
    Infelizmente a ANAC não é clara no que diz e no que faz.
    Outra coisa que aconteceu comigo dia 8 no prédio da ANAC em Congongas, fiz uma pergunta a atendente e ela me respondeu :
    “O sr. tem que ler a RBAC e fazer sua própria interpretação”. Mas como isso é possível a falta de despreparo de um órgão tão importante como a ANAC ??
    Um abraço a todos e bons vôos.

  65. Thiago Max
    4 anos ago

    Raul possuo 26 anos eu quero começar o curso de piloto de helicópteros esse ano, e li muita coisa aqui e em outros forums sobre pilotos formados que penam para conseguir qualquer emprego, comentaram que a aviação anda retida e que a qualquer momento vai melhorar? procede essa taxa de desempregos? outra pergunta tenho um amigo do meu pai que possui um helicóptero seria possível tomar aulas com o piloto dele? ouvi dizer que nesse caso teria que ter 200 horas de voo para tirar a PC

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      procede essa taxa de desempregos?
      R: Infelizmente, procede… Mas o viés é de alta.

      outra pergunta tenho um amigo do meu pai que possui um helicóptero seria possível tomar aulas com o piloto dele?
      R: Só no PC. No PP, tem que ser em escola homologada.

      ouvi dizer que nesse caso teria que ter 200 horas de voo para tirar a PC
      R: Para helicópteros, 150h.

  66. william borges
    4 anos ago

    ola pessoal gostaria de saber se , da para tirar o pp pc e inva no eua com mais ou menos 40 a 50 mil dolares e , tambem se atualmente vale a pena tirar o breve no EUA obs: pretendo morar la.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Qto ao custo, só fazendo um orçamento nas escolas americanas (não esqueça de incluir as despesas com acomodação, alimentação, viagem, etc.). Já se vale a pena… Bem, se vc pretende morar lá (e espero que vc tenha como obter um visto de trabalho nos EUA, pois sem ele vc não poderia pilotar profissionalmente aeronaves americanas), eu acho que nem cabe essa pergunta: vc TEM que fazer o seu curso nos EUA. A licença da ANAC não vai adiantar nada para vc.

      • william borges
        4 anos ago

        ok , primeiro vou tirar meu visto de estudante e , tirar minha licença la , depois eu tiro meu visto de trabalhador para poder trabalhar e pilotar aeronaves americanas .
        em relaçao ao custo , eu fiz a pergunta pq gostaria de saber se vc tem algum amigo que ja fez la , para dar uma media de quanto custa.
        obrigado

        • Raul Marinho
          4 anos ago

          Jovem, acho que vc precisa se informar muito mais sobre muitas outras coisas antes de chegar à questão dos custos de formação nos EUA. Por exemplo, a questão dos vistos de trabalho, que não são simples como vc imagina…

          • bones354
            4 anos ago

            aham , eu sei que o visto de trabalho e , mt complicado pq eles n dao o visto de trabalho para qualquer estrangeiro que n seja bem qualificado , tenha curso de nivel superior e um idioma fluente alem de uma empresa que me contrate e encaminhe meu visto , mas antes preciso do visto de estudante para tirar minha licença de plioto o que e algo mais facil.
            obriagado pela sua atençao raul .

  67. felipe yamauchi leite
    4 anos ago

    Raul boa noite,

    estou com uma duvida e bem simples de responder, estou preenchendo a solicitação de exame teorico porem não sei como preenche o campo (escola onde realizou o curso ) por que eu fiz em casa eu coloco oque exatamente AUTODIDATA ?

    obrigado pela ajuda raul

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      O problema é que aqui a gente só responde dúvida complicada, Yamauchi Sam!

      Brincadeiras à parte, o fato é que eu não sei a resposta, lamento…

  68. Profeta Tricolor
    4 anos ago

    Olá Raul, tudo bom?Gostaria de sanar uma dúvida que tenho, não sei se você pode me ajudar. Atualmente estou voando as últimas horas restantes do PC IFR.
    Em jul 2013 eu fiz um voo DC noturno e duas horas noturno em comando. depois só voltei a voar novamente em Fevereiro 2014 e fiz duas horas Noturnas, gostaria de saber se posso lançar essas duas em comando, faltando assim mais uma hora noturna em comando ou se preciso fazer mais 2 horas em comando e completar assim as 5 horas de noturno em comando do PC.

    att,

    Bruno Montes

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Em fev/14, sua situação era a seguinte: faltavam 3h PIC noturnas para completar as 5h requeridas, mas suas experiência recente de voos noturnos estava vencida. Então, antes de poder lançar mais alguma hora PIC noturna, seria necessário vc readquirir a experiência recente noturna, que de acordo com o RBAC-61. item 61.21-a-2, é realizado da seguinte maneira:
      “(2) para operações em voo noturno: exceto como estabelecido no parágrafo (b) desta seção, no
      mínimo, 3 (três) decolagens e 3 (três) aterrissagens no período compreendido entre 1 (uma) hora
      após o pôr do sol e 1 (uma) hora antes do nascer do sol, durante as quais tenha efetivamente
      operado os comandos de aeronave da mesma categoria, classe e modelo ou tipo, conforme
      requerido.”
      Pois muito bem. Então, dessas duas horas noturnas que vc voou, se vc tiver realizado 3 DEP+ARR na 1ª hora, vc poderia lançá-la como DC, o que lhe garantiria novamente o direito de voar PIC noturno. Aí, a 2ª hora já entra como PIC, faltando, portanto, mais 2h para completar as 5h requeridas. Capice?

  69. sifose
    4 anos ago

    Olá Raul, meu nome é Orlando e eu estou aqui através de um artigo sobre vantagens e desvantagens em tirar o brevê nos EUA em seu site. Gostaria de tirar algumas dúvidas com você se possível, eu terminei o colégio ano passado, e decidi vir para os EUA aprender inglês justamente por causa da carreira que eu gostaria de exercer, que seria de piloto, a princípio eu gostava muito de aviões, até que eu descobri a paixão que eu sinto por helicópteros, eu nunca tinha parado para pesquisar antes, mas depois que parei, vi que faz muito mais o meu estilo. Como você deve ter percebido, sou novo ainda, tenho apenas 19 anos, e se tudo der certo eu terei um futuro promissor, pois estou entrando realmente novo nessa carreira.. Bom, agora que você conhece um pouco sobre mim, gostaria de perguntar algumas coisas. Atualmente eu estou morando em Boston – MA, li várias reportagens, inúmeros artigos e estou meio confuso ainda, o meu objetivo é se tornar um piloto privado/particular trabalhando para algum empresário ou pessoas importantes, que na maioria dos casos são os que pagam mais, só que, até chegar nesse objetivo eu tenho muito chão ou ar pela frente rsrs e sei que vou precisar de horas e mais horas fazendo todos os tipos de trabalhos possíveis e por isso sei que preciso ser PCH para pode trabalhar em alguma empresa e o famoso offshore. A princípio eu quero voltar para o Brasil e morar lá, pois sou uma pessoa muito apegada a família. Então eu gostaria de saber ao seu ponto de vista, qual o melhor caminho para mim. Eu tirar o brevê aqui ou começar todo o processo no Brasil? E fazer todas as coisas possíveis ja para se tornar um bom piloto. Pois pelo que eu li, as vantagens e desvantagens estão lado a lado. Então basicamente é isso. Eu quero me tornar um piloto de helicóptero nessas condições, mas não consegui chegar a uma conclusão para o meu caso de qual seria o melhor meio para mim.. Ficaria muito grato se você pudesse me dar uma opinião sobre isto. Desde já, deixo meus agradecimentos.

    Att,
    Orlando Gomes

  70. Marcus Vinicius
    4 anos ago

    Olá Raul, primeiramente gostaria de AGRADECER seus interessantes posts, confesso que não curto muito responder ou escrever algo sobre eles, mas leio todos e compartilho e discuto com meus amigos aviadores e DOV’S. Bom, meu nome é Marcus Vinicius sou Despachante Operacional de Voo. Tento ser um bom profissional em minha área até porque não há nada melhor quando um Cmte agradece um bom balanceamento e uma rota sem CB’s. Escrevo para tentarmos achar uma solução para um problema relativamente grave em nosso espaço aéreo, o problema é o seguinte, em nosso AISWEB quando acessamos e consultamos um NOTAM nele vem junto o suplemento AIP, por exemplo o NOTAM de SBPA, não aparece que este AD está fechando por obras em toda a madrugada, somente aparece no suplemento AIP, o fato é que se você consultar o NOTAM de qualquer lugar do Brasil, pelos sites da JEPPESEN, FAA, SITA, em nenhum desses você terá a informação tão preciosa que é o suplemento AIP. Sou DOV da empresa BQB linhas aéreas, é Uruguaya e diariamente temos voos para o Brasil, e somente ficaram sabendo que o Aeroporto de Porto Alegre estava fechado em voo e alternando, tentei entrar em contato com o DECEA e somente me informaram que tudo o que publicam é enviado para todas as autoridades aeronáuticas do mundo inteiro, que pelo fato de o site do FAA não ter esta informação obviamente deve ter algo errado. Por favor me escreva para que possamos tentar consertar esse anormalidade…..forte abraço.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Vc já escreveu um RELPREV sobre o assunto? Acho que esse seria o melhor caminho…

  71. Isabela
    4 anos ago

    Olá Raul queria saber como que você conseguiu ser piloto? Seu orçamento financeiro ? Você trabalhou de graça em aeroclubes? Juntou dinheiro trabalhando em uma profissão que não queria? Resumindo o que você fez para conseguir pagar as suas horas horas de voos ?
    Grata Isabela

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Olha, Isabela… Eu comecei a voar aos 40 anos, com mais de 20 anos trabalhando no mercado financeiro, então não leve o meu caso como um modelo facilmente replicável.

  72. Bruno
    4 anos ago

    Ola Raul, primeiramente quero agradecer pela sua disposição e colaboração para nós esclarecer duvida q nei mesmo a anac consegue nós esclarecer de forma clara.
    a minha duvida é um seguinte:
    Eu sou PP e vou voar um multe com um PLA ( amigo), para obter a carteira de MULTE, em seguida pretendo voar no acento direito de um MULTE tbm da minha cidade, porém esse outro aviao q pretendo voar na minha cidade o Piloto é PC/MULTE/IFR.
    eu gostaria muito de saber si é possivel eu acumular horas de voo para checar o PC, sendo o piloto comandante com PC/MULTE/IFR.
    oque devo fazer ?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Em 1o lugar, não dá mais para ter instrução de classe (MLTE, no caso) com PLA. O instrutor tem que ser INVA, e o voo de instrução não pode levar pax ou carga. Depois, também não é possível anotar horas na CIV voando na direita de uma aeronave classe, que é single pilot. Logo, não dará para vc acumular as horas para PC desta maneira. O que vc deve fazer é se matricular num aeroclube ou numa escola de aviação, e ter sua instrução lá.

  73. thiago souza
    4 anos ago

    terminei PPA mandei meu processo da cht já fiz as aulas teoricas do PC quando posso fazer a prova ? só depois de minha cht chegar ?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Não. Basta estar aprovado no curso teórico de PC. Só dê um tempo até que a relação dos aprovados, enviada pelo aeroclube/escola, entre no sistema, o que leva aproximadamente 1 mês.

  74. Alexey Martins
    4 anos ago

    Pessoal me deem uma dica por favor. Estou morando a 6 meses na America e inicialmente tentei validar minha carteira de piloto privado aqui pelo processo normal, porem não tinha nível operacional na carteira ANAC e a FAA não validou. Dai, fiz uma prova em uma entidade valida aqui e tenho diploma nível operacional agora todo regular e reconhecido pela ICAO. A FAA informa que a ANAC deve incluir na minha carteira esse diploma para que eu valide a carteira aqui, porem, tendo via e-mail contato com validacao@anac….. e gpel@anac….. e não respondem nada. Pelo site da ANAC não acho nada e agora estou travado. Alguém sabe o que e quem devo procurar?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      É com a ANAC mesmo, não tem alternativa. Protocole uma reclamação na ouvidoria.

  75. Ítalo de Souza
    4 anos ago

    Olá Raul boa tarde!!!

    A minha dúvida é a seguinte, eu fiz todas as horas de PP em um aeroclube e o próximo procedimento é o check, porém eu gostaria de checar em um outro aeroclube. Como eu faço neste caso? Seria muita burocracia pegar todas as minhas horas voadas no aeroclube e levar para checar em outro?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Não, mas vc precisa de que o aeroclube onde vc treinou forneça toda a sua documentação, e uma carta de transferência te encaminhando para o aeroclube onde vc for checar. E é muito provável que o aeroclube de destino queira fazer uma avaliação prévia de sua proficiência, então conte com, pelo menos, umas 3h de voo a mais.

      • Ítalo de Souza
        4 anos ago

        Ok, muito obrigado!!!!

  76. Damasio Neto
    4 anos ago

    Olá Raul tudo bem?

    Tenho pesquisado bastante, mas não tenho encontrado onde fala sobre limite de tempo para conclusão das horas de voo, isso existe? De acordo com meus cálculos, eu demoraria cerca de 14 meses(3hrs/ m) para concluir as horas para PP e depois disso mais uns 30 meses(4 hrs/m) para conclusão das horas necessárias para o PC, eu posso levar o tempo que for necessário para conclusão das horas ou há um limite?
    Outra duvida é referente a distribuição das horas, vi aqui mesmo no blog a menção dessa distribuição de horas abaixo:

    72h (VRF + Restrição Noturna + Experiencia recente);
    25h de AATD
    8h MNTE IFR;
    12h MLTE IFR;
    2h de check;

    Porém, eu não faço ideia do que isso significa, tem algum link que me ajude a esclarecer?
    Essa distribuição vale também para o PP ou só para o PC ?

    Obrigado, a sua pagina tem me ajudado muito, nessa grande escolha que estou fazendo :)
    Abraço.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Sobre toda essa questão das diferentes modalidades de horas de voo, seus significados, etc., eu recomendo que vc leia meu e-book “Como tirar breve e quanto isso vai custar”. Já qto à validade das horas de voo, não há especificado no regulamento uma validade: vc pode realizar sua firmação confirme apresentado sem problemas.

  77. Luciano Moreira Rabelo
    4 anos ago

    Olá Raul, me chamo Luciano e encontrei em seu blog o que venho procurando desesperadamente a algumas semanas, que é a oportunidade de passar a situação que me encontro em busca da realização do meu sonho de me tornar piloto, para alguém mais experiente na área e que tenha interesse em me ajudar nessa caminhada.Bom sem mais delongas, cá está a 1ª das situações que me encontro.
    Tenho vinte anos e possuo um emprego com contrato até 2019 que me permite investir mensalmente R$ 1.500,00 na minha formação aeronauta.Sei que ao longo desse período guardando essa grana posso custear toda a minha formação, porém algumas questões me fazem refletir se realmente devo agir dessa forma.O fato de ao final desse período estar desempregado é o fator determinante, já que não sei se com uma brevê de PC recém checada, com poucas horas de vôo acumuladas e se nenhum QI, garantiria um emprego estável para me sustentar.Não possuo nenhuma formação acadêmica e por isso temo ficar desempregado no futuro.Durante esse período pretendo cursar ciências aeronáutica através do FIES, pois acredito que no futuro isso me ajudaria a encontrar um emprego mais facilmente e viver fazendo o que mais amo.
    A 2ª situação é na verdade o plano B que surgiu em minha vida.Acabo de passar em uma universidade federal no interior de MG para fazer o curso de ciências econômicas,porém para fazer esse curso terei que largar o meu emprego já que mesmo sendo mineiro, hoje trabalho em Salvador-BA.Apesar de achar a área bacana não me atrai tanto quanto a aviação sempre me atraiu, porém sei que decidindo fazer esse curso, no futuro poderei custear meu sonho de forma mais tranquila e segura.
    Se com um plano bem traçado principalmente para depois que acabar o meu contrato na empresa em 2019, optaria ficar em Salvador e juntar minha grana ao longo desses anos enquanto faço uma faculdade na área que gosto.Mas, gostaria de saber de você se é maluquice largar uma formação acadêmica boa que pode garantir meu futuro, em troca da busca de um sonho que poderei custear até minha completa formação aeronauta, e como poderia fazer isso de forma mais inteligente diante dos recursos financeiros que tenho.
    Desde já agradeço pelo espaço e quero dizer que gosto muito do seu blog, um abraço!

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Luciano, eu agradeço muito a confiança em mim depositada para lhe orientar em decisão tão difícil. Porém, em respeito a você, eu prefiro não opinar. Não me acho qualificado para responder, e duvido que haja alguém assim. Trata-se de uma decisão muito pessoal, com inúmeras variáveis que só você conhece, e seria uma temeridade de minha parte intrometer-me nisso. Se, porventura, vc se decidir por seguir a carreira de piloto, eu terei o maior prazer em lhe ajudar sobre a melhor forma de fazer isso, mas opinar se vc deve ou não ir por esse caminho… Desculpe, isso não dá.
      Quanto a informações sobre o mercado de trabalho, etc., vc encontra muita informação explorando o blog. Nada do que eu escreva aqui pode ser tão amplo quanto uma boa pesquisa.
      Abs e boa sorte,
      Raul
      Raul

  78. amanda
    4 anos ago

    Bom dia Raul,
    eu gostaria da sua opinião sobre um curso que a EJ oferece que é a de treinamento G1000 , ele compensa ? , ele pode me dar um PLUS ? pois esse treinamento é com certificado e não irá constar no sistema. Dicas e sugestão agradeço estou ainda no PP.

    obrigada

  79. Felipe
    4 anos ago

    Raul boa noite,

    como que eu faço para obter a licença TIPO em quais aeronaves e tem algum minimo de horas ? poderia me explicar como funciona essa categoria ?
    obrigado e boa noite

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Basicamente, todo helicóptero, todo jato, e quase todo turbo-hélice (o Caravan é uma exceção) são TIPO, além de alguns aviões a pistão maiores e/ou mais antigos. Para pilotar uma aeronave dessas vc tem que cumprir o que requer o regulamento de homologação da ANAC, geralmente um curso, uma banca online, um certo número de horas, e o cheque. Às vezes, é requerido tbem o simulador.

  80. Mauricio alves
    4 anos ago

    Ola Raul, sou piloto comercial IFR Mono e bi-motor terrestre tenho 300 horas de voo todas voadas nos EUA ,todas a lisencas foram tiradas aqui nos EUA . Falo ingles fluente tenho 25 anos e pretendo voutar pro Brasil e tentar um emprego ai em linha aera ou taxi aereo . Voce poderia me dar algumas dicas de como eu poderia aumentar minhas chances de conseguir emprego ? Vou fazer mais 100 horas aqui e ja estou estudando o 737-800 pra fazer o jet training . Agradeço sua ajuda

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      O que vc pode fazer, em termos técnicos, é acumular o máximo de horas de voo, e obter alguma habilitação de TIPO por aí, que é bem mais simples e barato – além, é claro, do Jet Training que vc já vai fazer. Mas o que faz a diferença MESMO em termos de empregabilidade, em especial para a aviação geral, é QI. Logo, vc precisa estreitar seus relacionamentos com o pessoal da aviação no Brasil.

  81. Vinícius
    4 anos ago

    Boa tarde, Raul!

    Fui reprovado na 2ª época da ANAC, em conhecimento técnico(PDC-H)…
    Estudei TODO o livro “Aeronaves e Motores”(Jorge M. Homa)
    Me deparei com questões que desconhecia totalmente a resposta.
    Gostaria de saber a respeito da Bibliografia cobrada na prova. E de repente alguma dica para o meu caso.

    Grato!

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      O que interessa são os simulados, meu caro… Faça o máximo de simulados, e qdo vc atingir uma média de 90%, marque a sua banca. É tão simples quanto.

  82. Rinaldo
    4 anos ago

    Boa tarde, entrei com um recurso na minha habilitação de INVA que foi indeferida, você sabe me informar quantos dias levam para analizar o recurso. Obrigado

  83. Felipe
    4 anos ago

    Boa noite Raul,

    estou querendo saber qual o orgão responsavel pela aviação no Japão, e como poderia fazer a “transferencia” para lá.

    obrigado e no aguardo

  84. rafael
    4 anos ago

    Olá Raul tudo bem?
    Por favor , é possivel fazer recheque de mlte no king pagando a GRU de MLTE?

  85. Felipe
    4 anos ago

    Boa tarde Raul,

    Estou com uma curiosidade, e talvez você possa me ajudar, tem caso de pessoa que consegue emprego como INVA apenas checado em INVA VFR E MONO e se essa pratica e comun ?

    Obrigado e no aguardo

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Tem, sim, e muito! Depende do seu QI com o pessoal do aeroclube.

  86. Caetano
    4 anos ago

    Raul, gostaria de saber o que é preciso para fazer o PC em uma aeronave particular baron 58 ou Seneca, sou pp-mnte. Posso voar todo Pc fora do aeroclube e até que data posso fazer. Grande Abraço

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Dá para fazer, sim, embora vá ficar muito mais caro devido ao custo da hora de voo de um bimotor. O procedimento é o mesmo de quem faz o PC em MNTE, com a diferença de que vc precisará checar o MLTE em 1o lugar, para poder lançar as horas em comando no bimotor.

  87. Yan
    4 anos ago

    Olá Raul, desculpa se minha duvida você ja respondeu em algum post, mas procurei e não achei, então: tenho 17 anos e queria saber qual a idade minima para fazer a banca da ANAC de PP, e se com a implantação do RBAC-61 terá alguma mudança na idade minima para a banca.

    Obrigado!

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      A idade mínima para a banca, se não me engano, é de 17 anos. E, não, isso não deve mudar.

  88. Matheus Marques
    4 anos ago

    Olá, gostaria de tirar uma dúvida, ano que vem começo aulas teóricas de curso de piloto helicóptero ou avião, estou na dúvida, estava determinado a fazer de helicóptero, porém um amigo meu conversou comigo, comentou que um recém-formado ou não, sofre pra arrumar um emprego na área, queria saber se um piloto de avião com pc também sofre, o que compensa hoje em dia, ser piloto de helicóptero, ou de avião? as horas de voo são os mesmos preços? Grato a quem tirar minha dúvida!

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Matheus, acho que vc está precisando ler mais o blog… Nenhuma resposta que eu possa lhe dar será tão útil quanto uma boa pesquisa aqui.

  89. Rafael
    4 anos ago

    Boa noite Raul! Parabéns pelo site, é muito bom! Gostaria de saber sobre o “Projeto ASA” da Azul. Estava pensando se possível, participar desse projeto pelo fato de a Azul dar preferência para pessoas que o fizeram. Mas não queria ter que pagar aqueles juros enormes! Por isso a minha pergunta é: eu posso fazer parte do projeto mesmo que pague o curso todo à vista? Quando começa o processo seletivo para 2014 e o curso? Agradeço se puder me responder. Abraço!

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Rafael, o financiamento é uma alternativa para quem não possui os recursos, não uma obrigatoriedade. Para vc ter uma ideia, na 1ª turma, NINGUÉM utilizou o financiamento do Santander… Quanto à abertura de novas turmas, vc precisa ficar ligado no site da Azul e ir verificando regularmente (no mínimo, toda semana) para ver se abrem as inscrições.

      • Rafael
        4 anos ago

        Muito obrigado!

  90. Diego Alves
    4 anos ago

    Ola Raul, Boa Tarde ! estou me preparando para realizar a banca de PPA em dezembro agora de 2013, e gostaria de que voce me ajudasse, no que posso tar estudando, por exemplo algum material de simulados que poderia estar me ajudando. Muito Obrigado, e agradeco desde ja.

  91. joão Francisco
    4 anos ago

    ola Raul, tudo bom?
    Eu gostaria de saber em que tipo de aeronave eu adquiro as 1500 horas de voo que que as empresas aéreas solicitam.
    grato

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Acho que vc está misturando as coisas… Que cia solicita 1500h?

  92. Vinicius José Abe de Souza
    4 anos ago

    Raul, preciso de sua ajuda!

    Primeiro deixe-me me apresentar:-
    Meu nome é Vinicius José Abe de Souza, Brasileiro descendente de Italianos e Japoneses, tenho 16 anos completos neste ultimo 29/10, moro em Guariba-SP, Ribeirão Preto e Região.

    Á algum tempo eu tenho o sonho de me tornar um Aviador Internacional, mas não sei por onde começar, andei pesquisando em sites da internet, mesmo que com informações desatualizadas, e consegui reunir algumas informações sobre a profissão em que anseio prosperar futuramente.

    As informações são essas:

    1° – Existe uma série de cursos que preciso completar com muito bons resultados para poder exercer a Profissão, que são esses os cursos: Curso de Piloto Privado – Curso de Piloto Comercial – Faculdade de Ciências Aeronáuticas – Curso de Inglês (com nível 4 de Fluência) – Curso de Simulação de Voo (para cada avião que pretendo pilotar) – Teste Médico (para diagnosticar minha aptidão ao serviço e minhas limitações físicas) – entre outros cursos de idiomas e mais certificados …

    2° – Tenho de ir evoluindo: – Piloto Privado Nacional – Copiloto Comercial Nacional – Piloto Nacional – entre outros …

    3° – Não devo possuir nenhuma imperfeição na vista, devo estar em plena forma física, tenho de ter horas de voo, tenho de ter certificados, entre outros …

    Os dados que reuni na maioria desatualizados, ou até incorretos (pode me corrigir se houver algum erro), eu preciso de informações reais, verdadeiras e atualizadas, por isso recorri a você, pois essas informações podem ser facilmente obtidas por alguém que exerce a profissão de aviador.

    Preciso de sua ajuda, pois não quero construir uma carreira profissional no Brasil, tenho descendência estrangeira e posso facilmente morar em outro país, não tenho problemas com distancia de familiares ou estudos.

    Espero que possa me ajudar, pois preciso muito de ajuda.

  93. elton rocha
    4 anos ago

    caro raul gostaria de saber se vc sabe de alguma mudança nos mínimos para tirar a licença de INVA aqui no aeroclube de presidente prudente ja falaram muitas coisas como: vai precisar ter 500 Hs para fazer o curso, vai precisar de 200 Hs em comando etc. mas de concreto mesmo não vi nada por favor vc sabe de alguma mudança quero fazer o curso no ano que vem mais estou com medo dessas mudanças .
    abraço feliz dia do aviador!

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      O que existe é que, a partir de 22/06/2014, deverá ser necessário ter um mínimo de 200h em comando para poder checar o INVA. Isso se não prorrogarem isso, o que é bastante provável…

  94. robson
    4 anos ago

    O engatinhar da ANAC (comentário)

    Na atualidade dos fatos o governo brasileiro esta colhendo o que vem plantando há anos por não ter investido numa política de desenvolvimento aéreo no Brasil, que é claramente visível pela sua extensão continental, é óbvio que necessitamos de transportes aéreos já que não temos nem rodovias e ferrovias decentes para transportar nosso povo e nossa riqueza. Todos nós sabemos que a aviação mundial vem crescendo muito, com isso o governo percebeu que um departamento ( DAC) não seria possível para administrar um país tão grande, então viu-se na necessidade de criar um órgão para fazer esse trabalho (ANAC). Como a ANAC ( Agencia Nacional de Aviação Civil) foi fundada no ano de 2003 e entrou em vigor no ano de 2005, e com apoio de militares e antigos servidores do DAC (Departamento de Aviação Civil) , ainda não tiveram muito tempo para se adequarem a nossa verdadeira realidade, visto também que essa ajuda do antigo DAC só durou por cinco anos o que de fato não foi o suficiente para a ANAC conseguir colocar todo seus planos e projetos em funcionamento total . A ANAC vem criando projetos para a melhoria do nosso sistema aéreo onde alguns ainda não saíram do papel. Uma coisa é certa, a ANAC faz a cobrança bem feita dos tributos e taxas que nós aeronautas devemos pagar, talvez isso seja compreensível devido o órgão ser uma autarquia e de precisar de alguns recursos próprios, digo alguns pois o governo federal tem sua participação e colaboração em investimentos o que deveria funcionar melhor a infraestrutura. O problema é que vemos muitas cobranças, mas investimento que é bom ainda não passa de projetos; nas mentes de sonhadores como a dos brasileiros é tudo maravilhoso, mas na cabeça e na pele de quem vive diretamente com a aviação brasileira sabe que a realidade é totalmente diferente. Podemos citar aqui alguns projetos e leis que sabemos que não sai da prancheta como o art. 2ª da Lei no 11.182, “compete a União, por intermédio da ANAC e nos termos das políticas estabelecidas pelos Poderes Executivo e Legislativo, regular e fiscalizar as atividades de aviação civil e de infraestrutura aeronáutica e aeroportuária”, em tese ou teoria isso funciona muito bem, mas convenhamos que nem o pode Executivo e principalmente o Legislativo se importa realmente com a realidade do atuais acontecimento e sim em inventar novas leis como a 6.716 autorizando a contratação de tripulantes estrangeiros por até 5 anos, hoje isso é proibido pelo Código Brasileiro de Aeronáutica, que autoriza apenas o emprego de tripulantes estrangeiros em caráter provisório, na falta de brasileiros, ou de instrutores por até 6 meses. Talvez pelo fato do governo estar desesperado com os eventos que se aproximam como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, mas isso não é motivo para sacrificar o direito de uma classe que realmente lutou para se profissionalizar em um país que pouco ou nada colaborou para sua formação. Claro que dentro dessa política há certo interesse de um grupo de poucas pessoas que poderão ser beneficiadas com esta lei que pode prejudicar uma classe inteira. Como dizem várias fontes de informações a respeito do assunto, “o Brasil tem condições de suprir a mão de obra, subsidiando a formação.” Outra que podemos citar também é que os gráficos da ANAC que em relação ao setor aéreo mostram claramente o desenvolvimento e crescimento da aviação no Brasil, mas que dentro dos parâmetros reais do país são mergulhados em uma profundas e extensas burocracia que acabam por frear o real desenvolvimento da aviação brasileira, principalmente na formação de novos profissionais. Bolsas de estudo para novos pilotos ainda não é o suficiente para a melhoria da aviação civil no Brasil; e sabemos que existe um fundo educacional para essas bolsas e que o dinheiro não sai totalmente dos cofres da ANAC. Em resumo ao texto de projetos feitos pela ANAC é tudo muito bem feito, mas como eu disse tudo isso em tese e teoria.

  95. Breno
    4 anos ago

    Raul boa noite, nem vou me prolongar mt elogiando seu site pois ele dispensa comentário é simplesmente espetacular. Tenho uma duvida reviro a internet e só acho pessoas falando é assim é assado, mas gostaria ler do própio RBAC ou MMA o que realmente ele diz. Sou PPA checado quero fazer PPH qual o documento que diz o requisitos práticos para se obter a habilitação, já que tenho PPA abate algumas horas do curso de PPH. Li por cima o RBAC 61 e não achei.
    Muito Obrigado

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      No meu e-book, eu explico em detalhes como funcionam esses esquemas de abatimento de horas e matérias de PPA/PCA para PPH/PCH e vice-versa.

  96. Wagner silva
    4 anos ago

    Prezado Raul, primeiramente parabéns pelo belíssimo trabalho…..gostaria de saber o que você acha da área de manutenção de helicópteros, moro no Rio de Janeiro e as previsões e de que faltem mecânicos para atender a demanda do pré-sal, você acha que vale a pena investir dessa área???
    Muito obrigado

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Não tenho muita informação sobre isso, Wagner. Lamento.

      • wagner silva
        4 anos ago

        OK, Raul, de qualquer forma obrigado.

  97. Julio Oliveira
    4 anos ago

    Olá, estou me formando este ano e já fiz a prova para Aviação Civil na Anhembi Morumbi… Qual sua opinião sobre essa faculdade já li vários posts seu sobre aeroclubes e QI mas gostaria de saber sua opinião sobre esta faculdade ..

    Obrigado !!

  98. Eduardo Henrique
    4 anos ago

    Boa noite Raul, primeiramente parabéns por se dispor a ajudar e bem informar todos nós, leigos e profissionais da aviação. Bom, minha situação é a seguinte, sou Piloto Privado checado, tenho aproximadamente 350 horas, sendo 180 em aeronave bimotor modelo seneca III, o qual peguei duplo durante 4 meses. Foi uma ótima experiência e agora pretendo mesmo com dificuldades financeira, checar PC MLTE IFR. Pergunto, impossível aproveitar as 180 horas voadas no seneca para compor as horas mínimas para o check do MLTE?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Depende. Se essas horas em DC foram regulares – isto é, com um INVA -, então vc pode aproveitar todas elas, e checar o seu PC/MLTE amanhã. De outra maneira, vc vai ter que fazer mais 30h (pelo menos 12h em aeronave MLTE em DC com um INVA) para obter o mesmo resultado.

  99. elton rocha
    4 anos ago

    Obrigado Raul!! boa semana

  100. elton rocha
    4 anos ago

    O cmte boa tarde, sou piloto comercial mult IFR e gostaria de saber quais são os passos para me tornar CHECADOR de aviões Bi Motores, quantas horas tenho que ter? qual a prova que tenho que passar? aonde realizo a prova? qual é a remuneração de um checador? se pude me ajudar eu agradeço

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Não tenho essas informações, amigo… Mas vou verificar, e informo assim que possível.

  101. spider silva
    4 anos ago

    Ola muito boa tarde SR Raul,estou com uma duvida um pouco cruel e se pudesse me dar uma luz ficaria realmente agradecido,é o seguinte chequei meu pc mono ifr ja ha algum tempo,e desde la tenho voado um aviao particular(baron´multi`) com um ex cmte da varig em goiania com o intuito de apos algumas horas realizadas,ir a algum aeroclube fazer um repasse e apos solicitar o cheque de multimotor,pois ja ajuda e muito em questoes de custos…bom ai que ta,realizei ja diversas horas e conversando com um amigo ainda nao entrando em contato com o aeroclube ele me informou que essas minhas horas voadas nao contariam para o multimotor,pois consultei com o cmte e ele nao possui o inva.E entao gostaria de saber se realmente voei essas horas para nada,e mesmo assim vou ter que pagar todo o multi ou se teria como ainda solicitar o cheque apos mesmo com o cmte só com pla?muito obrigado pela atençao

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Pois é, Spider, eu lamento muitíssimo lhe informar que vc “realmente voou essas horas para nada” (em termos de regulamento, ao menos),e que “mesmo assim vc vai ter que pagar todo o multi”. De acordo com o RBAC-61, a instrução de CLASSE tem que ser realizada obrigatoriamente com um INVA.

      • spider silva
        4 anos ago

        Nossa nao estou acreditando,nao sabia desse ocorrido.Mas ja que estou em uma situaçao pessima ja,sera que com essa fiscalizaçao da anac enrolada,nao haveria a chance de eu tentar mesmo assim realizando algumas horas de repasse e efetuando o check,sera que nao haveria alguma possibilidade de dar certo?em sua opiniao?pois meus calculos para formaçao de pcmulti ifr acabaram de ir tudo abaixo em relaçao aos custos.

        • Raul Marinho
          4 anos ago

          Minha opinião é a de que vc deveria economizar o dinheiro do seu cheque de MLTE, pois as chances de o pessoal da GPEL não perceber o erro são remotas (para não dizer nulas).

          Agora… Vamos pensar: para que vc precisaria de uma habilitação MLTE? Vc tem um emprego de comandante de avião multimotor em vista? Se tiver, ótimo, vá em frente e tire a sua carteira de multimotor o quanto antes. Mas se não for este o caso, não precisa ter pressa para obter o MLTE.

          • spider silva
            4 anos ago

            Pois é a realidade é que esse propio comandante no qual estou voando me conseguiu uma oportunidade para voar em um taxi aereo em cuiaba,mas só conseguiria essa oportunidade com o multimotor(principal requisito).Entao por isso estava com essa pressa de conseguir checar o multi voando particular,mas agora que fiquei sabendo dessa nova regra,acabou saindo tudo dos planos.E estava disposto a fazer o possivel para de alguma forma nao perder essa oportunidade de emprego.

            • Raul Marinho
              4 anos ago

              Nesse caso, vc não consegue um INVA para ir contigo nos voos com o seu amigo (nem que seja “em espírito”, se é que vc me entende), e assinar a sua CIV?

              • spider silva
                4 anos ago

                Pois é acredito que sim,nao tinha pensado nisso ainda,vou tentar isso mesmo,axo que seria o caminho melhor para minha situaçao no momento,Muito obrigado de coraçao por essa luz Sr Raul,esta ai um motivo por o seu blog estar sendo um grande sucesso ajudando a todos..grande abraço e bons voos

  102. Leonardo Ruffeil
    4 anos ago

    Raul, é possível fazer as hrs do prático de Inva sem banca, só com o curso teórico?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Pelo RBAC-61, pode; pelo Manual do Curso de INVA, não. Então, o mais prudente é aguardar o CCT.

  103. Bruno Reis
    4 anos ago

    Olá Raul, passei a acompanhar seu blog de um tempo para cá, e gostaria de saber se realmente vale a pena tirar PC nos Estados Unidos, eu estou voando o meu PP já…
    Att. Bruno

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Não há uma resposta única para essa pergunta. Para alguns, vale.

  104. Marcimar
    4 anos ago

    Olá Raul ,gostaria de ver se o senhor pode me esclarecer sobre experiência recente , no rbac 61.21 e 19 fala sobre ela. Faz mais de 90 dias que nao voo agora para poder voar o mnte ou mlte tem que ser com instrutor e fazer 3 tgl ou pode ser piloto assistido e o restrição noturna tem que fazer tmb ,e só após isso poso voar em comando ?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Sim, é exatamente isso que vc disse: tem que fazer 3 pousos e 3 decolagens, em MNTE e MLTE, de dia e de noite, para tirar todas as restrições para voar PIC nestas respectivas condições.

  105. Matheus Hautrive
    4 anos ago

    Boa noite Raul!
    Gostaria de uma opinião sua sobre o mercado da aviação civil.
    Estou começando e quero chegar na linha aérea. Mas ontem mesmo vi uma noticia sobre a TAM demitir aproximadamente mil funcionários entre pilotos, copilotos e comissários.
    O que vocês acha sobre o mercado dentro de uns 5 anos?
    Vale a pena eu ainda investir para buscar a linha aérea?
    Abraço

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Se eu tivesse as respostas para essas perguntas, meu caro, não as daria por menos de US$1milhão!

  106. igor carvalho
    4 anos ago

    Olá, tenho muito interesse em me tornar um piloto civil, porem não tenho conhecimento do que devo fazer, se somente uma faculdade de ciências aeronáuticas basta, você poderia me aconselhar neste ponto?

  107. Bruno Martins
    4 anos ago

    Boa Tarde Raul! Estou querendo começar a faculdade de ciências aeronáuticas primeiro, e paralelo a faculdade ir fazendo as aulas no aeroclube, por que me falaram que quem faz faculdade tem as horas de voo reduzidas na hora da contratação isso é verdade? Posso so fazer a faculdade ou tenho que fazer as aulas no aeroclube tbm!?

    Muito obrigado!

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Na verdade, quem tem curso superior (qualquer um) pode ter os requisitos de horas de voo diminuídos. E para vc se formar em Ciências Aeronáuticas, tem que concluir os cursos práticos no aeroclube.

      • Bruno Martins
        4 anos ago

        Então por exemplo, se eu fizer engenharia civil tenho a possibilidade de ter as horas de voo reduzidas ne? então o essencial mesmo é fazer as aulas nos aeroclubes.

  108. Lucia Helena Brito
    4 anos ago

    Boa tarde, gostaria muito de uma informação. Meu filho vai começar voar PC e estou fazendo algumas cotações nas horas de voo. Você poderia me dizer sobre a escola Realizar ou se conhece alguém que ja voou na escola Realizar? Obrigada Lucia

  109. Itala
    4 anos ago

    Olá! Bom,
    Meu nome é Itala tenho 17 anos, e pretendia fazer o curso de aviação civil na anhembi morumbi (meu sonho sempre foi pilotar avião), mas depois de ler vários comentários estou com muito medo de me arriscar e acabar me decepcionando, além de que é um curso muito caro principalmente que não tenho condições pra pagar, comparei os valores para fazer em um aeroclube aqui de SP e seria muio melhor e mais seguro, acontece que não tenho dinheiro pra pagar as horas de voo (o que é um problema). Tenho uma segunda opção de curso, que é turismo!
    Você acha que seria bom eu fazer turismo primeiro para poder ir reservando um dinheiro e fazer o curso de PP em algum aeroclube?
    Pode falar sua opinião porque estou totalmente perdida!! :S

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Se vc quer realmente ser piloto, eu acho que vc tem que ter um plano para acumular os recursos necessários para as horas de voo. Isso é o principal. O restante da sua estratégia, vc constrói em torno deste objetivo, mas não perca o foco!

  110. Luis Fernando Toledo
    4 anos ago

    Boa noite Raul me chamo Luis Fernando sou PP e tenho uma duvida e gostaria de saber se você pode me ajudar.
    Minha CHT esta vencida e estou com o login de minha CIV digital bloqueado portanto não consigo enviar a cópia solicitada para a inclusão no processo de solicitação de recheque.
    Gostaria de saber se eu posso enviar a copia da CIV de Papel ou seja a convencional pois estou em uma longa batalha com a nossa “amiga” ANAC na tentativa de desbloqueio de meu login mas até agora não obtive nenhuma resposta e preciso revalidar o meu PP para terminar minhas horas restantes de PC.
    Sem mais para o momento agradeço a atenção e aguardo respostas.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Olha, Luís Fernando… Salvo engano, acho que a ANAC não vai aceitar esse procedimento, não. Acho que vc terá que resolver o problema do seu login mesmo para poder regularizar sua situação.

      • Luis Fernando Toledo
        4 anos ago

        Vou então continuar a minha batalha com a nossa “amiga” ANAC para o desbloqueio do meu login, Raul tenho mais uma pergunta a te fazer, o processo de desbloqueio só pode ser solicitado via e-mail ou da para realizar presencialmente ou via correio (Sedex, AR etc…)?

        Grato pela sua atenção e pela ajuda prestada até o momento.

  111. Michael Rodrigues
    4 anos ago

    Olá. Tenho uma dúvida cruel. rsrsrs
    Não consegui encontrar nada sobre, então segue a dúvida.
    Estou com o PP checado e com o CMA de segunda. Será que posso começar as horas visuais do PC e depois tirar o CMA de Primeira ou só posso começar a voar o PC após estar com o de primeira em dias?
    Obrigado

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Depende. Se for em curso homologado, o Manual do Curso de PC da ANAC exige que vc tenha o CMA de 1ª classe desde o primeiro voo. Mas se vc for fazer o seu PC em aeronave particular, só precisa do CMA de 1ª classe para checar.

  112. Paulo Sales
    4 anos ago

    Boa noite Raul, parabéns pelo blog e Ebook.

    Bom, eu chequei o pp com 41h.

    Estou para começar o PC/MLTE/IFR, e o aeroclube esta falando que eu tenho que fazer
    72h (VRF + Restrição Noturna + Experiencia recente);
    25h de AATD
    8h MNTE IFR;
    12h MLTE IFR;
    2h de check;

    Ate aii creio que esta tudo bem, mas eu li aqui no seu blog que o minimo para obter o PC/MLTE/IFR são 140h, somando as minhas horas totais e as que eu irei voar no pc eu terei no final 133h (sem as 2h do check de pc), sendo assim faltando 7h para da 140h.

    Eu terei que fazer mais 7h? Essas horas pode ser de qualquer jeito?

    Obrigado.
    Abrs

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      É mais ou menos isso. Tem o “excedente IFR” (está explicado no eBook) que vai levar mais umas 4h de MNTE/IFR, e mais alguma hora de adaptação a modelos diferentes de aeronave. Mas as horas que sobrarem para completar as 140h (sem contar as horas de cheque) poderão ser voadas como vc quiser, de fato.

      • Paulo Sales
        4 anos ago

        OK Raul, muito obrigado!

  113. Celso
    5 anos ago

    Ola Raul!
    Estou com a seguinte duvida:preciso rechecar o IFR que vencera em JULHO,e nao estou certo das exigencias para o recheque…tem aeroclube que diz que sao necessarios 6 hs IFR nos ultimos 90 dias com 3 pousos noturnos e voo de recheque,outro diz que nao precisa nada disso e so revalida direto no site da ANAC sem voo…voce poderia me ajudar nisso???quais seriam as exigencias pra recheque IFR???

    Obrigado.

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Veja o que diz o RBAC-61 sobre isso:

      61.225 Revalidação e requalificação de habilitação de voo por instrumentos
      (a) Para revalidar uma habilitação de voo por instrumentos, o requerente deve, antes de completar 6 (seis) meses desde o final do período de validade estabelecido na seção 61.19 deste Regulamento, sem considerar o prazo de tolerância estabelecido na seção 61.33 deste Regulamento:
      (1) ter realizado a instrução revisória para voo por instrumentos, em conformidade com o estabelecido nos parágrafos 61.23(b) e (c) deste Regulamento; e
      (2) ser aprovado em exame de proficiência realizado em conformidade com o parágrafo 61.223(a)(6) deste Regulamento.
      (b) Após decorridos 6 (seis) meses, ou mais, desde o final do período de validade estabelecido na seção 61.19 deste Regulamento, sem considerar o prazo de tolerância estabelecido na seção 61.33 deste Regulamento, o titular de uma habilitação de voo por instrumentos não poderá mais solicitar sua revalidação, devendo, neste caso, ser efetuada uma requalificação. A requalificação consiste em uma nova demonstração, por parte do candidato, do cumprimento dos requisitos de conhecimentos teóricos, instrução de voo e proficiência para concessão da habilitação de voo por instrumentos pertinente.

      Ou seja: como vc está dentro do prazo, deverá realizar a instrução revisória e o cheque, cujas respectivas regulamentações encontram-se reproduzidas a seguir:

      61.23 Instrução revisória
      (…)
      (b) A instrução revisória deve se constituir de, no mínimo, 1 (uma) hora de instrução em solo e 1 (uma) hora de instrução de voo, devendo abordar, pelo menos:
      (1) uma revisão das regras gerais de voo, de tráfego aéreo e de operações aéreas; e
      (2) uma revisão das manobras e procedimentos que, a juízo do instrutor de voo, são necessárias para demonstrar que o piloto é capaz de atuar com segurança, de acordo com as prerrogativas e limitações de sua licença ou seu certificado.
      (c) A instrução revisória somente pode ser ministrada por instrutor de voo habilitado e qualificado, salvo o disposto no parágrafo 61.237(f) deste Regulamento, considerando a aeronave, a habilitação e a operação pertinente a tal instrução. O instrutor é responsável por declarar, nos registros de voo (Sistema Eletrônico de Registro de Voo ou CIV) do piloto, que este se encontra em condições técnicas para exercer as prerrogativas da habilitação pertinente.

      e

      61.223 Concessão de habilitação de voo por instrumentos
      (a) O candidato a uma habilitação de voo por instrumentos deve cumprir o seguinte:
      (…)
      (6) experiência: ter, pelo menos, o seguinte tempo de voo como piloto:
      (i) 50 (cinquenta) horas de voo como piloto em comando em voo de navegação, das quais, no mínimo, 10 (dez) horas tenham sido realizadas em aeronaves da categoria para a qual é requerida a habilitação de voo por instrumentos; e
      (ii) 40 (quarenta) horas de voo por instrumentos, das quais um máximo de 20 (vinte) horas podem ser realizadas em dispositivo de treinamento para simulação de voo qualificado e aprovado pela ANAC e sob a supervisão de um instrutor de voo devidamente qualificado e habilitado;

      • Celso
        5 anos ago

        Obrigado pela resposta Raul…mas de qualquer maneira,no RBAC nao diz nada sobre o que os aeroclubes estao informando ser necessario pra o recheque(6 hs nos ultimos 90 dias e 3 pousos noturnos…)e segundo os mesmos,esta sendo aceito o recheque dessa maneira pela ANAC…

        • Raul Marinho
          5 anos ago

          Pois é, mas como vc viu, eu só copiei e colei o texto do RBAC-61, não tem nenhuma interpretação nisso. Se os aeroclubes estão tendo dificuldade com a leitura pura e simples do regulamento, aí fica difícil, né? Essa história de 6h + 3 pousos é para a revalidação da habilitação de classe, que é uma outra história.

  114. Bruno Martins
    5 anos ago

    Boa tarde Raul,
    Sou novato por aqui, mais estive pesquisando e achei muito interessante seu blog!
    Raul gostaria de saber o seguinte;
    Tenho 22 anos sou técnico em edificações ja trabalho na área e moro no espirito santo, tenho muita vontade de ser piloto desde criança , tanto optei por fazer esse curso de edificações primeiro para ter uma renda para bancar a aviação contando com mais algum apoio da familia. O que eu gostaria de saber c nao esta tarde para ingressar na área e se a formação em aeroclubes de mais reputação pesa na hora da contratação? tem um aeroclube em aqui onde eu moro mais pensei em arrumar um emprego em são paulo e começar a cursar na EJ pois tenho familiares que moram em Judiai. Gostaria de saber tambem sua opinião sobre a realidade de arrumar emprego como piloto, por que vemos reportagens falando sobre a falta de pilotos e outras reportagens falando que sobram pilotos.
    Muito Obrigado!

  115. Victor Costa
    5 anos ago

    Olá Raul!! Vi hoje na internet que a Azul entrou com pedido de abertura de suas ações no mercado de valores. Qual é a sua opinião sobre isso? O que muda na companhia? Obrigado e abraço!!

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Isso significa que ela vai abrir o capital e, com isso, conseguir captar recursos em bolsa, o que é um sinal de que ela crescerá bastante no longo prazo. Ou seja: é uma ótima notícia!

  116. Eudes Malemene
    5 anos ago

    Raul, quanto ao projeto “céus abertos”, há alguma novidade? Parabéns pelo ótimo trabalho com o blog

  117. Paulo Henrique Pereira Gonçalves
    5 anos ago

    Boa noite Raul,
    Veja este vídeo. Especialmente a parte onde ele fala sobre o tipo especial de “aluguel” de Business Jets.

    Forte abraço!

  118. Ricardo
    5 anos ago

    Olá Raul, você saberia me informar se para tirar a habilitação de MLTE IFR, preciso fazer as 25 hrs de simulador e as demais horas ininterruptamente? pois como não tenho todo o valor do curso do MLTE, gostaria de ver se seria possível fazer as horas de simulador e de mono ifr por enquanto, e quando tiver o restante fazer as demais horas no seneca e ir para cheque. Grato e um grande abraço!

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      A exigência de não-interrupção só é exigida para que se possa checar a licença de PP ou de PC com as reduções de, respectivamente, 40h para 35h; e de 200h para 150h (ou 150h para 100h, no caso de PCH). No restante, não há essa exigência.

  119. Fabio Junior
    5 anos ago

    Ola Raul sou Fabio Junior, 16 anos e moro no interior de Minas, mais precisamente em Itambacuri. Estou cursando o 3o ano do ensino médio.

    Eu sei que no mundo da aviação o inglês e fundamental, já me preparando eu entrei em um curso e também leio muitos artigos e noticias relacionada à aviação para ficar mais envolvido no assunto.

    Faculdade ou Aeroclube?

    Eu não tenho duvidas do que quero ser, piloto de avião de uma Cia internacional, mas tenho duvidas de como chegar La, tem a faculdade de CA( mas eu não queria terminar a faculdade sem ter checado a parte pratica) e também ficaria muito caro(media de 950 a mensalidade + horas de voo) eu não sou rico. Diante de tal situação financeira da minha família estou considerando a possibilidade de fazer o curso no aeroclube (teórico + pratico) procurar um emprego e depois fazer a faculdade, ou seja, não abro mão de fazer a faculdade seja agora ou depois. O que vocês acham?

    Empréstimo ajuda?

    Não sou nenhum filho de Eike Baptista, logo, acho a formação aeronáutica muito cara, queria saber se existe alguma forma de financiamento de toda a formação (ou maioria) aeronáutica e se compensa?

    Agradeço a oportunidade e se possível queria você me ajudassem sobre estas questões que também podem ser a duvida de muitos.

    Desde já muito obrigado

    Fabio Junior

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Fábio,

      Eu acho que sua prioridade deve ser a formação de piloto, e não a faculdade – que, inclusive, vc pode realizar pelo método EAD, depois de estar checado o PC e trabalhando como piloto. É claro que, num mundo ideal, o melhor seria vc ter a faculdade e as carteiras de piloto, mas no mundo real, em que é preciso escolher quem vive e quem morre, a prioridade deve ser sempre a habilitação básica:
      UM PILOTO SÓ COM AS CARTEIRAS AINDA É UM PILOTO, ENQUANTO QUE UM PILOTO SÓ COM O DIPLOMA UNIVERSITÁRIO NÃO É NADA.

      Já quanto ao empréstimo, é uma coisa complicada, pois como o mercado de trabalho é muito instável, vc corre o risco de ter uma dívida e não ter como pagá-la, por estar desempregado. De qualquer maneira, no meu e-book “Como tirar brevê e quanto isso vai custar”, eu falo bastante sobre a questão do endividamento, quais opções são mais recomendadas, etc.

  120. Sérgio
    5 anos ago

    Não entendi o motivo da sua gargalhada DIEGO, para melhor entendimento de todos poderia explicar no qual útil ao que tenha sido postado…

  121. Sérgio
    5 anos ago

    Opa então seria através da ESCOLAS a possibilidade blz Raul,mais as escolas so pensam em faturar ….
    Bom ate então não conheço nenhum esclola nem ninguém nem nada que se importe com essa causa…
    além dos próprios alunos
    Valew

  122. Sérgio
    5 anos ago

    Raul desculpe creio que não soube te consultar de forma correta,pois segundo informações,10 de horas de PC das 100Hs exigidas 10 HS SERÃO IFR,Para conclusão do PC,a partir do dia 22 DE JUNHO onde estas horas de IFR geram um custo mais alto.

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Ah, tá, vc se refere ao PCH… Bem, nesse caso, pode ser que haja alguma prorrogação por parte da ANAC, sim, uma vez que poucas escolas estão equipadas para dar o treinamento de instrumentos – mesmo em condições simuladas. Mas, até o momento, não há nada de oficial nesse sentido.

  123. Sérgio
    5 anos ago

    Olá Raul.
    No caso do prazo estipulado pela ANAC para fazer a banca e checar até o dia 22 de junho,por fvr me diga uma coisa existe a POSSIBILIDADE deste prazo ser PRORROGADO…
    Para maioria com menor RECURSOS financeiros depois desta data aumentará as horas de voo para PC,
    sou um deles estou me preparando para a banca,mas esta data provoca medo.
    Valew Raul aguardo seu comentário
    ]

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Sergio, deve estar havendo algum mal entendido de sua parte. A única mudança que ocorrerá em 22/06/2013 será a necessidade de realizar curso teórico para poder prestar a banca da ANAC de PP e de PLA. Não haverá nenhuma mudança em relação ao cheque ou às horas do PC. E, não, acho muito difícil que a ANAC prorrogue este prazo.

  124. Rubens
    5 anos ago

    Boa Raul
    Tentei enviar por email, mas voltou, se este não for o local adequado pode apagar.

    Achei este site do governo interessante e estou repassando, talvez vc conheça , se não conhecia tenho certeza que fara bom proveito dele.

    http://www.acessoainformacao.gov.br/acessoainformacaogov/

    Abs
    Rubens

  125. Thiago T. Soares
    5 anos ago

    Boa noite Raul,

    No RBAC 61 lê-se:

    61.223 Concessão de habilitação de voo por instrumentos
    (a) O candidato a uma habilitação de voo por instrumentos deve cumprir o seguinte:
    (5) instrução de voo: ter recebido de instrutor de voo devidamente habilitado e qualificado, no
    mínimo, 15 (quinze) horas de instrução de voo em duplo comando em aeronave da categoria para
    qual é requerida a habilitação de voo por instrumento. A instrução de voo deve incluir, no mínimo,
    os seguintes aspectos:
    (6) experiência: ter, pelo menos, o seguinte tempo de voo como piloto:
    (i) 50 (cinquenta) horas de voo como piloto em comando em voo de navegação, das quais,
    no mínimo, 10 (dez) horas tenham sido realizadas em aeronaves da categoria para a qual é requerida
    a habilitação de voo por instrumentos; e
    (ii) 40 (quarenta) horas de voo por instrumentos, das quais um máximo de 20 (vinte) horas
    podem ser realizadas em dispositivo de treinamento para simulação de voo qualificado e aprovado
    pela ANAC e sob a supervisão de um instrutor de voo devidamente qualificado e habilitado; e

    Lendo o RBAC 61 surgiu a dúvida sobre a habilitação IFR.
    Já tenho 25 horas de simulador e pretendo fazer minha instrução IFR em aeroclube, devo fazer 15 horas como indica o item 5; ou 20 horas como item 6 (ii)?

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Se o seu simulador estava homologado corretamente como AATD, vc precisará de 20h de voo IFR em avião (item 6-ii) – lembrando que, devido ao “excedente IFR” (a parte do voo de treinamento IFR que precisa ser feito VFR), sua utilização do avião homologado para instrução IFR deverá ser cerca de 20% maior, ou seja: vc vai precisar de pagar aproximadamente 24h de voo no avião para obter essas 20h de treinamento. O item 5 é genérico para qualquer caso, e na prática só é aplicável qdo, por exemplo, o piloto já é habilitado IFR em avião, e está obtendo o IFR em helicóptero. Para entender tudo isso melhor, inclusive como funciona o “excedente IFR”, e como é possível concluir o treinamento com um custo menor, eu recomendo que vc leia meu e-book “Como tirar brevê e quanto isso vai custar”, que tem tudo explicado em detalhes.

      ________________________________

      • José Flávio
        5 anos ago

        Quero Aproveitar e colocar uma questão a respeito de concessão e revalidação de Ifr no que diz respeito no que esta escrito no rbac 61.227 sub. b)Para que a prerrogativa da habilitação de voo por instrumentos possa ser exercida em
        aeronaves multimotoras, o solicitante deve ter demonstrado para um examinador credenciado ou INSPAC, em aeronave desta classe ou tipo, capacidade de operá-la exclusivamente por
        instrumentos, em condições simuladas de um motor inoperante.

        A pergunta é o cheque de ifr para mono não serve para o mlte ou tenho que fazer o ifr no mlte para que tenha validade quando estiver voando mlte ou ainda se rechecar no multi vai ter validade para o mono???

  126. Johnathan
    5 anos ago

    Olá, boa tarde!
    Moro em MAcaé-RJ e estou interessado em ser piloto comercial de helicóptero, visto que este tem crescido muito na cidade. Porém, tenho algumas dúvidas….Aqui na cidade só tem uma opção de curso e eles dizem que o prazo para concluir o curso é de 1 ano e meio; dizem ainda, que os gastos não passam de R$10mil…. Será que essas informações batem com a realidade. Em que órgão eu posso me certificar que o curso é sério e bom?….Mais uma consideração, já tenho 31 anos, será que isso me atrapalharia muito?

    Att.

    Johnathan

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      É possível fazer o PPH+PCH em um ano e meio, sim, mas o prazo é apertado. Acho mais realista contar com pelo menos dois anos e meio. Quanto ao custo… É só fazer as contas: para o PPH+PCH, são necessárias 100h de voo; a hora de voo custa por volta de R$700; logo, são R$70mil só para a parte prática. Depois, tem os cursos teóricos, os exames médicos, o treinamento IFRH… Pode contar com uns R$90mil, pelo menos. Mas se vc quiser saber o valor exato para o seu caso, leia o meu e-book “Como tirar brevê e quanto isso vai custar”, onde eu explico tudo em detalhes.
      No site da ANAC, há um aplicativo para checar se a escola está homologada ou não. Mas informações mais detalhadas, vc encontra na web mesmo, pesquisando em fóruns de discussão, blogs, etc. E pessoalmente, conversando com alunos e ex-alunos e profissionais da área, que é o mais recomendável.
      Sobre a sua idade: não se preocupe, isso não é problema.

  127. Kátia
    5 anos ago

    Realizei a prova escrita do IFR-H, sobre “Regulamentos” em 2011. Eu fiz a prova, porque pude converter a minha licença Americana IFR para a licença Brasileira.

    Estou planejando fazer uma entrevista de emprego na Líder Aviação e eles me disseram que eu teria que fazer duas provas escritas: IFR e PLA-H.

    Minhas dúvidas são:

    – Como eu posso renovar o teste do IFR-H, com a aprovação da RBAC 61. Eu posso ir até a ANAC e fazer a prova de Regulamentos novamente?

    – Meu teste escrito de PLAH foi feito em 2011 e não possui uma data de validade. Haverá alguma mudança no exame escrito do PLA-H, quanto ao período de validade?

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Eu não sei se entendi muito bem o que está acontecendo, Kátia…
      Vc convalidou sua licença de PCH-IFRH junto à ANAC, certo? Sendo assim, vc não teria que se preocupar mais com provas teóricas de IFRH, a menos que a sua habilitação IFRH esteja vencida há mais de seis meses. Se for este o caso, vc vai ter que seguir a seção 61.225-b do RBAC-61 no tocante a uma requalificação, que diz o seguinte ( os grifos são meus):
      “Após decorridos 6 (seis) meses, ou mais, desde o final do período de validade estabelecido na seção 61.19 deste Regulamento, sem considerar o prazo de tolerância estabelecido na seção 61.33 deste Regulamento, o titular de uma habilitação de voo por instrumentos não poderá mais solicitar sua revalidação, devendo, neste caso, ser efetuada uma requalificação. A requalificação consiste em uma nova demonstração, por parte do candidato, do cumprimento dos requisitos de conhecimentos teóricos, instrução de voo e proficiência para concessão da habilitação de voo por instrumentos pertinente.”
      Então, vc vai ter que refazer a prova teórica, comprovar ter tido a respectiva instrução IFRH (que não sei como vai ficar, uma vez que ela ocorreu no exterior – esse é um ponto que eu tbém tenho dúvidas), e checar o IFRH. E é aí que a coisa pode complicar… Se a Líder bancar o seu recheque, ótimo. Mas se vc precisar pagar do bolso, vc vai ter que alugar um helicóptero homologado IFRH que custa R$7-8mil/h. E se vc não tiver a habilitação de TIPO do equipamento a ser usado no cheque, vc terá que fazer as horas necessárias no eqpto para poder checar a habilitação de TIPO tbém… Sentiu o drama?

      Já quanto à prova de PLAH, vc está certa: ele não vence mesmo, e vc não precisa repeti-lo.

  128. Lucas Marreto
    5 anos ago

    Olá, Meu nome é Lucas, e pretendo fazer a Banca sem aeroclube, certeza de aprovação não tenho muita, mas vou tentar, pelo menos nao vou ter o arrependimento de ter tentado. Enfim, gostaria de tirar algumas dúvidas, ja que nao achei alguem que pudesse tira-las.
    1°Preciso marcar minha banca antes do dia 21 de Junho, e como moro em Barretos-SP, vou fazer via email. Gostaria de saber se as datas que “escolho” na ficha de inscrição normalmente são “aceitas” e, se tenho que “escolher” a data do exame antes do dia 21. Ou o dia 21 é o prazo somente para o agendamento ?
    2° Há muita possibilidade de mudança da data do exame? Pois vou comprar as passagens aéreas com antecedencia, e se mudarem a data terei muita dor de cabeça para mudar a data.
    3°É recomendado fazer a solicitação agora? pois pelo que ouvi falar eles demoram muito para responder, e temo que eu solicite numa data “perto”(nao tao perto, mas a fama de rapidez deles nao é boa) do dia 21 e a resposta for depois do dia 21, sendo assim possa ocorrer que eu seja obrigado a ter feito aeroclube.
    4° Até quando tempo posso solicitar o agendamento? Exemplo: Mando a solicitação dia 10 de maio, posso solicitar uma possivel data de exame até quando tempo depois do dia 10? Por exemplo dia 10 de Setembro(há um grande espaço de tempo, depois do dia solicitado).
    Desde já agradeço, e perdão pelo tamanho da pergunta, mas nao tive a quem recorrer para as duvidas.
    Pergunta enviada para o email do CP. Mas sei que os ADM’s, tem pouco tempo, inclusive voce Raul, mas aqui talvez outros respondam para mim, Grato

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      1°Preciso marcar minha banca antes do dia 21 de Junho, e como moro em Barretos-SP, vou fazer via email. Gostaria de saber se as datas que “escolho” na ficha de inscrição normalmente são “aceitas” e, se tenho que “escolher” a data do exame antes do dia 21. Ou o dia 21 é o prazo somente para o agendamento ?
      R: Vc precisa é FAZER A PROVA antes de 22/06… E já vou te adiantar que, se vc optar por fazer a inscrição por e-mail, provavelmente não vai dar certo. O melhor é comparecer pessoalmente para se inscrever.

      2° Há muita possibilidade de mudança da data do exame? Pois vou comprar as passagens aéreas com antecedencia, e se mudarem a data terei muita dor de cabeça para mudar a data.
      R: Depois de agendado, não é comum mudar mais. Mas não vá achando que só por ter mandado o e-mail, a data escolhida vai estar reservada para vc.

      3°É recomendado fazer a solicitação agora? pois pelo que ouvi falar eles demoram muito para responder, e temo que eu solicite numa data “perto”(nao tao perto, mas a fama de rapidez deles nao é boa) do dia 21 e a resposta for depois do dia 21, sendo assim possa ocorrer que eu seja obrigado a ter feito aeroclube.
      R: Eu acho que vc já está atrasado…

      4° Até quando tempo posso solicitar o agendamento? Exemplo: Mando a solicitação dia 10 de maio, posso solicitar uma possivel data de exame até quando tempo depois do dia 10? Por exemplo dia 10 de Setembro(há um grande espaço de tempo, depois do dia solicitado).
      R: Isso varia muito, não dá para te dar uma resposta precisa.

  129. Fernando Balbino
    5 anos ago

    Raul não sei se é aqui que posto minhas dúvidas sobre esse assunto, mas aqui está, eu ouvi o cp-cast 16, tenho um amigo que é PP checado e vai comprar um avião para acumular horas necessárias para checar o pc (mesmo sabendo de todos os contra tempos, taxas, 50hrs a +), ele pode voar sozinho ja que é pp, ou mesmo assim tem que ter um INVA ou PLA voando junto para validar essas horas para o cheque de Pc?
    Como horas totais (não para checar mais para acumulos de hrs) posso voar em um experimental? (ex: rv-10)?
    Desde já muito obrigado!

  130. Fredson Macedo
    5 anos ago

    Olá Raul,
    Parabéns pelo seu blog. Já tem uns 2 meses que venho concretizando a ideia de me tornar um piloto, e tenho lido muito sobre aviação, e a carreira de piloto, mas seu blog achei tem 3 dias,e nesses 3 dias li muito seus comentários, mas ainda falta muito para ler. Com isso me desculpe se estou fazendo alguma pergunta repetitiva, mas não vi nenhum comentário sobre aviação agrícola. Moro em Itumbiara-Go, e aqui a agricultura é muito forte, e vejo muito avião sobrevoando as lavouras. Saberia me dizer qual as etapas para me tornar um piloto agrícola? quais escolas, se é uma área boa para arrumar trabalho, en fin, por favor de sua opinião sobre esta carreira.
    Desde já muito obrigado!

    Fredson

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      De fato, a aviação agrícola não é o foco principal deste blog, mas tem vários posts sobre o assunto que vc pode encontrar aqui.

      Para você se tornar piloto agrícola, é preciso ter 400h de voo no mínimo, o curso de PAGR, e 30h de voo de acordo com o manual. Para mais detalhes, leia a subparte N do RBAC-61, e o Manual do Curso de PAGR.

  131. Victor Costa
    5 anos ago

    Olá Raul!!! Meus parabéns pelo e-book!! Ficou show!! Estamos aguardando ansiosamente o livro!! Eu baixei sua planilha e comecei a comparar os preços de formação completa de PPA+PCA de vários aeroclubes. Até agora, o mais barato e com grande diferença entre os demais, foi o Aeroclube de Votuporanga. O que você acha desse aeroclube? É bem antigo, da época do Assis Chateubriand. Começarei minha formação no ano que vem e estou em dúvida entre esse e o Aeroclube de Brasília!! Por favor, me dê sua opinião!!!
    Grande abraço e obrigado!!!

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Obrigado, Victor!

      Mas eu não conheço nenhum dos dois aeroclubes, infelizmente…

  132. Marvin
    5 anos ago

    Olá Raul, o eBook ficou ótimo, estou no aguardo do lançamento do livro.
    Com relação a “Planilha para efetuar orçamentos de formação aeronáutica – PPA+PCA“ que esta disponível na area de links eu não encontrei as planilhas específicas para PPH e PCH que você cita na página 102 no penultimo parágrafo, e na planilha “Resumo Resultados” apenas esta sendo mostrado resultados referentes a asa fixa.
    Caso seja um erro de interpretação de minha parte favor desculpar.
    Abraço.

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Marvin,

      Eu estava aguardando comentários, criticas e sugestões à planilha de PPA/PCA, para criar uma planilha de PPH/PCH melhorada, não uma simples adaptação da planilha original. Mas como isso não aconteceu ainda, e já há demanda pela planilha de asa rotativa, vou adaptar a de asa fixa e publicá-lá asap, então. Vou ver se consigo fazer isso ainda hoje, e te informo quando publicá-la.

      Desculpe-me pelo incômodo e obrigado pelo contato.

      Abs,

      Raul

  133. Douglas Louzich
    5 anos ago

    Prezado Raul.
    Primeiramente, te parabenizo pela iniciativa. Vc e o Canal piloto são referencias hj para aqueles que, com muitas dúvidas, pretendem um dia pilotar.
    Minha dúvida é a respeito das escolas online que oferecem cursos de pp. Moro em uma cidade q não possui aeroclube ou escola. Penso em fazer o teórico em uma escola online ( aerocurso ou academiadaaviacao). Contudo tenho medo qto a validade desses cursos diante da nova regulamentação da Anac. Vc poderia me ajudar qto a isso. Vc acha uma boa opção esses curdos online? Se fizer o curso online, poderei fazer s prova da anac depois de julho? O curso possui validade para a nova regulamentação?
    N Lembro q ambos são homologados pela anac. Aguardo sua ajuda. Abs

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Salvo engano, o curso tem que ser presencial mesmo; curso online não vale.

  134. Eduardo Passa
    5 anos ago

    Olá, gostaria de tirar uma dúvida sobre os ceratocones. Uso óculos, e tenho ceratocone em apenas um olho, e nao é nada grave, o outro olho funciona perfeitamente usando o óculos. Assim mesmo posso reprovar no CMA?

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Olha, Eduardo… Ceratocone geralmente reprova, mas cada caso é um caso. Faça o exame e veja no que dá, não tem outro jeito de saber se vc pode ou não ser aprovado.

      Boa sorte!

      • Eduardo Passa
        4 anos ago

        Ola Raul, fiz meu exame e acabei passando, com uma correçao do astigmatismo de ambos os olhos, com óculos, fiz em uma clínica, minha preocupação de agora em diante é o de 1ª classe, anel de ferrara reprova?

        • Raul Marinho
          4 anos ago

          Desconheço o que seja anel de ferrara, meu caro… Mas, para te tranquilizar, se vc foi aprovado no exame de 2a classe, sua chance de passar no de 1a é de 99,9%.

          • Eduardo Passa
            3 anos ago

            Ótimo Raul, daqui a alguns dias vou fazer um processo que faz o ceratocone parar de evoluir, já que o meu ainda está corrigivel com óculos, vou fazer o de 1ª em uma clinica tambem, vou levar os exames comprovando que parou de desenvolver e possivelmente um “aval” do meu oftalmo ( que inclusive tambem é piloto). Abraço e parabéns pelo blog!

            • Raul Marinho
              3 anos ago

              Boa sorte!
              Tks+abs,
              Raul

              • David Freitas
                3 anos ago

                Boa Tarde Raul gostaria de lhe fazer uma consulta a respeito da minha requalificação de Piloto Privado, no caso tirei a minha licença em 1978 e parei de voar, agora estou comprando um avião e estou querendo retornar, fui fazer a prova de regulamentos na Anac mas o meu cadastro não estava ativo , então não pude fazer a prova no mês passado, em 2011 eu fiz a prova e regulamentos e passei assim como renovei o CMA inicial mas não fiz o cheque, como a validade da prova de regulamentos que eu fiz venceu assim como o CMA fui fazer tudo novamente agora mas não tinha a licença cadastrada na Anac então tirei uma novo registro inicial como se fosse começar do zero agora e estou cadastrado na Anac com o número de registro atual. A Pergunta seria a seguinte: Se posso fazer a prova de Regulamentos na Anac com o número de registro atual e considerar essa prova caso eu passe para a licença anterior de 1978. ou devo fazer prova de todas as disciplinas como se fosse começar do zero como tbm o cma, e o cheque, em qual licença vai constar uma vez que me enquadro na requalificação, você poderá resumir o que é necessário para essa requalificação, tipo o normal era prova de regulamentos, cma inicial, e cheque , o que mudou e em qual registro vão ficar esses procedimentos na licença antiga ou na atual que é inicial uma vez que se colocar o número da liçença antiga no portal da anac não tem registro, obg agradeço sua resposta

                • Raul Marinho
                  3 anos ago

                  David, seu caso é muito particular, e por isso acho imprescindível que vc entre em contato com a ANAC para ser orientado sobre como agir. Honestamente, eu não sei se foi uma boa ideia ter aberto um novo C.ANAC “zerado”, pois este não terá vínculo com a sua licença de PP, e talvez sua situação se complique. Então, antes de fazer qualquer coisa que possa agravar ainda mais a situação, acho melhor vc procurar a ANAC. Entre em contato diretamente com a GCEP – gcep@anac.gov.br .

                  • talia
                    3 anos ago

                    raul quantas horas de voo e preciso para ser copiloto.

                    • raulmarinho
                      3 anos ago

                      Copiloto é só a função exercida a bordo, a licença requerida é a mesma do comandante – a não ser na linha aérea, em que o cmte precisa ser PLA. Logo, é preciso um mínimo de 35h para ser copiloto sem remuneração, ou 150h para ser copiloto profissional, mais o treinamento para o TIPO da aeronave, se for o caso.

Deixe uma resposta